Globonews não consegue derrubar Temer ou trump

A Globonews insiste, mas não consegue derrubar Temer ou Trump.

Este deputado do PT foi preso e nem sabe por que razão foi solto

O deputado estadual do PT, Jeferson Fernandes, continua sem saber que confrontou os oficiais de justiça e as forças da ordem que desocuparam prédio público invadido no centro de Porto Alegre.

Ao tomar conhecimento de que tinha sido preso, não conseguiu lembrar de nada:

- Não sei porque fui preso e nem porque fui solto.

Jeferson Fernandes sabe, sim, por que foi preso, mas é provável que não saiba por que foi solto.

A memória do petista é seletiva, uma condição que é recorrente entre os líderes lulopetistas deste País.

É típico.

FHC ignora malfeitos do companheiro e não pede renúncia de Aécio

Ao contrário do apelo público que fez hoje o ex-presidente FHC em relação ao presidente Emer, que quer ver renunciando ao cargo (leia nota a seguir), nem um só músculo ele moveu para pedir a renúncia do presidente do seu Partrido, Aécio Neves.

Aécio está com mandato suspenso, a irmã presa e enfrentando um pedido de prisão encaminhado ao STF por Rodrigo Janot.

Como se sabe, Temer, que FHC quer que renuncie por causa das delações da JBS, não teve seu mandato suspenso, não trem irmã presa e nem enfrenta pedido de prisão.

FHC tira nota para pedir que Temer renuncie

Poucos dias depois de o PSDB tomar a decisão de reafirmar seu apoio ao governo de Michel Temer, o partido vê sua principal liderança, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, defender que Temer tenha um gesto de grandeza e antecipe as eleições gerais no País>:

- A ordem vigente é legal e constitucional, mas não havendo aceitação generalizada de sua validade, ou há um gesto de grandeza por parte de quem legalmente detém o poder pedindo antecipação de eleições gerais, ou o poder se erode de tal forma que as ruas pedirão a ruptura da regra vigente exigindo antecipação do voto.

Num trecho da nota divulgada hoje, FHC manda recado ao próprio PSDB:

-  Os partidos precisam pensar no país e não em interesses partidários neste momento. Ou se pensa nos passos seguintes em termos nacionais e não partidários nem personalistas ou iremos às cegas para o desconhecido.

Fachin tira de Moro investigação sobre irmão de Lula e envia o caso para SP

Fachin atende Lula. O ministro cutuca a onça com vara curta. Delatores disseram que Frei Chico recebia uma espécie de mesada de empreiteiras

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), reconsiderou sua decisão de enviar ao juiz Sergio Moro as citações da delação da Odebrecht a pagamentos ao irmão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Frei Chico. Em resposta a um agravo regimental proposto pela defesa de Lula, Fachin decidiu que o material deve ser encaminhado à Justiça de São Paulo.
José Ferreira da Silva, nome de Frei Chico, é o irmão mais velho de Lula. 

Os delatores Alexandrino Alencar, ex-diretor de Relações Institucionais da empreiteira, e Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho, que chefiou o chamado departamento de propinas da empreiteira, disseram à Procuradoria-Geral da República (PGR) que Frei Chico recebia uma espécie de mesada.

Na época dos fatos, Fachin não pensava assim. Na petição enviada por Fachin à Justiça de Curitiba à época do desmembramento dos casos relacionados à delação dos executivos da empreiteira baiana.


Narram os executivos que os pagamentos eram efetuados em dinheiro e contavam com a ciência do ex-presidente, noticiando-se, ainda, que esse contexto pode ser enquadrado na mesma relação espúria de troca de favores que se estabeleceu entre agentes públicos e empresários.

Desgraça da JBS afeta pecuária de corte do RS

A JBS não possui presença significativa no RS, mas também no Estado o mercado da pecuária de corte sofre perturbações de toda ordem.

Os Batista costumam comprar grande quantidade de gado de linhagem européia, área na qual o RS é líder brasileiro, praticamente sem concorrente.

Com crise da JBS, pecuaristas se unem para assumir frigoríficos no Mato Grosso

Após redução das atividades da empresa após delações, criadores de Mato Grosso, maior produtor de gado do país, têm dificuldade para vender os bois

Um grupo de pecuaristas de Mato Grosso, maior produtor de gado do país, está se articulando para criar uma cooperativa para reativar até 15 frigoríficos do Estado. As conversas ainda estão em estágio inicial, mas ganharam força nas últimas semanas, depois que vieram à tona as delações dos irmãos Batista, controladores da JBS.

