Paralisia da Assembleia do RS perpetua atrasos salariais no RS

Sem dinheiro em caixa, o governo Sartori espera pagar nesta quarta-feira a terceira parcela dos salários de julho dos servidores estaduais. O valor a ser creditado na conta dos servidores — estimado em até R$ 450.

Se pagar R$ 450,00, o total quitado até agora irá a R$ 1.550,00 para cada servidor do Executivo.

Para ajustar suas contas, o governo depende da aprovação de propostas de ajuste fiscal que a Assembleia nega-se aprovar, o que perpetua a crise financeira do Estado.

9 comentários:

Anônimo disse...

Exceto alguns parlamentares com coragem para enfrentar problemas, os demais são todos covardes e venais, olhando apenas para as galerias e mirando a próxima eleição. Tudo sob o discurso fácil e enganoso de proteger, ora os desvalidos, ora as corporações. E o eleitorado desprovido de massa crítica, ainda sufraga essa escumalha.

Anônimo disse...

O Gringão tem que chutar o balde. Esculhambar o que ainda presta e deixar terra arrasada para o PT, que certamente terá os votos do funcionalismo, na próxima eleição. Os bons são minoria, então olho por olho e dente por dente.

Unknown disse...

Errado, Políbio!!!
É a insustentabilidade fiscal que o faz!!!
O resto é perfumaria!!!
Esclarecendo:
- BandAid não serve para tratar fratura exposta;
- Aspirina não serve para tratar câncer!!!

Anônimo disse...

Primeiramente, o Governador deve ser sério e valente. Mas, o que vemos é um Governador covarde. A arrecadação do Estado não se destina a manter em dia os salários do Legislativo e do Judiciário. Trata-se de um dinheiro único. Por ser covarde, e por medo de ser preso, cumpriu a decisão do Judiciário mandando pagar o quê? O salário do Judiciário sob pena de prisão. Por quê não foi ao STF mostrar isto? Ao contrário, para se livrar da bronca, permitiu que os deputados da base e maçons detonassem o projeto do duocécimo. Baita salafrário. Covarde e mentiroso.

Anônimo disse...

Polibio
Não concordo com sua notícia.
Pois veja bem... na proposta de ajuste fiscal dos estados o governo ficaria 3 anos sem pagar as parcelas com a dívida da união.
Pois bem, esse mês ele não pagou a parcela da dívida com a união e continuou sem ter dinheiro em caixa para pagar os salários!
Logo, esse programa de ajuste fiscal não serve para o RS. Está provado que não vai tirar o estado da lama!

Anônimo disse...


Boa tarde
Bla.bla.bla.
Segue a mesma cantiga de roda.

Anônimo disse...

Desculpe-me mas mais mentiroso e covarde que nem Grilo Falante,até hoje não pisou no Piratini.
Cavaleiro Andante pelo contrário,é muito corajoso em se desgastar dessa maneira,e ainda tem ensancha para se reeleger,coisa que Tarso não conseguiu e levou um basta em todo estado.

Anônimo disse...

Assembléia está pensando no RS e nao na próxima eleição como o gringo safado.

Anônimo disse...

Assembleia é tomada por deputados interessados em resolver os próprios interesses, o RS é desconhecido. Sempre que há necessidade de resolver questões sérias se escondem e abrigam-se embaixo de asas levado consigo servidores. Privatizar, acabar com sindicatos, apadrinhados é urgente.