UniRitter anuncia novo campus de 4 mil alunos no shopping Iguatemi, Porto Alegre

A UniRitter, que demitiu 150 professores e outros empregados, anunciou ontem que terá um novo campus, desta vez no shopping Iguatemi, Porto Alegre.

As aulas na nova área sairão neste semestre.

O campus ocupará a área usada atualmente pela nova praça de alimentação, além de três andares do Iguatemi Business, ao lado.

Serão 4 mil novos alunos.

A UniRitter tem 37 cursos de graduação e 30 especializações nos seus campus de Porto Alegre e Canoas.

8 comentários:



  1. As aulas serão a distancia ou por telepatia, já que ampliaram a universidade e mandaram embora os professores.

    ResponderExcluir
  2. Produção em série de futuros universitários deslocados em um mercado em mutação e em um sistema de ensino sem planejamento, objetivando somente o lucro fácil!!!

    ResponderExcluir
  3. O transito da regiao vai "adorar" !

    ResponderExcluir
  4. Hum, vizinha da UNISINOS, aquela que só estuda almofadinha

    ResponderExcluir
  5. Deixa eu advinhar, daí recontrata os mesmos professores por um salario muito mais baixo, pois a nova clt assim permite. Quack quack quack

    ResponderExcluir
  6. Da Uniesquina para a Unishopping. O marquetingue é uma coisa impressionante. Ensinar é o que menos importa.

    ResponderExcluir
  7. Pergunta que não quer ficar sem resposta!

    Professores com tempo de casa acima de 10 anos [Não vou pegar além disso].

    Todos com ensino superior e com alguma especialização.

    Seriam ao todo 150 incompetentes, ou, salários iguais aos de políticos e outros deuses do Olimpo, ou, que não trabalham, ou, comunistas, ou o novo local é negociado a preço de ouro e precisava de dinheiro em caixa, ou, seria a nova modalidade de serviço intermitente por hora trabalhada e horários diversos?

    Para pensar pequeno gafanhoto!

    ResponderExcluir
  8. Avisaram a EPTC?????

    Vai ser um inferno com a nova Unisinos ali perto.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.