Temer vai ajuizar queixa-crime contra Janot

O presidente Michel Temer vai ajuizar queixa-crime contra Rodrigo Janot.

18 comentários:

Anônimo disse...

****

Caro editor, a respeito do protagonismo voluntário do novíssimo presidente do TRF4:

Nós os anti-petistas desconfiamos muito do atual protagonismo deste desconhecido ator, que se manifesta muito no pouco tempo como presidente do TRF4.

E nós não sabemos pra que grupo ele trabalha.

Desconfiamos que ele é mais um das centenas de corruptos, comprados ou chantageados pelo Lulacaio!

Este Thompson Flores foi nomeado há pouco tempo presidente do TRF4.

LOGO AGORA, exatamente na fase de julgamento do Luladrão no TRF4, Thompson Flores CAI DE PÁRA-QUEDAS NO TRIBUNAL REGIONAL em Porto Alegre.

Quem é o padrinho deste desconhecido Thompson Flores? Só o sobrenome é familiar aos brasileiros mais velhos.

Como em 2014 no TSE e na eleição presidencial com Dilmaléfica, quando colocaram o fdp do advogadozinho do PT Dias Tóffoli na presidência do TSE, poucos dias antes das eleições fraudadas.

O sujeito foi nomeado no TSE, e fraudou as eleições no dia de votação depois das 17h!!

O petralha 171 se isolou a portas fechadas a partir das 17h, hora de encerramento das eleições, junto com o JEC e Gilmar Mendes e sem jornalistas ou mais testemunhas, na sala de escrutínio eletrônico final das eleições. Ficaram trancados durante 1 hora, e só lá pelas 18h anunciaram a vitória da INCOMPETENTA = LULADRÃO, com poucos votos a mais que do outro candidato.

Resultado muito conveniente para o PT e PSDB. Difícil de comprovar as fraudes.


O petralha na presidência do TSE em 2014 é advogado do PT e LEGALMENTE IMPEDIDO de exercer a função, pois É PARTE INTERESSADA.

E nenhum ator no Brasil denunciou este IMPEDIMENTO LEGAL altamente decisivo.

E quem é Dias Tóffoli?

Apenas um meliante golpista, um CC do PT, sem concurso ou carreira nos tribunais, um Petralha 171, ladrão repulsivo infiltrado no STF e TSE.

E agora esse rabo-de-foguete Thompson Flores no TRF4 pode estar atuando dentro de mais um dos planos do PT, elaborados pelo sociopata inteligente Zé Dirceu, junto com Luladrão, JEC, Farso Genro, Gilberto Carvalho, Jacques Wagner, Dilmaléfica, etc

Zé Dirceu é espião oficial dos comunistas de Fidel, e aproveitou bem o tempo de prisão, lendo e escrevendo dossiês falsos contra seus adversários e críticos, planos A, B, C, D, Z, de ataques perversos contra a vontade da população e contra a Democracia.

Petralhas são criaturas infelizes, doentes, perversas, retrógradas, verdadeiros sociopatas que praticam TODOS OS MALES CONTRA O POVO PACATO E HONESTO do Brasil e da Venezuela.

São entreguistas ladrões trabalhando para Vladimir Putin, para a China e Cuba, que agem impunemente, para não deixar o Brasil se recuperar socialmente.

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Velho ridículo. Imagina-se o melhor do mundo e acima de tudo isento de ser responsabilizado. Ninguém, ninguém mesmo está acima da lei. Por certo jamais se imaginou ocupando a cadeira de Presidente e agora seu ego inchou. Deem a ele um espelho com urgência ou o submetam a um exame psiquiátrico que por certo determinará sua imediata internação.

Anônimo disse...

Já passou da hora de solicitar o impeachment do Rodrigo Janot!

Alberto disse...

Temer quer aumentar mais impostos e não quer ser investigado, ou seja, está se nivelando aos piores 'representantes' dos PTralhas!

Anônimo disse...

Só o que falta essa Representação contra Janot no STF cair no colo do GM ou do Alexandre de Moraes.

Anônimo disse...