A crise na empresa que se seguiu às delações provocou uma grande desarrumação no mercado de bovinos. Pecuaristas passaram a temer vender gado à prazo para a JBS, e começaram a procurar outros compradores. Mas as opções são restritas – a JBS concentra cerca de 50% do abate no Estado. Por conta desse desarranjo, o preço do gado bovino acabou caindo. Com isso, ganharam força as conversas entre os pecuaristas para assumirem frigoríficos fechados. A ideia, segundo Luciano Vacari, diretor executivo da Associação de Criadores do Mato Grosso (Acrimat), já vinha desde que foi deflagrada, em março, a Operação Carne Fraca, que investiga o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura em esquema de corrupção, mas agora foi acelerada. “A abertura de uma cooperativa é uma das possibilidades. Podemos atrair investidores de fora, mas tudo está em discussão ainda”, disse.

Fazem parte desse pool de pecuaristas os irmãos Fernando e Eraí Maggi, primos do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, donos do grupo agropecuário Bom Futuro. A família Maggi é uma das maiores produtoras de soja no Brasil.

Mato Grosso tem, no total, 22 frigoríficos desativados, boa parte por conta do movimento de concentração do setor. Desses, de seis a oito podem ser reabertos nos próximos meses, disse Ricardo Tomczyk, secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado. Na terça-feira, o Minerva, terceiro maior frigorífico do país, anunciou que vai reabrir a unidade na cidade de Mirassol D’Oeste. O Marfrig também avalia reativar duas unidades.

Base de Sartori votará contra privatização de Corsan e Banrisul

O líder do governo na Assembléia, Gabriel Souza,avisou ao seu colega Marcel Van Hattem, PP, que a base governista votará contra sua emenda que prevê a privatização de todas as estatais, inclusive Corsan e Banrisul.

O governo só quer privatizar Siulgás, CEEE e CDRM.

A rebelião tucana contra Temer quer minar a reforma da Previdência

Congressistas do PSDB desafiam cúpula partidária que apoia Governo e complicam planos do Planalto, conta nareportagem a seguir o jornalista Afonso Benites, na edição brasileira do ElPaís.

Leia tudo:

O discurso da cúpula tucana é o de manutenção irrestrita do apoio ao governo Michel Temer (PMDB). Mas a linha de frente da legenda na Câmara dos Deputados demonstra que nem tudo o que foi definido pelos tucanos de alta plumagem será replicado no Legislativo. Até porque a decisão de seguir na canoa governista não chegou a ser votada entre os membros do diretório. Representantes da ala que desde que a delação da JBS veio à tona defende o rompimento com a gestão peemedebista dizem que não votarão a favor da principal reforma sugerida pelo presidente: a da Previdência. Levantamentos internos mostram, por exemplo, que apenas 9 dos 46 deputados do PSDB apoiam incondicionalmente Temer. Os demais estão entre indecisos (11) e a favor do desembarque (26).

“Do jeito que está, a reforma da Previdência não passa. Tem muitos pontos que não foram equacionados, como a aposentadoria rural”, afirmou o deputado João Gualberto (PSDB-BA). Autor de um dos 23 pedidos de impeachment protocolados contra Temer no Congresso Nacional, Gualberto afirma que os legisladores querem “ficar à vontade” para votarem as reformas necessárias, e isso implicaria em poder alterar as propostas feitas pelo Executivo. “A reforma está engessada e nada do que sugerimos o Governo aceita mudar. Como representante do Nordeste, não posso votar a favor desse projeto”.


A insatisfação contra as mudanças nas aposentadorias começou ainda durante a discussão do projeto na comissão especial e se intensificaram nas últimas semanas. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Zero Hora acusa Alceu Moreira por ter recebido doação declarada do concorrente da JBS, a BRF. E ?

O deputado também recebeu doações declaradas do então presidente nacional do PMDBm, Michel Temer, e do PMDB.

Sem condições de acusar o deputado gaúcho Alceu Moreira por ligações corrompidas com a JBS, o jornal Zero Hora de hoje replicou o factoide produzido ontem pela Folha:

- Neste caso, Alceu Moreira é então culpado por ter recebido valores declarados e legais da BRF, concorrente da JBS.

A ideia é desqualificar o presidente do PMDB do RS, antes mesmo que ele emplaque a condição de relator do pedido que o STF talvez vá protocolar na Câmara, pedindo autorização para processar Temer.

Valerá investigar também os voos de carona de Teori e Fachin ?

