Petrobrás privatizará Refap a partir de março

A Petrobrás já tem comprador para a Refinaria Alberto Pasqualini, Canoas, RS.

A partir de março o processo de privatização será completado.

11 comentários:

  1. O negocio é entregar as refinarias e explorar petroleo cru que tem baixo valor e seguir importando petróleo refinado dos EUA que é muito mais caro que petróleo bruto. Assim o Brasil faz o Trump e os americanos felizes. Bolsonaro é um vendilhao canalha.O capitao NACIONALISTA entregando nossas empresas mais lucrativas.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Melhor que entregar pro Cervero e pro Vaccari

      Excluir
    2. Pagará o furo deixado no Tesouro pela gestão FUP

      Excluir
  2. E o "gênio" Bolsonaro vai importar petróleo refinado de quem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A refinaria continuará operando. Premissa falsa...

      Excluir
  3. Obrigado minions canalhas, o Brasil acima de tudo desde que seja capacho dos EUA e do capital internacional. Só o Brasil vende refinaria, porque será??

    ResponderExcluir
  4. É lucrativa, está dando prejuízo, tem um rombo astronômico contabilizado?

    Responde ai governo, antes de dar as atividades por encerrado?

    É só o que se vê, políticos defendendo políticos, e mais nada.

    Deve ter caroço nesse angu, e o governo acobertando.

    ResponderExcluir
  5. Quem do governo está negociando isso?

    Devem estar rolando altas comissões extra oficiais.

    É o Brasil, sendo Brasil!!

    ResponderExcluir
  6. Como é difícil p os petralhas entenderam que isso é ótimo. Que burros.

    ResponderExcluir
  7. Essa Petrobrás tem que ser dada de graça porque não faz nada para o povo brasileiro. É um local de roubo e corrupção de todos os partidos.

    ResponderExcluir
  8. o COMPRADOR VAI DESMONTAR A REFINARIA E DEPOIS IMPORTAR DO EXTERIOR ? COMPRA-SE PETRÓLEO PREFERENCIALMENTE DA PETROBRÁS E ELE QUE VAI REDISTRIBUIR PELA REGIÃO COM PROVÁVEL OUTROS CONCORRENTES. É ESSE O ESPIRITO

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.