TEMER ESPERNEIA E PEDE SUSPEIÇÃO DE JANOT:

Defesa de Michel Temer apresentou nesta terça-feira, 8, ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de suspeição para impedir que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, investigue o peemedebista; pedido de suspeição de Janot faz parte da estratégia ofensiva dos advogados de Temer para neutralizar a atuação do procurador-geral após sinais dados por Janot de que deverá oferecer nova denúncia contra Temer; pedido acontece dois dias depois de reunião fora da agenda entre Temer e o ministro do STF e amigo Gilmar Mendes.

8 DE AGOSTO DE 2017

Agência Brasil - A defesa do presidente Michel Temer pediu hoje (8) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspeição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para atuar em investigação relacionada ao presidente que está em tramitação na Corte. A defesa de Temer alega que o procurador age de forma pessoal em ações contra o presidente.

O pedido foi encaminhado ao ministro Edson Fachin, relator da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), mas que teve prosseguimento suspenso por decisão da Câmara dos Deputados.

No mês passado, Janot denunciou o presidente Michel Temer ao Supremo pelo crime de corrupção passiva. A acusação está baseada nas investigações iniciadas a partir do acordo de delação premiada da JBS. O áudio da conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, um dos donos da empresa, com o presidente, em março, no Palácio do Jaburu, também é uma das provas usadas no processo.

No entanto, na semana passada, a Câmara não autorizou a abertura da ação penal. Com a decisão, a denúncia deve ficar suspensa até o fim do ano que vem, quando o presidente deixará o mandato e pode voltará a ser investigado na primeira instância da Justiça ou novamente no Supremo, se assumir algum cargo com foro privilegiado no governo federal.

(...)

Anônimo disse...

Temer desmoraliza Janot para obter mais uma vitória na segunda denúncia:

08/08/2017

Jornal GGN - Os ataques de Michel Temer contra Rodrigo Janot, procurador-geral da República e autor da denúncia contra o mandatário na Operação Lava Jato, só irão aumentar nos próximos dias. Isso porque a expectativa é que a segunda peça de acusação seja enviada à Câmara em breve.

O movimento de Temer já contou com a adesão de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, mas de forma isolada no Judiciário, enquanto que associações se mobilizam em defesa do procurador.

Por isso, o mandatário espera angariar apoio e, do outro lado, inferir sobre Rodrigo Janot, em tentativa de desmoralizar publicamente a peça e fixando a imagem de que o procurador-geral atuaria como uma perseguição ao presidente. Para a atuação, conta com o seu advogado, o criminalista Antonio Claudio Mariz, que encabeçara a briga a nível judicial.

Nesta terça, o criminalista já entrou com uma suspeição contra Janot, pedindo que o Supremo Tribunal Federal retire o inquérito de Temer. O documento assinado por Mariz argumenta que o procurador-geral seria "suspeito" para acusar o mandatário.

Apesar de, nos bastidores, o governo já admitir que o pedido não será aceito, a peça é um enfrentamento direto contra Janot e estratégia de rebaixá-lo, dentro da suposta polidez do Judiciário. Para isso, alega que já é "público e notório" que Janot "vem extrapolando em muito os seus limites constitucionais e legais inerentes ao cargo que ocupa" e que uma "evidente inimizade" faz com que a denúncia contra o presidente seja motivada por questão "pessoal".

"O seu obstinado empenho no encontro de elementos incriminadores do Presidente, claramente excessivo e fora dos padrões adequados e normais, bem como as suas declarações alegóricas e inadequadas, mostram o seu comprometimento com a responsabilização penal do presidente", alega Mariz.

De acordo com o advogado, "o senhor procurador-geral da República nutre um sentimento adverso ao presidente da República, como aquele que caracteriza uma evidente inimizade" e que Janot tenta "teimosamente" destituir Michel Temer, motivado por "dar continuidade à sua sanha de arqueiro contumaz".

PS: Essa representação é para escamotear a "obstrução de justiça"?

Anônimo disse...

Tá na cara que essa orientação partiu de Gilmar Mendes que teve um encontro reservado à noite com Temer no Jaburu, não na garagem, pois essa é privilégio de Joesley Batista.

O que espanta é a omissão do CNJ e do STF em permitir que um Ministro da Suprema Corte atue como assessor jurídico de um possível réu que mais tarde será por ele julgado.

