Temer protocola defesa prévia na CCJ da Câmara

O presidente Michel Temer acaba de protocolar sua defesa prévia na CCJ da Câmara dos Deputados.

CLIQUE AQUI para examinar todo o texto.
CLIQUE AQUI para examinar, também, vídeo com pronunciamento do advogado Mariz de Oliveira, na qual rebate as acusações.

5 comentários:

Anônimo disse...

Melhor o Temer do que os petraias.

Anônimo disse...

Novo vexame internacional: Merkel desmarca jantar com Temer no G-20 na Alemanha:

5 de julho de 2017 - DCM

Da coluna de Lauro Jardim no Globo:

Antes de o Palácio do Planalto ziguezaguear sobre Michel Temer ir ou não ao G-20 na Alemanha, estava acertado um jantar entre Michel Temer e Angela Merkel.

Temer havia decidido não embarcar, depois voltou atrás e disse que vai. Beleza. Mas, nesse meio tempo, perdeu a chance de posar ao lado de Merkel. A chancelaria alemã marcou outro compromisso para Merkel no horário antes reservado a Temer.

PS: Nenhum lider mundial quer aparecer na foto ao lado do traíra.

Anônimo disse...

A vez de Serra: Janot pede inquérito por R$ 20 milhões da JBS:

FERNANDO BRITO · 05/07/2017 - O Tijolaço

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a instauração de inquérito no Supremo Tribunal Federal contra o senador José Serra para investigar o crime de caixa dois. Serra, segundo a delação de Joesley Batista, teria recebido cerca de R$ 20 milhões do frigorífico – R$ 13 milhões contabilizados e quase R$ 7 milhões através de notas frias.

De acordo com Joesley Batista, diz o Estadão, Serra teria lhe procurado, na sede do grupo empresarial JBS, em São Paulo, para pedir financiamento para a disputa eleitoral presidencial de 2010.

Joesley contou em depoimento que o repasse não contabilizado foi feito com a “emissão de nota fiscal, pela LRC Eventos e Promoções, no valor de R$ 6 milhões, para simular a aquisição de um camarote de um autódromo de Fórmula 1” e de “emissão de nota fiscal, no valor de R$ 420 mil, emitida pela empresa APPM Análises e Pesquisas”.

Serra, que era acusado por receber R$ 100 mil em vinhos de luxo da Odebrecht. pode ter dado suas beliscadas na carne da JBS. Mas nada perto das mordidas nos trens do Metrô e da Fepasa, um escândalo que continua dormitando no Ministério Público de São Paulo.

PS: Só falta esse Inquérito cair no colo do GM ou do Alexandre de Moraes.

Anônimo disse...

Melhor nenhum deles.

Hafiz Ben David disse...

Foda-se a Merkel! Adoradora de petro$$$$!