Vice-prefeito de Agudo é preso por fraude em licitações

A Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Criminais, prendeu no início da manhã desta quarta-feira o vice-prefeito de Agudo, município da região central do RS.

Moisés Kilian (MDB) é acusado de participar de um esquema de fraudes em licitações que causou prejuízo de R$ 1,1 milhão, entre os anos de 2015 e 2016.

Também foram alvo da operação – que envolveu 180 policiais – secretários do Município, assessores e empresários do ramo de máquinas da região.

Nenhum comentário: