"Maduro é um ditador", diz Macri depois de reunião com Bolsonaro

Pouco depois da reunião com Bolsonaro e antes de almoçar no Itamaraty, o presidente argentino Maurício Macri falou sobre a Venezuela.

Referindo-se ao tiranete bolivariano que começou novo mandato como presidente, Macri foi curto e grosso:

- Maduro é um ditador.

Um ditador sanguinário, sujo e comunista.

3 comentários:

  1. Ditador? Bá seu Macri. Maduro é um genocida.Ele está matando seu próprio povo.Tem ditador como Putin que nem parece ditador e está levando a Rússia a ser uma potência.Da Síria também.Tem que classificar Maduro como um genocida sanguinário.Ele tem que ser arrancado do poder pela força mesmo.

    ResponderExcluir
  2. As palavras ditas por Macri a respeito do Maduro, soa como um elogio, pois esse filho do capeta, não tem adjetivos que o defina. Mas seu tempo de opressão criminosa contra o povo venezuelano,está chegando ao fim.

    ResponderExcluir
  3. Opa, disse tudo o ditador hermano e nulidade total. Volta pra tua Argentina que o povo te quer bem, quer dizer bem longe de lá.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.