TV Brasil precisa ser varrida do mapa. Ela já custou R$ 6 bilhões aos cofres públicos

O governo Michel Temer já descobriu que a estatal federal TV Brasil, criada pelo PT, custa R$ 6 bilhões aos contribuintes desde que foi fundada no governo Lula em 2007.

E avisou que vai reformar.

Melhor seria varrer do mapa.

17 comentários:


  1. Obra do sequestrador Franklin Martins !
    O quê esta gente fez com este país.

    ResponderExcluir
  2. chupa seu filho da puta vai ter que engolir a tv brasil sim

    ResponderExcluir
  3. Minha sugestao, vendam os equipamentos , rescindam os contratos de aluguel, exonerem os CCs, extinguam essa aberracao propria de ditaduras latino-americanas !!!

    ResponderExcluir
  4. Taí um gasto completamente desnecessário. Mesmo que custasse alguns salários mínimos, ainda assim não tem justificativa qualquer governo ter uma tv só pra fazer propaganda de sua própria incompetência.

    ResponderExcluir
  5. Depois a culpa é da previdência ...

    ResponderExcluir
  6. Olha, nem Goebbels (ministro da propaganda nazista) se fosse vivo faria melhor!

    ResponderExcluir
  7. Isto faz parte da conta a ser cobrada de Lula, ele é o responsável, ou melhor, o irresponsável por este desperdício de R$6.000.000.000,00. Falta dinheiro para coisas sérias e úteis?Perguntem ao Lula, ele gastou este suado dinheiro com seus delírios e falcatruas.

    ResponderExcluir
  8. Mas aqui no Estado, o governo Sartori não faz nadinha com a TVE, que tem audiência pífia, e não consegue extinguir a fdrh que tem 50 empregados celetistas e ccs do próprio pmdb.

    ResponderExcluir
  9. Altos custos e nenhum benefício. Com traço de audiência e tantos prejuízos, melhor acabar mesmo.

    ResponderExcluir
  10. Mais um ralo por onde sai o dinheiro público e que precisa ser fechado!
    E o dinheiro que vai para o MST? Já foi estancado? Ou vão esperar eles invadirem fazendas e fazerem badernas?

    ResponderExcluir
  11. polibio

    e o dinheiro da une, mais de 80milhões que o lula deu pro cara de pau do lindemberger se eleger senador do rio

    a desculpa foi que era pra construir a sede da une

    esse é mais um caso de corrupção que tem que ser investgado e por na cadeia o cara de pau do limberg farias

    ResponderExcluir
  12. Da TV Lula à TV Dilma

    A TV Brasil não construiu um conceito, um modelo de pensamento, uma programação. A TV pública, que deveria ser a locomotiva da experimentação, ousa menos que a comercial

    http://oglobo.globo.com/opiniao/da-tv-lula-tv-dilma-14755869

    ResponderExcluir
  13. BASTA SIMPLESMENTE FAZER UM LEILÃO. COMO FAZEM COM OS BANCOS PÚBLICOS. O GOVERNO PEGA UMA BOA GRANA. VENDE POR UM BOM PREÇO E MANDA JUNTO A PELEGADA. SEM CARTEIRA. Foi isso que o FHC fez com a Vale do Rio Doce que eles não perdoam jamais.

    ResponderExcluir
  14. ATENÇÃO PETISTAS MAMADORES: Ao invés de mamarem nas tetas do governo com essas entidades falcatruas, agora poderão CHUPAR um vaso-dilatado picolé de uva. KKK!!!!!

    ResponderExcluir


  15. A melhor coisa a fazer neste caso é dar uma vassoura pro Luis Nassif incrementar a visão de esquerda que ele tem e trabalhar uma vez na vida, recolhendo todo o lixo do chão desse trambolho estatal!!

    Puro lixo!!

    ResponderExcluir
  16. Duvido que fechem.
    Quantos apadrinhados e pastores evangélicos dá pra acomodar lá?

    ResponderExcluir
  17. É verdade que tem apadrinhados mesmo , afinal, a TV Brasil NUNCA fez concurso público para profissionais do jornalismo. Em quase dez anos de existência, só teve um concurso que se eu não me engano é para cinegrafista. Ora, se é TV pública a obrigação é de fazer concurso para quem quer trabalhar lá.

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.