TRF4 e STJ repelem suspeição de Moro. Lula perde mais duas ações.

O TRF-4, Porto Alegre, e o STJ, ambos durante o dia de hoje, indeferiram novo pedido de suspeição do juiz Sérgio Moro protocolado pela defesa de Lula.


No caso do TRF, o desembargador Gebran Neto avisou que os advogados do ex-presidente usaram instrumento jurídico errado para pedir a suspeição.

24 comentários:

Anônimo disse...

JARARACA NA CADEIA .!!!

Alberto disse...

Luladrão segue com seus discursos patéticos pelo Brasil. CADEIA JÁ!

Hermes Rosa disse...

Tinha que ter acrescentando a opção impunidade na tua enquete. Esse é o maior problema do Brasil, aqui só se pune ladrão de galinha enquanto os grandes ficam impunes por terem maior condições de pagarem advogados que tem acesso aos julgadores. Pode ver, todos os países tem problema de corrupção, a diferença é que em grandes nações a justiça pune os grande e é mais rápida no julgamento, não se tem tanto recursos e os julgadores não são de postergar com medidas q retardam o processo.

Anônimo disse...

RISCO DE GOLPE MILITAR FARÁ A CÂMARA PENSAR NO BRASIL?

REUTERS/Darren Ornitz | Fernando Frazão/Agência Brasil
"A ameaça de golpe militar pode ter uma serventia, afora a lamentável demonstração de que a tentação autoritária pulsa viva nos quartéis. Talvez sirva para sacudir a maioria governista na Câmara, onde aportará hoje a nova denúncia contra Michel Temer, agora por obstrução da Justiça e comando de organização criminosa, fazendo com que a ficha caia: a insustentável situação de Temer chegou ao limite", diz a colunista Tereza Cruvinel; "Foi o Congresso que, derrubando Dilma, rompeu com o pacto democrático da transição e da Constituição de 1988. É o Congresso que precisa encontrar a saída, antes que ela venha pelas força bruta"...

Anônimo disse...

TEMER LEVA DE 10 A 1 NO STF E SERÁ JULGADO COMO CHEFE DE QUADRILHA NA CÂMARA
Nelson Jr./SCO/STF | Marcelo Camargo/Agência Brasil
Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira, 22, por 10 votos contra 1, enviar de imediato à Câmara dos Deputados a segunda denúncia contra Michel Temer, por chefiar uma organização criminosa; a partir de agora, caberá à Câmara decidir se autoriza que a Suprema Corte julgue o caso, conforme determina à Constituição; entendimento do STF contraria pedido feito pela defesa de Temer, que pretendia suspender o envio da denúncia para esperar o término do procedimento investigatório, iniciado pela PGR, para apurar ilegalidades no acordo de delação da JBS, além da avaliação de que as acusações se referem a um período em que o presidente não estava no cargo, fato que poderia suspender o envio
21 DE SETEMBRO DE 2017 ÀS 15:10 // 247 NO TELEGRAM Telegram // 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

AÉCIO MOSTRA A CARA E LEVA SURRA DOS INTERNAUTAS NO TWITTER
Reprodução | Agência Brasil
Ao comentar as mudanças eleitorais para a disputa de 2018, o senador Aécio Neves recebeu uma saraivada de críticas em seu perfil no Twitter; "Com as mudanças, a vontade dos eleitores prevalecerá, pondo fim a legendas de aluguel e à eleição de parlamentares sem voto", escreveu o tucano; em resposta, ouviu: "A vontade dos eleitores era vc está preso. Corrupto de marca maior como vc tem a cara de pau de falar em vontade de eleitores", escreveu um dos usuários.
21 DE SETEMBRO DE 2017 ÀS 21:45 // 247 NO TELEGRAM Telegram // 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

O ultimo vazamento de Janot, agora na era Dodge:

FERNANDO BRITO · 21/09/2017 - Polibio Braga

Último vazamento da “Era Janot”, que escorre agora no quintal da Doutora Raquel Dodge, pela páginas de O Globo, a delação premiada de Lúcio Funaro é lama pura.

Diz ele que, com “110% de certeza”, as propinas recolhidas por Eduardo Cunha eram redistribuídas a Michel Temer. E que o atual ocupante do planalto, através do advogado José Yunes (o do “pacote de dinheiro”) , “lavava” o ganho ilegal em imóveis:

“O amigo do presidente, “além de administrar, investia os valores ilícitos em sua incorporadora imobiliária”. Mais adiante disse que “não sabe se tais imóveis adquiridos por Michel Temer estão em nome de Michel, familiares ou fundos”, mas “sabe, por meio de Eduardo Cunha, que Michel Temer tem um andar inteiro na Avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo/SP, num prédio que tinha sido recém-inaugurado”.

Depois, segundo o jornal, fala Temer ficou ‘enciumado pelo poder de Eduardo Cunha’, depois que este se tornou “dono do pedaço” na Câmara dos Deputados. Afinal, o “produto” que vendiam – a aprovação de projetos legislativos e as “emendas-jaboti” com que desvirtuavam os projetos do Executivo – eram o mesmo.

