Fepam autoriza ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho

Esta novela arrasta-se desde o governo Fogaça, 15 anos atrás.

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) emitiu ontem a licença de instalação para a ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho, Porto Alegre.

A empresa alemã Fraport, concessionária do terminal, poderá realizar a ampliação da pista em 920 metros. A medida permitirá que o Salgado Filho receba aeronaves de maior porte. 

Para obter a licença, segundo a Fepam, a empresa alemã precisou apresentar o programa de desapropriação e reassentamento de famílias que residiam na Vila Dique.

8 comentários:

Anônimo disse...

Ufa! Bastou privatizar para a coisa andar.

Anônimo disse...

Essa Fepam não tem jeito mesmo. Quem é que vai desapropriar ou comprar uma área para instalar um empreendimento, se não possui a licença do órgão ambiental?? Só idiota mesmo. A mania de se meter em todo e qualquer assunto das empresas, sob a desculpa de ...”meio ambiente “... antro de comunistas . Tem que fechar esse montrengo burocrático


Anônimo disse...

E vão mostrar que dá pra ampliar a pista, desmentindo aquela tese de solos moles inventada por um engenheiro petista

Anônimo disse...

A área invadida pelas pessoas que formaram a Vila Dique não era pública e prevista para a ampliação da pista ? Quem deixou invadir, estado, prefeitura, infraero ou quem seja, deveria assumir a retirada imediata dos invasores da área ou, no mínimo, pagar os custos de sua remoção.

Anônimo disse...

Parabéns... desencantou ....

Justiniano disse...

Com pista de 3200 metros há possibilidade de transporte de carga cheia para exportação, porque com atual tem que ir com meia carga no avião além de reabastecer duas vezes, o custo torna inviável o transporte. A pista longa permite aviões cargueiros pousarem devido a menor frenagem com carga.

Anônimo disse...

Os alemães não querem governar o RS por um tempo hem? Certamente conseguiriam tirar o RS do buraco em que se encontra.

Anônimo disse...

Alguém tem a informação de qual empresa (Construtora) fará as obras?
Obrigado.