Senado faz corporativismo ao defender Gleise Hoffmann

CLIQUE AQUI para ler a postagem de Gleise no seu Facebook, "esposa chorosa, mãe exemplar, cidadã acima de qualquer suspeita". Ela não sabia de nada.


O Senado busca corporativamente proteger a senadora Gleise Hoffmann, que só não foi presa ontem porque tem foro privilegiado e a ordem depende do STF.

Por ordem do senador Renan Calheiros, enfiado até a medula nas investigações da Lava Jato, o Senado reclamará das buscas e apreensões realizadas no apartamento funcional de Gleise Hoffmann, alegando que se trata de instalações oficiais.

Renan nunca reclamou das buscas e apreensões realizadas no próprio Congresso.

A reclamação de que os policiais não respeitaram pertences da senadora é mentirosa, conforme pode-se examinar pelo despacho do juiz, que mandou vasculhar e apreender apenas os pertences do ex-ministro Paulo Bernardo.

18 comentários:

  1. Onde PB estava quando foi preso? No apartamento funcional de Gleisi!! Então, a PF não poderia cumprir o mandado de prisão porque o criminoso se refugiou lá? Só faltava isso!!!

    ResponderExcluir
  2. Eles querem a proteção da lei para estuprar as leis. E alegam que é tudo para o bem do povo.

    ResponderExcluir
  3. Estão defendendo porque tem o rabo preso. A grande maioria da câmara e do Senado está envolvida em roubalheira.

    ResponderExcluir
  4. JÁ PASSOU DA HORA DE RETIRAR ESTA TAL DE IMUNIDADE PARLAMENTAR.

    ResponderExcluir
  5. PROVA O ESTADO DE DECADÊNCIA MORAL QUE SE INSTALOU.

    ResponderExcluir
  6. Ué, agora no Brasil nós temos repúblicas separadas. Não existe nenhum lugar no Brasil quando a Justiça ordena que se faça uma busca e apreensão, nem na casa do Bernardo, nem na casa da Gleisi. Se ela não queria que a casa dela fosse revistada era só ela alugar um apê para ela e outro para o Bernardo. Era só o que faltava a PF, autorizada pela Justiça, não entrar no apê, pois tinha uma senadora(com s minúsculo) que morava lá. Chega de impunidade....

    ResponderExcluir
  7. Esse mimi todo agora é' porque sabem que são os próximos. TODO MUNDO DE RABINHO PRESO!

    ResponderExcluir
  8. Qien defende sacanagem évporqhe é ugual. Senado comprometido e com medo da visita da PF. Apoiado a caça às bruxas pelas pela PF. Pelo fim da imunidade, pois isto é que ajuda aumentar corrupção. Devem fazer consulta pública o ara ver se eleotor quer esta regalia a este bando fe corrupto. Se ele estava lá é lá que poli cia iria pegá-lo ou queriam que aparato policial ficadse aguardando ladrão sair de casa e nós pagando pela brincadeira. Cafeia neles.

    ResponderExcluir
  9. Temos de pegar em armas e sair atirando na cabeça de todo o politico safado, omisso ou ladrão.
    Só assim para limpar este país.
    Estou fazendo apologia ao crime? Até pode, mas não estou sendo criminoso como a politicalha brasileira, inclusive os gaudérios safados.

    ResponderExcluir
  10. O juiz tomou todas as providências e cuidados. Leiam o despacho. É natural que o preso e a família do preso não tenha gostado da prisão. Agora os demais senadores? Isso é defesa prévia???
    Não está soando bem essa defesa deslavada.

    ResponderExcluir
  11. O Senado tem que defender é a Justiça.Se a PF foi à residência de Paulo Bernardo, entrou com Mandado Judicial. Se a senadora mora com ele,é esposa dele tem que aguentar as consequências.Não sei porque esse mimimi todo!Vão trabalhar no impeachment,vocês têm mais o que fazer!Me poupem!

    ResponderExcluir
  12. Não sei por quê, estou sentindo cheiro de feijão queimado no Brasil.Frase parecida com "Algo está podre no Reino da Dinamarca".

    ResponderExcluir
  13. Bonitinha (?),não recatada e do lar(ápio) ? Máfia feminina também existe.

    ResponderExcluir
  14. O casal campeao da hipocrisia roubava do pobre funcionario publico e agora posa de vitima. Paulo Bernardo tera que devolver os R$ 7 milhoes que tungou dos contracheques dos funcionarios necessitados . Cadeia e devolucao do dinheiro roubado !!!

    ResponderExcluir
  15. INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL DAS FORÇAS ARMADAS
    (Art 142 Constituição)
    PARA ACABAR COM ESSA PALHAÇADA!

    OU CLAMAMOS, OU NÃO PODERÃO AGIR.

    ResponderExcluir
  16. Precisamos dar todo o apoio ao Juiz Moro e à Lava Jato. Assim, todos eles ficarão um longo tempo em Curitiba, às custas do estado, mas vendo o Sol nascer quadrado.

    ResponderExcluir
  17. Abaixo Foro privilegiado! Abaixo imunidade parlamentar!

    ResponderExcluir
  18. Ela não sabia de nada? Nem que o marido estuprsva as os contracheques dos funcionarios necessitados? E os R$ 17 milhões dos R$ 100 milhões com que ficou? Não sabia que o marido FDP roubava os necessitados?

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.