Ministro do STF critica aposentadoria obrigatória aos 70 anos

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello defendeu, nesta sexta-feira, mudanças na regra de aposentadoria do servidor público. Ele afirmou que a aposentadoria compulsória aos 70 anos é um “castigo” e que o “sistema precisa ser revisto”.

. “Creio que hoje em dia, pelos avanços da medicina, uma pessoa aos 70 anos não está incapacitada de prestar serviços. Já tivemos dois chefes do Executivo, refiro-me ao general Geisel e ao presidente Fernando Henrique Cardoso, com mais de 70 anos. E não há ‘expulsória’ no Legislativo, mas há no Judiciário”, declarou durante intervalo em audiência pública do STF sobre a utilização do amianto pela indústria.

CLIQUE AQUI  para ler a matéria completa no jornal Valor.

13 comentários:

  1. sem duvida...

    principalmente se arranca o sujeito do meio de um julgamento, como aconteceu com o quase ex-ministro Peluso e acontecera com o ministro Britto...

    eh ridículo o sujeito não poder participar ate o fim de uma sessão em andamento, sendo sacado compulsoriamente no meio do caminho...

    que fique ao menos ate o termino dos julgamentos que se iniciam dentro do seu período de atividade no tribunal...

    a solução para isso nao eh nenhuma maquina ultramoderna e cara...

    apenas o minimo de organização de uma agenda dos julgamentos faria com que se evitasse esse "expurgo" compulsório durante o processo de um julgamento...

    ResponderExcluir
  2. No caso dos Ministros do STF tem que manter o limitador de idade de 70 anos, se não vão se perpetuar no poder.

    Sem contar que a "vaidade" sobe para a cabeça, tornando-os verdadeiros "deuses do olimpo".

    ResponderExcluir
  3. Tem que dar espaço aos mais jovens, vão criar galinhas, cuidar dos netos ou bis, comprar uma sepultura e ficar pintando, etc, edus

    ResponderExcluir
  4. Só se for possível a cassação do mandato de ministro do superior.
    Vamos ter de aturar o Toffoli nos próximos 30 anos!


    ResponderExcluir
  5. Ministro do STF não pode se perpetuar no Poder igual a PAPA. Se em Presidente da Republica, Govenador, Prefeito, parlamentar tem que fazer "concurso" de 4 em 4 anos, sujeito a chuvas e trovadas. Já um Ministro do STF é vitalício e intocável.

    ResponderExcluir
  6. Me consegue um emprego destes, com o "módico salário", todas as mordomias e privilégios, que eu fico trabalhando até o dia da minha morte....

    ResponderExcluir
  7. O problema é outro: esse tipo de manifestação vindo de sua Excelência Ministro Marco Aurélio, ou de Lewandowki ou ainda de Toffoli, é preciso refletir.... Afinal quem vem assistindo ao Julgamento do Mensalão certamente tem razões para ficar desconfiado. Acho que Marco Aurélio está tentanto "dar uma limpada" no seu cenário, para logo mais adiante. Vamos ver de que lado ele se encontra.

    ResponderExcluir
  8. O Ministro está chegando aos 70 e quer continuar na mamata até ficar gaga.

    ResponderExcluir
  9. Sou servidor público e digo que a aposentadoria compulsória é um
    desatino da legislação.
    Se a pessoa acha que está em condições de continuar exercendo sua atividade pública e, de fato, a está exercendo com eficácia, porquê não pode continuar trabalhando?

    ResponderExcluir
  10. Caro anonimo das 00:31. Nada impede que a pessoa (funcionário público) continue trabalhando. Ela se aposente e vai cuidar dos netos ou bisnetos ou prestar serviços para a comunidade. O problema é que o funconário ficando na ativa não permite que outro assuma seu lugar, seja na via do concurso público, seja pela indicação, como são os Ministros do STF.Um Ministro do STF indicado para o cargo, depois de assumir, tem mais poderes que o Presidente da República, independente de Partido. Por isso eles não querem largar o osso.

    ResponderExcluir
  11. Concordo com o ministro Peluso. Aumentar a idade para pelo menos 75anos,considerando o aumento da expectativa de vida no Brasil e o vigor intelectual e experiência, no gozo de boa saúde, é imperativo!

    ResponderExcluir
  12. Anônimo das 19:50h . Que mentalidade ruim! Quando a pessoa está no auge do maturidade intelectual deve criar galinha? Mas que diabos de raciocínio é esse? Jovens tem imaturidade tipicas da idade, inseguranças, sonhos por realizar que divergem, em alguns casos, da realidade... Poupe-nos.

    ResponderExcluir
  13. Esse Marco Aurelio tinha que ter saído assim que seu primo que o nomeou (Collor) caiu.

    E fica bancando o honesto, por favor, poupe o povo brasileiro da sua hipocrisia.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.