Trabalhadores vão parar a Corsan na terça-feira

O setor de saneamento e abastecimento de água é essencial, o que caracteriza a greve como ilegal.

Os trabalhadores da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) farão greve na terça-feira. É protesto contra o impasse relativo à negociação do dissídio salarial, que tinha 1º de maio como data-base para o reajuste.

14 comentários:

Unknown disse...

Brasil... o país da greve!!!
Que degringola, invariavelmente, para o grevismo... principalmente em órgãos e corporações de servidores públicos!!!

Anônimo disse...

É pra isso que servem os milhares de sindicato.

Anônimo disse...

Corsan não tem dinheiro para investimentos mas tem para financiar cursos para seus trabalhadores ao se aposentarem para encontrarem outras atividades. Claro, tudo por conta do consumidor

Anônimo disse...

O governador já deveria aproveitar o momento e começar a costurar a privatização desta estatal, que assim como a CEEE, não passa um antro de vagabundagem com altos salários e mordomias.

Anônimo disse...

kkkkk, estatais, estatais ...

Anônimo disse...

Privatiza e acaba com essa porcaria

Anônimo disse...

É por isto que temos a água mais cara do mundo.
Para sustentar esses cabides mantidos pelos politicos.
E essa tal de CORSAN não investe.
Sorte que os prefeitos,um a um,estão abrindo os olhos para o comportamento empulhador desta empresa nojenta.

Anônimo disse...

Lixo, bando de ladrões, que roubam o cidadão, custo da água no RS é abusivo. Pago 3 taxas de água numa única conta de água. LADRÕES.

Anônimo disse...

Faça-me o favor! Só o vale refeição da corsan é mais de R$1.500,00. Tem engenheiro lá arrancando R$ 30mil por mês. Um funcionário de ensino fundamental ganha R$ 5mil. Querem o que agora? Com toda essa crise e má prestação de serviço ganhar aumento? E o trabalhador de verdade, aquele produz nesse país só toma na cabeça! Se não quiserem que o povo peça à privatização é bom esses sindicalistas ficarem bem quietinhos!!!!

Anônimo disse...

Polibio, o cara trabalhar numa estatal eu ja coloco em altíssim suspeita, se for meu amigo entao eu ja começo cortar relacionamento

Anônimo disse...

Deveria ser publicado o salario mais baixo, para nao ofender o povinho, ai veremos um verdadeiro campo de marajas.

Anônimo disse...

Operação Quadro Negro pega ministro Ricardo Barros, diz revista Veja:

12 de agosto de 2017 - Blog do esmael

A revista Veja, em sua coluna Radar Online, informa que a Operação Quadro Negro — a qual investiga desvio de verbas da educação e fraudes na construção de escolas no Paraná — pegou o ministro da Saúde Ricardo Barros (PP).

O jornalista Maurício Lima, titular da coluna, revela que Eduardo Lopes de Souza, dono da Valor Construtora, delatou o pagamento de propina a um parente do ministro, por exigência de Ricardo Barros.
A Operação Quadro Negro investiga autoridades governamentais paranaenses, dentre os quais deputados estaduais e o chefe da Casa Civil Valdir Rossoni (PSDB).
A Operação Quadro Negro investiga o desfalque de R$ 20 milhões dos cofres públicos do governo do Paraná. Nesta semana, o Ministério Público requereu indenização por danos morais na ordem de R$ 41 milhões visando o ressarcimento do erário.

Em maio passado, esta página antecipou que a delação de Lopes teria potencial de implodir o Palácio Iguaçu e o ninho tucano. “Não sobrará pedra sobre pedra no governo de Beto Richa”, confidenciara na época uma fonte governista. Bingo!

O Blog do Esmael registrou em primeira mão, há dois anos, o escândalo e a consequente queda da cúpula da Educação do Paraná na época.

PS: Mais um Ministro do Traira/PMDB "enrolado", esse é do PP da Ana Amélia e do Suplente de Del Est Van Ha..

Anônimo disse...

Corsan prometeu investimentos em quase todos os Municípios do Estado, não conseguem pagar a própria folha, quem dirá investir. Olha o que aconteceu em Gramado em 2016, agora prometem investir mundos e fundos na cidade e o Atual Prefeito pede Desculpas a Corsan pelo modo ríspido como a antiga Administração tratou a empresa, kkkkk isso só pode ser piada mesmo....

Anônimo disse...

Sindicatos ganham muito $$ público pra fazer baderna e se manter no poder. Alem de mandarem milhoes mensalmente pra CUT