O governo Temer deixou escapar ontem a tarde a informação de que poderáaceitar investigações sobre oi uso de aeronaves de empresas privadas durante o período em que o atual presidente ocupoou o cargo de vice de Dilma Roussef.

Mas também quer que a PGR investigue pelo menos dois outros casos rumorosos:

Teori Zavascki - O então relator da Lava Jato no STF, Teori Zavascki, que morreu a bordo de um avião King Air C-90 do Hotel Emiliano, dia 19 de janeiro deste ano. Zavascki pegou carona no avião, a convite do proprietário do hotel, Carlos Alberto Filgueiras.

Luiz Edson Fachin - Em maio do ano passado, o atual relator da Lava Jato pegou carona num jatinho da JBS, Curitiba-Brasília-Curitiba, para participar de um jantar discreto com o então presidente do Senado, visando obter votos de aprovação para sua indicação para o STF. A revista Veja desta semana conta que Ricardo Saur, diretor da JBS, articulou o jantar e acompanhou Fachin na viagem.

Há dezenas de outros casos, envolvendo até mesmo os ex-presidentes Lula e Dilma.

Governo anuncia mais R$ 38,2 milhões para reformas escolares no Rio Grande do Sul

O governador José Ivo Sartori anunciou, nesta quarta-feira, mais R$ 38,2 milhões para investimentos a título de autonomia financeira em reformas e pequenas ampliações das escolas da rede de ensino estadual através de financiamento do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). 

Mais 287 escolas estaduais foram habilitadas a receber recursos a serem investidos em melhorias na infraestrutura para melhor atender aos alunos da rede de ensino do Rio Grande do Sul. Serão R$ 38,2 milhões em investimentos para reformas e pequenas ampliações com a renovação de empréstimo regulamentado com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). 

A destinação da segunda etapa de recursos para investimentos a título de autonomia financeira por cada uma das escolas habilitadas foi garantida em contrato firmado pelo governo do Estado com o Bird, em 2016, quando foram liberados R$ 40 milhões para 241 escolas. Destas, 141 obras já foram concluídas e mais 100 estão em execução. Ao todo, o contrato de R$ 80 milhões já chegou a beneficiar 528 instituições e mais escolas poderão ser contempladas até junho de 2018.

CLIQUE AQUI para saber mais.

O Globo cobra afastamento imediato de Aécio Neves

Em editorial publicado nesta quinta-feira, o jornal O Globo, de João Roberto Marinho, cobra do senador Eunício Olveira (PMDB-CE) que cumpra integralmente a decisão do Supremo Tribunal Federal de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG).  

"Apesar dos desmentidos, ficara visível a má vontade do Senado em cumprir a determinação do ministro do STF, uma afronta inconcebível à Justiça", diz o texto.

CLIQUE AQUI para ler todo o editorial.

Moro manda Lula pagar custo de tradutor para testemunha no caso do Instituto Lula

Duas testemunhas, Jonathan Kellner e Juan Giraldez, fazem parte de um rol de 87 pessoas convocadas pela defesa. O caso é o do Instituto Lula, uma das três ações sob o comando de Moro.

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá de arcar com custos de tradução para duas de suas testemunhas que serão ouvidas em ação penal sobre suposto recebimento da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato. A determinação é do juiz federal Sérgio Moro. O magistrado autorizou a ida de um tradutor para Curitiba desde que a defesa pague por estas despesas.

O advogado Cristiano Zanin Martins, que representa Lula, havia informado a Moro sobre a “imprescindibilidade” de um profissional “com expertise na tradução da língua inglesa para a língua portuguesa e vice-versa” para acompanhar as audiências. 

Moro autorizou o uso de um tradutor. “Sendo prova de interesse da defesa, deve ela providenciar a vinda de tradutor para Curitiba ou para São Paulo para realizar a tradução e arcar com os custos decorrentes.”

Advogado de Rocha Loures avisa que o deputado não incriminará Temer

No recurso ao STF para tentar libertar Rodrigo Rocha Loures, o advogado Cezar Bitencourt, que é gaúcho e é considerado um dos maiores advogados da área no País, deixou claro que perde tempo quem acha que o deputado vai incriminar o presidente Michel Temer. "Ele não tem nada a incriminar", avisou. Ele chamou de "pega-ratão" a ação controlada que levou à prisão de seu cliente e ao indiciamento de Michel Temer.

Segundo o Valor, Bitencourt também classificou a gravação do diálogo de Joesley Batista com Michel Temer de "flagrante provocado".

