A acareação de Cerveró e Paulinho foi proposta pelo gaúcho Enio Bacci. Sem Bacci, a CPMI já teria terminado sem apurar nada.

A acareação entre os ex-diretors da Petrobrás, Paulo Costa e Nestor Cerveró, autorizada pelo juiz Sérgio Moro, foi proposta à CPMI pelo deputado gaúcho Ênio Bacci.

. A reunião da CPMI será dia 2.

. Bacci, PDT, que deveria alinhar-se com a base governista para melar a CPMI, tem votado invariavelmente com a oposição para abrir caminho às investigações, quebras de sigilo, audiências e acareações. Sem o voto decisivo dele, nada teria ido adiante nas últimas semanas.

8 comentários:

  1. Pelo menos um deputado gaúcho tem aquilo roxo, pois os outros são vermelhos , com estrelinhas, com cifrões, com Alices no País das Maravilhas e com Paraísos Fiscais.

    ResponderExcluir
  2. Esta acareação vai ser de cinema.
    Um olha para o outro e o outro
    olha para o um ou parece que olha para o um só de revesgueio, vai ser uma acareação com intermediador para saber se a coisa está bem acareada ou não.

    ResponderExcluir
  3. A base aliada resolveu dar mais um "esticada" na CPMI e possivelmente até pegar mais uns "bois de piranha" e jogá-los para a opinião pública, até porque o foco da mídia amiga neste momento é a corrupção da petrobrás! Hoje, eu fiz algo que não fazia mais de no mínimo dois anos, comprei uma Zero-Hora porque a minha cachorrinha ficou sem jornal para o seu banheiro, não estou brincando, e me decepcionei porque o jornaleco está com bem menos folhas. A chamada de capa é sobre a corrupção, e a Rosane Petralha de Oliveira diz no seu artigo "que a Dilma no seu segundo mandato terá que cuidar mais da corrupção"...ha,ha,ha,ha,ha...só rindo pra não chorar!
    Pessoal, o que a mídia amiga na verdade está fazendo é desviar o foco da fraude nas urnas pela empresa venezuelana smartmatic, e será assim até a terrorista assumir para fazer o tempo passar, não irão apresentar nenhuma prova substancial que incrimine da mãe do petrolão, e ela vai sair de "couro liso" desta investigação!
    A aprovação de uma auditoria do processo de votação é algo quase impossível de acontecer porque 99,9995% dos políticos que foram eleitos nesse pleito, são contra a auditoria nas urnas, porque isso colocaria as suas candidaturas no lixo. Os petralhas não são bobos, eles fraudaram somente a eleição presidencial, e possivelmente a eleição para governador em Minas Gerais como um teste para futuras outras, por ser um estado populoso e lembram como a Dilma se referiu muito a este estado nos debates, isso para usar posteriormente como motivo da "vitória"! Já que o "Brasil" aceitou a derrota, a fraude deverá ser maior nas próximas eleições. No mínimo o que a oposição deveria começar a fazer desde agora é trabalhar para a substituição destas porcarias de urnas, do contrário a eleição presidencial em 2018 já estará perdida novamente. O futuro do Brasil ficar na mãos do advogado petralha Dias Toffoli é algo surreal, só mesmo aqui no Bananão!

    ResponderExcluir
  4. parabens ao deputado, apesar de ser de um partido auxiliar, tem o que a sociedade precisa..ideais...

    ResponderExcluir
  5. Na acareação, Paulinho dirá para
    Cerveró: Porque me miras se não me tira para bailar?
    Abre a gaita, gaiteiro, e já se
    viéro!

    ResponderExcluir
  6. -Diálogo dos dois:
    Cerveró pergunta: -vc disse que na minha diretoria tambem rouba-se?
    Paulinho responde: -nada a declarar;
    Paulinho pergunta: -vc acredita que na minha diretoria havia rolo?
    Cerveró responde: -nada a declarar;

    Imagine só a palhaçada, gastança com viagens pra ouvir um diálogo precioso deste naipe.

    ResponderExcluir
  7. SE VERDADE, este DEPUTADO destoa dos PDTISTAS, amantes dos PTISTAS.

    Ora, "dinheiro na mão, calcinha no chão!!!"
    Né PDTISTAS?

    ResponderExcluir
  8. Bacci fecha sua passagem pela Câmara com chave-de-ouro. Depois de cinco mandatos, chega à Assembleia do Estado em Fevereiro. Vai ser o diferencial. Quem viver verá !

    ResponderExcluir

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.