Este diretor da Organização de Direitos Humanos da ONU conta a verdade sobre a guerra Israel x Hamas

No video a seguir, fala Hillel C. Neuer, diretor executivo da UN Watch, Organização de Direitos Humanos com sede em Genebra, na Suiça - cuja missão é monitorar o desempenho da Organização das Nações Unidas pelo critério de sua própria Carta. É credenciada no Estatuto Consultivo Especial do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC) e Associada ao Departamento de Informações Públicas da ONU (DPI).

. Representantes palestinos e seus aliados, inclusive bolivarianos, tentaram impedir a fala, que revelou verdades que a mídia brasileira sonega ao conhecimento dos leitores, ouvintes e telespectadores sobre o conflito Israel x Hamas. 

. Nesta quinta a noite, o Jornal Nacional colocou poucas cenas na TV, mas preferiu dar ênfase aos ataques feitos contra Israel por parte de outros representantes credenciados na ONU. 

CLIQUE AQUI para ver e ouvir. 

11 comentários:

Anônimo disse...

A verdade atinge até FIDEL CASTRO!

Este representante da ONU não deve ser de nenhum dos lados envolvidos, não deve ser de nenhum daqueles países que o interromperam. Será ele cristão, induísta ou budista? Ateu não é, comunista deixa matar.

Terá este representante da ONU a ambição pelo poder e assim fazer relatório contra tudo o que a mídia diz de contrário?







Anônimo disse...

me parece estar bem claro que ha uma campanha organizada contra Israel..

em que jornal - tv, internet ou papel - vocês ja viram fotos dos terroristas do Hamas disparando seus misseis?

nao se vê, porque os fotógrafos não fotografam e os cinegrafistas não filmam...

mas se vê a todo momento soldados israelenses com seus armamentos e toda a movimentação dos blindados de Israel...

é uma guerra onde so é mostrado, claramente, um unico lado...

Anônimo disse...

E QUANDO ALGUNS POUCOS DE NÓS AQUI DEFENDE ISRAEL SOMOS TAXADOS DE REACIONÁRIOS COMO JÁ FUI CHAMADO POR UM BOI CORNETA E PETRALHA.

EDUARDO MENEZES

Anônimo disse...

Puxa vida vendo o video fica dificil nao lembrar imediatamente dos paises do chamado "eixo do mal" - Cuba, Sudao, Venezuela, Syria. Paises que tentaram obstaculizar a fala do enviado a todo custo. Lixos onde nao existe democracia, apenas odio e culto a bandidos.

Faltou apenas algum diplomata brasileiro bobalhao dar o ar da graca. Devia ter faltado por motivo de falta maior (nao falar ingles).

Anônimo disse...

parabéns ao grande jornalista q publica a verdade em seu excelente blog

Anônimo disse...

Esses canalhas judeus ja explodiram 2 escolas matando dezenas de criancas e voces ainda defendem, querem brigar contra as imagens?

Anônimo disse...

Uma das escolas foi explodida pelos próprios terroristas islâmicos.

E a culpa pela explosão da outra foi dos terroristas islâmicos que usaram as crianças como escudos humanos. Aliás, eles já doutrinam as criancinhas para buscar a morte.

Anônimo disse...

Parabens pelo excelente You Tube que colocou! Maravilha!

Anônimo disse...

O açougue do Oriente Médio está funcionando a pleno vapor. Hamas e liberais de sofá devem estar adorando e tática de "quanto pior, melhor". E o pior de tudo é ver na imprensa tantos imbecis apoiando o Hamas e seus jagunços.

Anônimo disse...

fotógrafos não registram e repórteres não filmam as ações do hamas porque se tentam, o hamas não permite. se algum tenta eles matam.

Carlos E. Petry disse...

Também não se vê notícias sobre como são usados os palestinos na Faixa de Gaza, onde manda e desmanda o Hamas, organização terrorista, cujo objetivo é acabar com Israel e os israelenses. Eles confinam os palestinos em prédios onde são escondidos os foguetes que lançam sobre Israel. Se algum tenta fugir, ele é perseguido e simplesmente morto. Quer dizer, ou é escudo ou é morto. Se dependesse dos palestinos que moram na Cisjordânia, já teria havido um entendimento com Israel.