Eis um trecho do recurso:


- Joesley Batista, falante e inescrupuloso, agindo de má-fé, criou uma armadilha, uma situação ardilosa, uma espécie de ‘pega-ratão’ para o presidente que, surpreendido com a desfaçatez e desenvoltura do maior corruptor desse país – regiamente premiado pelo Ministério Público – ficou incrédulo, meio sem alternativa e sem saber o que fazer.

Pichadores de Porto Alegre tomarão multa de R$ 10 mil por cada infração

A  partir de agora, quem pichar casas, monumentos, obras viárias e edifícios em Porto Alegre, tom,ará multa de R$ 10 mil por caso.

A decisão foi tomada ontem pela Câmara de Vereadores.

Quinta-feira será dia de sol, céu azul e temperatura amena no RS

Porto Alegre, 8h30min, 12 graus

O Rio Grande do Sul amanheceu com sol aberto,céu azul e temperatura muito baixa nesta quinta-feira de Corpus Christi.

É o quinto dia seguido de tempo bom.

 O Estado terá tempo agradável com sol entre nuvens nesta quinta-feira, segundo a MetSul Metereologia. 


Porto Alegre terá sol e nuvens com mínima de 10ºC e máxima de 23ºC.

Fachin dá sinal verde para que Moro sentencie Lula

CLIQUE AQUI para ler as 139 páginas da denúncia, 
inclusive rol de testemunhas e provas materiais.

O ministro Luís Edson Fachin negou ontem o pedido dos advogados de Lula, líder do PT, que tentou novamente escapar do julgamento da ação criminal sobre a compra do triplex do Guarujá.

Fachin avisou que Sérgio Moro faz tudo certo e que pode sentenciar Lula.

O petista presidente da Assembléia afronta a lei e a ordem ao defender deputado preso

O deputado elege-se com o apoio de gente como a que invadiu e ocupou o prédio público.

Edegar Preto afronta a lei e a ordem, ao usar a Assembléia para agir em favor do deputado petista que obstruiu o cumprimento de decisão judicial, ameaçando além disto os chefes do Poder Judiciário e do governo do Estado.

O presidente da Assembleia Legislativa do RS, Edgar Preto, PT,ameaçou ontem a noite o governo estadual, porque disse que vai cobrar todas as instâncias envolvidas sobre a prisão do deputado Jeferson Fernandes (PT), que tentou obstaculizar fisicamente a ação judicial e policial da desocupação no prédio dos Lanceiros Negros, Centro de Porto Alegre (leia notas a seguir).

Será ação irrelevante e temerária, porque o deputado preso e algemado afrontou a lei e as forças da ordem.

Pretto acompanhou Fernandes ao Palácio da Polícia após este ser liberado do camburão da BM.

Brigada usa força bruta para expulsar invasores de prédio público em Porto Alegre

Os invasores do prédio da General Câmara, Centro de Porto Alegre, que é do governo estadual, membros do chamado movimento Lanceiros Negros, foram  encaminhados ontem a noite ao Centro Vida, localizado na Baltazar de Oliveira Garcia, zona Norte da Capital.

Cerca de 60 famílias tinham invadido a construção e o governo do Estado do Rio Grande do Sul ofereceu dois caminhões para carregar os pertences. O Piratini pretende ocupar o prédio, conforme nota oficial, com setores da Defesa Civil e Casa Civil.

A ordem judicial de desocupação não foi revogada e foi cumprida pela Brigada.

O Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar usou a força para fazer a retirada dos moradores. Por volta das 19h20, começou a ação autorizada por oficial de justiça. Foram usados spray de pimenta e bombas de efeito moral, além de cassetetes. Em meio a tudo, o deputado Jeferson Fernandes (PT) foi preso.

A justa prisão do deputado do PT que confrontou a Justiça e a Brigada

A ação de reintegração de posse do prédio ocupado pelo movimento Lanceiros Negros começou por volta das 19h30min. Os policiais cercaram ruas ao redor e, com apoio de helicóptero, iniciaram a operação. Por volta das 19h50min, eles derrubaram a porta do prédio e entraram no local.

A lei vale para todos, inclusive para o presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, deputado estadual Jeferson Fernandes (PT), que ontem a noite foi algemado e preso durante ação da Brigada Militar na ocupação Lanceiros Negros, no Centro de Porto Alegre.

O deputado do PT tentou impedir pela força a ação da Justiça.

Após breve tentativa de comunicação da reintegração de posse, o Batalhão de Operações Especiais da BM, acionado pelos oficiais de Justiça, lançou bombas de gás lacrimogênio e usou gás de pimenta na tentativa de dispersar os ocupantes. Alguns saíram, outros entraram para outros cômodos do prédio.