Escândalo ou STF acovardado?

Anônimo disse...

Estamos encalacrados com estes poderes da república. Todos canallhas. Temer golpeou a Dilma pelas costas com a ajuda do Cunha. E Janot calou-se. Entre temer e Janot! Eu quero os dois na cadeia!!’

Anônimo disse...

Aprendeu com o Lulla que acusa Moro.
E tem gente que ainda acredita "nesse país"......

Anônimo disse...

TEMER E TODOS OS LULISTAS

INFILTRADOS NOS QUATRO PODERES,

QUE ESTÃO SE CRIANDO DESDE 1979,

NÃO TÊM LEGITIMIDADE PARA FAZER

QUALQUER REFORMA, DESFIGURAR A

CONSTITUIÇÃO, AUMENTAR IMPOSTOS,

TIRAR DIREITOS DO TRABALHADOR,

REMUNERAR SINDICATOS E

MOVIMENTOS BOLIVARIANOS, COMPRAR

OS OUTROS PODERES...

TUDO ISSO APENAS NUM CANETAÇO,

SEM OUVIR QUEM PAGA IMPOSTOS

COMPULSÓRIOS, POR SERVIÇOS NÃO

ENTREGUES, COMO A APOSENTADORIA DO INSS.

TEMER E HENRIQUE MEIRELLES CHANTAGEIAM, ESTÃO SEMPRE TROLLANDO A SOCIEDADE BRASILEIRA.

ESSES DOIS, SEM LEGITIMIDADE E SEM LEGALIDADE, NÃO ELEITOS, NEM MESMO ACLAMADOS PELO POVO, HOMENS GOLPISTAS E SUBMETIDOS AO CHEFE DO CRIME LULA, CHANTAGEIAM CONSTANTEMENTE A SOCIEDADE BRASILEIRA COM AMEAÇAS DE PIORAR AINDA MAIS O SOFRIMENTO DO POVO, SEM DEVOLVER O QUE ELES MESMOS ROUBARAM, DO BRASIL E DE TODOS OS TRABALHADORES BRASILEIROS, EXPLORADOS PAGADORES DA FARRA NA CORTE LULO-PETISTA, QUE CONTINUA NO PODER.
Ex: BNDES, STF, TSE, PGR, OAB...

Anônimo disse...

Não estou entendendo nada essa grita contra o aumento do IR só para salários acima de 20.000,00. Uai, o que se pretende fazer é colocar impostos sobre grandes fortunas. Porque a esquerda chia, então?

Anônimo disse...

ESTE RETARDADO DO JANOT ESTÁ LEVANDO TUDO PARA O LADO PESSOAL.INADMISSÍVEL ISSO.SÓ NO BRASIL MESMO.O CARA SE ENCARNOU NO TEMER.NO LULA NINGUÉM SE ENCARNA ASSIM.NA DILMA TAMBÉM.BANDO DE IMBECIS.

Anônimo disse...

Faz muito bem o presidente. Já passou da hora de agir contra este procurador que blindou os malfeitos re Lula e Dilma.

Anônimo disse...

Faz muito bem o presidente. Já passou da hora de agir contra este procurador que blindou os malfeitos re Lula e Dilma.

Mordaz disse...

Isto é só o começo. Até o fim de 2018 Temer acabará com a lava jato com o mesmo discurso de vítima. E com aplausos dos jornalistas pró corrupção dos "amigos"!

Unknown disse...

Com certeza!!!
A moda Gilmar Mendes, no TSE, inaugurou uma nova fase no direito brasileiro:
a da absolvição por excesso de provas!!!
Logo, quem acusa pode ser acusado!!!
No país da impunidade virou crime provar culpabilidade!!!
Acorda OAB!!! Isto sim é assunto pertinente!!!

Anônimo disse...

O STF tinha de afastar este procurador e antecipar a posse de Raquel Dodge, como bem definiu o Ministro Gilmar Mendes este senhor não tem mais o equilíbrio que o cargo exige. De qualquer forma, mesmo se não afastá-lo, graças à Deus só falta um mês para sair, o Brasil precisa do trabalho da competente e brilhante Raquel Dodge frente à PGR.