Scalzilli quer recolocar no mercado a Georges Aubert. Quem se habilita?

O advogado gaúcho Fabrício Scalzilli tentará ressuscitar a Georges Aubert, cuja falência foi decretada em setembro no município de Garibaldi. Scalzilli disse ao editor que com R$ 3,5 milhões o novo empreendedor poderá recuperar a produção e a marca.

- Fundada em 1875 na França, a Georges Aubert chegou a controlar 60% da venda de champanhas no Brasil. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.