Eis o que os candidatos não poderão fazer a partir de amanhã

A partir de amanhã, os candidatos ficam proibidos de exercer uma série de atividades, segundo explica hoje a Folha.

Isto vale para todos, inclusive para os candidatos do PT, postes ou não.

Eis o rol de restrições mais relevantes:

— Os candidatos ficam proibidos de comparecer a inaugurações de obras públicas, bem como de contratar para esses eventos shows artísticos pagos com recursos públicos;
— Fica proibida a propaganda institucional de atos ou serviços dos órgãos públicos;
— Os candidatos não poderão nomear, contratar ou demitir sem justa causa servidores públicos. Até a posse dos eleitos, também não poderão transferi-los ou exonerá-los, salvo em determinadas situações, como em relação aos comissionados e cargos de confiança;
— A lei proíbe a transferência de recursos da União aos estados e municípios, e dos estados aos municípios, com exceção de recurso com cronograma prefixado ou para atender situações de emergência;
— Os agentes públicos ficam proibidos de fazer pronunciamento em cadeia de rádio e televisão fora do horário eleitoral gratuito.

5 comentários:

Anônimo disse...

Era bom ter uma lista do que não pode fazer depois de eleito, roubar por exemplo.

Anônimo disse...

ATÉ DESAFORO E MALCRIACÃO SERÁ FATURADO.

JUROS,CORRECÕES TUDO PAGAREMOS

CONTINUAREMOS IGNORANTES MANDANDO EMPRESAS PARA FORA DO RS COMO O CAPETINGA PETISTA DE BOSSOROCA,MANDOU A FORD EMBORA,EMPREGOS,RIQUEZAS E IMPOSTOS.

Anônimo disse...

Uma coisa que os candidatos a partir de agora podem ser: HONESTOS, isto nunca foi proibido, exceto pelas esquerdas para seus planos de poder.

Ultra 8 disse...

ISTO MESMO, NÃO PODEM FAZER ANTES O QUE FARÃO DEPOIS!


PRIMEIRO, TEM DE ENROLAR O ZÉ POVO.

Anônimo disse...

Cuidado com o Ciro Gomes !