Artigo, Marcelo Aiquel - E agora ?

O autor é advogado, RS.

Os jornais de hoje mancheteiam o resultado da votação de ontem. Veja, ao lado, capa do Correio do Povo de hoje.

Assistindo a votação sobre o acolhimento ou não da denúncia contra o “golpista” (segundo muitos bolivarianos) Michel Temer, lembrei-me do grande poeta Carlos Drummond de Andrade e da sua incomparável obra “José”, mais conhecida como “E agora, José?”.
          
Depois da verdadeira pantomima orquestrada por um grupo de deputados, mais competentes a fazer baderna do que ter a postura digna de um parlamentar, posso comentar sobre o verdadeiro show de hipocrisia que – horrorizado – vi acontecer no plenário da outrora respeitada Câmara dos Deputados.
         
Começo pela postura vergonhosa de alguns membros da nossa Câmara Federal, citando – entre outros tantos – os petistas gaúchos Maria do Rosário, Paulo Pimenta e Henrique Fontana. Estes foram alguns que, ao lado dos tradicionais anarquistas do PSOL Chico Alencar e Ivan Valente, fizeram do plenário da Câmara um picadeiro, ao comportar-se igual às piores torcidas organizadas dos clubes de futebol – desrespeitando o ato solene aos gritos de Fora Temer, e atirando papéis picados para cima.
         
Saber encarar uma derrota com fidalguia é atributo para poucos e, certamente, estes não podem jactar-se de possuírem esta qualidade.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

10 comentários:

Anônimo disse...

OS DEPUTADOS (?) FONTANA,PIMENTA E M.DO ROSÁRIO SÃO A ESCÓRIA ELEITA POR DÉBEIS MENTAIS .
O FONTANA ENTÃO MAIS PAREÇE UM CÃO RAIVOSO . NÃO TEM ESTRUTURA MORAL, MENTAL E NEM CIVILIDADE PARA COMPOR UMA DIRETODIA DE UM CONDOMÍNIO.
É LOUCO VARRIDO,E NÃO ACREDITO QUE SEJA MEDICO. GOSTARIA DE SABER ONDE SE FORMOU PARA CASSAR O REGISTRO DA UNIVERSIDADE.
COITADO DO NOSSO BRASIL.

Anônimo disse...

E agora, passo a acreditar no que já tinha ouvido falar: a nossa única saída, infelizmente, é o aeroporto, como muitos brasileiros sérios já fizeram. Ficou aquela sensação de que, se for PT, a lei (muito certo!); se não for PT.... aí é o que vimos.

Unknown disse...

O que que é isto, Correio do Povo???
É dos Correios???

Anônimo disse...

Realmente os Petistas gritavam que eram conta a corrupção. Oras bolas ou é petista ou é contra corrupção,não dá para ser os dois ao mesmo tempo. Ou os caras eram contra a corrupção dos outros partidos?

Anônimo disse...

O congresso protegendo uma quadrilha aí não incomoda o advogado...

Anônimo disse...

Esperar postura digna desses elementos da ORCRIM do PT, é exigir demais.

- O mais hilário para não dizer trágico, é os deputados do PT, chamar os outros de corruptos.A maior quadrilha de assaltantes do dinheiro público a nível mundial. Nunca um partido roubou tanto de um povo em apenas 13 anos. Isso é PÚBLICO E NOTÓRIO..... seus elementos ou estão presos ou sendo processados. Só está faltando ser levado a uma prisão de segurança máxima, o GRANDE LÍDER, conhecido por 9dedos51.

Anônimo disse...

NÃO se deve esquecer o jornaleco ZH despejando asneiras diariariamente, mistificando e
deturpando o mundo real, fazendo o jogo do quanto pior melhor pra volta do
petismo, que faz parte do DNA desse pasquim.

ATENTO disse...

agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?
e agora, você?
você que é sem nome,
que zomba dos outros,
você que faz versos,
que ama, protesta?
e agora, José?

Está sem mulher,
está sem discurso,
está sem carinho,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?

E agora, José?
Sua doce palavra,
seu instante de febre,
sua gula e jejum,
sua biblioteca,
sua lavra de ouro,
seu terno de vidro,
sua incoerência,
seu ódio — e agora?

Com a chave na mão
quer abrir a porta,
não existe porta;
quer morrer no mar,
mas o mar secou;
quer ir para Minas,
Minas não há mais.
José, e agora?

Se você gritasse,
se você gemesse,
se você tocasse
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse...
Mas você não morre,
você é duro, José!

Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja a galope,
você marcha, José!
José, para onde?

Façanha, o advogado do povo disse...

Se dizem MARXISTAS, mas comportam-se como MOLECOTES.

Justiniano disse...

Esses deputados do PT estão atolados até o pescoço no lamaçal da corrupção e vem falar dos outros, beirando o ridículo eles que quebraram o país e que mergulhou numa crise nunca vista na história da república, se fazem de vítimas da situação.

Como diz o Magno Malta mamãe me acuda com tamanha desfaçatez e hipocrisia e como disse, se jogar uma lona vira um circo.

Fontana e Maria do Rosário queria saber o que andam bebendo ou fumando, porque são zumbis destilando fel. Internem porque é caso de hospício.