Caixa suspende financiamento de imóveis com recursos do FGTS

A Caixa Econômica Federal suspendeu a oferta de uma das linhas de crédito imobiliário mais baratas do mercado: a chamada pró-cotista, que usa dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e beneficia trabalhadores com carteira assinada.

Mesmo após a injeção de R$ 2,54 bilhões em dinheiro extra no mês passado, o dinheiro acabou novamente e o banco suspendeu novos créditos para compra de imóveis de até R$ 950 mil.

A Caixa não comenta as razões para o fim do recursos e nota que o tema é uma decisão do Conselho Curador do FGTS.

3 comentários:

  1. claro a putada secou o FGTS, mandaram o dinheirinho das viuva la pros cupanheiro da venezuela

    ResponderExcluir
  2. Alguém tinha alguma dúvida de que a liberação dos saques do FGTS acabaria com o dinheiro disponível para o financiamento de imóveis?

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.