Indicador antecedente de venda de papelão ondulado aponta recuperação ampla da indústria

As vendas de papelão ondulado avançaram 41,9% na passagem de maio para junho, reforçando recuperação da produção industrial no período. As vendas deste tipo de papelão, os mais usados para embalagens industriais, é forte indicador antecedente para a área fabril.

As vendas de papelão ondulado alcançaram 324.324 toneladas em junho, de acordo com os dados preliminares divulgados ontem pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO). O resultado reflete um avanço de 41,9% na margem, na série livre de efeitos sazonais, mais do que devolvendo a queda de 24,7% registrada na leitura anterior. No mesmo sentido, quando comparadas com o mesmo período de 2017, as vendas aumentaram 11,7%. 

Esse resultado e indicadores coincidentes já divulgados, apontam para a retomada da produção industrial no mês passado, revertendo a forte contração observada em maio e reforçando a tendência de recuperação.

2 comentários:

Anônimo disse...

Tem um dado ,mais confiável, economista" Políbio:
Um dono de supermercado me disse que aumentou a venda de papel higiênico, isso significa que o povo está comendo mais

A verdade está lá fora disse...

Querem ver que o PIB no final irá crescer 3% como foi previsto....