Brasil: Investimento das teles cresce 3% ao ano

As operadoras de telecomunicações têm sido bastante cobradas nos últimos meses pela qualidade dos serviços, principalmente móveis. Um estudo apresentado ontem pela A.T. Kearney, durante o evento Painel Telebrasil, em Brasília, mostrou que, de 2005 a 2011, o crescimento médio anual dos investimento nas redes fixas e celulares foi só de 3% ao ano. A pesquisa também apontou que foram investidos R$ 115 bilhões nesse período.

. Só a operadora Oi prevê investimentos de R$ 6 bilhões no Brasil em 2012. O montante é superior em mais de R$ 1 bi ao valor investido em 2011 (R$ 4,95 bi) e quase o dobro dos investimentos realizados em 2010 (R$ 3,09 bi). O plano estratégico de quatro anos da Oi prevê investimentos totais de R$ 24 bi, no período de 2012 a 2015.

. Por outro lado, a receita bruta dos serviços de telefonia fixa e móvel passou de R$ 112,9 bilhões em 2005 para R$ 181,8 bilhões no ano passado, segundo a Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). Isso corresponde a uma expansão média anual de 8,3%, quase o triplo da trajetória do investimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado leitor: o seu comentário é de sua exclusiva responsabilidade, conforme dispõe o Marco Civil da Internet. O fato de ser utilizado o anonimato, não o exime de responsabilidade, porque a qualquer momento seu IP pode ser levantado judicialmente e a identidade do autor surgirá de maneira clara. O editor apenas disponibiliza sua via, sua estrada, para que o leitor utilize-a, mas não tem qualquer responsabilidade em relação aos conteúdos aqui disponibilizados.