Fim da prisão após segunda instância pode tirar 22 mil da cadeia

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a prisão em segunda instância, que deve ser tomada nesta semana, pode levar à soltura de milhares de presos em todos os estados. Caso a Corte mude seu entendimento sobre a antecipação de pena, detentos condenados em tribunais de segundo grau, que ainda recorrem aos tribunais superiores, poderão deixar o encarceramento.

De acordo com dados do Painel do Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que foram levantados pelo Estado de Minas/Correio Braziliense, o número de presos provisórios, ou seja, que ainda não foram julgados em última instância, chega a 22 mil em um universo de 130 mil que estão cadastrados.

Quando se fala em prisão em segunda instância, logo vem ao pensamento dos brasileiros os réus da Lava-Jato, como o ex-presidente condenado Lula da Silva e Antonio Palocci. Mas eles estão acompanhados de pessoas condenadas por homicídio, tráfico e porte de drogas, estelionato, estupros, entre outros.

Se a maioria dos ministros decidir revogar o entendimento sobre o assunto que prevalece desde 2016, esses detentos ganham o direito a aguardar o processo em liberdade, até que eventuais recursos sejam julgados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

7 comentários:

Anônimo disse...

Agora se vê porque este bandido é tão popular, por onde passa o boi, passa a boiada!

Anônimo disse...

Há imaginaram? Se o Brasil está tão violento imagina colocar de volta as ruas milhares de réus condenados pelos mais diversos crimes. Não e possível que o STF vã cometer mais este desatino só pra salvar uns poucos réus de colarinho Branco. Aí teria que ter uma intervenção militar em prol da segurança pública e da decência.

Anônimo disse...

Uma vergonha!

Anônimo disse...

O cabra maior bandido do rio d janeiro q roubou tanto q quebrou o estado esta tendo ataques de riso é esta rindo dia e noite pois sairÁ lindo leve e solto é em poucas horas estarÁ livre gozando vida é este é o pais do futuro =SÓ QUE NAO

Ultra 8 disse...

ANTÔNIO GRANSCI ESCREVEU :
"NOSSOS COMPANHEIROS,OS CRIMINOSOS, SERÃO NOSSOS NOVOS REVOLUCIONÁRIOS"

SARTORI E SCHIRMER, AQUI, TEMER E STF, POR LÁ.

OS GOVERNOS NO BRASIL, AGINDO A FAVOR DA CAUSA COMUNISTA.

Unknown disse...

A matéria é tendenciosa. Quem é preso provisorio, independente da decisão de prisao ou não após condenação em segunda instância, tem que ser solto. O preso provisório não é condenado. É mentira que 22 mil podem ser libertos por causa da decisão.

Tito Verdi di Pietro disse...

blob:https://web.whatsapp.com/9f4f50c1-c2c1-42d7-8b46-bd0cf3532263

A debandada será algo parecido com a debandada desse vídeo....