Agora há pouco, o Estadão revela que o delator teria dito que afirmou que o presidente Michel Temer foi um dos destinatários de propina paga pela Odebrecht e Andrade Gutierrez em uma obra da estatal Furnas no Rio Madeira, em Porto Velho, Rondônia.

Tudo o que Funaro diz deve ser visto com prudência, claro, em se tratando do escroque que é. Mas não há dúvida que é mais desgaste para Temer, que ainda tem de enfrentar seus “mortos” e seus “vivos” .

Os “mortos”, Geddel Vieira Lima e Eduardo Cunha, se resolverem soltar seus gemidos do cárcere. Os “vivos”, Moreira Franco e Eliseu Padilha, que não têm a proteção da imunidade que a Câmara vai conceder ao “chefe” e logo deverão ser denunciados.

Anônimo disse...

Temer não terá vida fácil na Câmara

Não categorizado 21.09.17 19:32 - O Antagonista

Só Carlos Marun, ex-Puccinelli, acha que a segunda denúncia contra Michel Temer já tem seu destino selado.

Apesar da trapalhada de Rodrigo Janot, a nova denúncia não é mais fraca do que a primeira, como se pensava.

E a irritação dos deputados é latente pelo não cumprimento das promessas de Temer e a escassez de recursos.

Anônimo disse...

U ómi mais onéstio du praneta mundiáu é inossenti. Iço é pirciguissaum pulitica.

Anônimo disse...

No caso do STJ, a informação sugere que foi negada a suspeição, o que não é verdade, tampouco o corpo da matéria esclarece aos leitores que o que foi negada foi a forma ou o tipo de recurso usado, portanto a questão continua aberta porque não apreciado o mérito da questão.

Anônimo disse...

Quer escapar mais não tem jeito, quem deve tem de pagar.

Anônimo disse...

Bom dia.Lula vai até o fim da vida perdendo ações,uma atrás da outra.Só que cadeia para este ladrão que é bom,nada.Muita lenga lenga.

Anônimo disse...

Este "ADEVOGADO BÃO" do Lula ainda não atingiu o "nivel cultural" dos ADEVOGADOS petralhas aqui do blog, que já conseguem imitar "PELO MENOS" os
papagaio-de-piratas ou "COLAR TEXTOS" dos "professores" e ainda assim.
com todo este esforço de grátis diário, são avaliados pelo Lula como "cocôs-de-cavalos-de-bandidos"!

Anônimo disse...

O ZANIN só assistiu as aulas sobre "HABEAS CORPUS". Nas outras aulas, SEMPRE
ia para o bar da faculdade. Ele reflete bem o "elevado nivel das avaliações da OAB".

Nelson Pieka Rivaldo disse...

Isso é uma outra estratégia antiga da esquerdalha,quando não há como atacar o argumento, nesse caso é porque é ladrão, ataca o argumentador. Ainda bem que as instituições não se dobram.

Unknown disse...

Aliás, quem é esse tal de Lulla???

Anônimo disse...

Está na hora de trocarem de advogados kkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Com um advogado como o ZANIN, só "INDO AS COMPRAS" nos tribunais "superiores" da vida, que devem estar com as cotações MUI ELEVADAS, pois os riscos são imensos! Será que o ZANIN tem "TINO COMERCIAL" para isso ou só sabe receber os recursos "licitos" do paciente Lula?????

Anônimo disse...

Se não existisse o "copia e cola" os petistas estariam calados. Por erro de procedimento do advogado (!!!), uma ação foi negada. A outra foi no mérito mesmo. Quanto ao Temer, esqueçam. Ninguém vai tirá-lo no fim do mandato. O trabalho seria inútil.
O general Mourão só repetiu o que diz a CF sobre as funções das forças armadas. Os petistas adoram distorcer a realidade.

Anônimo disse...

Decisão monocrática? TÁ EXPLICADO

Estão com medinho submeter o parecer da subprocuradora ao colegiado?

Anônimo disse...

No caso do STJ, foi o Presidente de plantão..

Esse Felix está para o STJ na Lava Jato, como o alter ego de Moro está para o TRF-4. E o plenário terá coragem de cumprir a Lei?

Anônimo disse...

Novamente o espírito de porco, digo, de corpo falou mais alto....

Anônimo disse...

"Fischer apontou que declarar a parcialidade de Moro ou não dependeria do reexame de provas, o que contraria súmula do próprio STJ."

Equivocou-se o ministro do STJ, o reexame de provas que contraria súmula está adstrito às questões de mérito, não se aplicando ao pedido perseguido pelo recurso, a flagrante suspeição do juiz prolator da sentença.

Anônimo disse...

É tão visível a suspeição desse juiz - inimigo de Lula - que apenas os suspeitos não vêem sua suspeição. Em outras palavras, não vêem sua suspeição exatamente por também serem suspeitos.