Se os deputados estaduais continuarem impedindo os ajustes fiscais, o governo estadual vai quebrar de vez

Apesar de todos os ajustes feitos até agora, o Estado do RS ainda se encontra numa encruzilhada mito preocupante. Se não completar o ajuste fiscal e aderir ao Regime de Ajuste Fiscal dos Estados, numa palavra simples é isto que vai acontecer: o Estado quebra de vez e os atrasos da folha de pagamento emendarão dois meses.

Se não for assinado o novo acordo da dívida, a partir de 2018 e até o final do próximo período governamental (2022), o déficit anual médio ficará próximo a R$ 5 bilhões, acumulando um déficit no período 2018-2022 de R$ 24 bilhões. Neste total não está incluído um 13o salário que passou a ser pago com recursos do exercício seguinte e outras despesa de outros exercícios.

Os dados acima foram recolhidos pelo editor junto ao especialista em contas públicas Darcy F.C. dos Santos, que resolveu estudar o caso depois que o editor pediu-lhe números sobre dois cenários:

- 2018-2022, com adesão e sem adesão ao Regime de Ajuste Fiscal dos Estados.

O leitor perceberá claramente que os deputados estaduais que impedem a aprovação de ajustes como os da privatização ou federalização de estatais, condenam servidores públicos e a população gaúcha a uma situação de perpetuação da desgraça atual.

A  projeção feita acima, leva em conta a inflação e o PIB calculados de acordo com instituto especializado, um crescimento vegetativo da folha de pagamento de 2,5% ao ano, investimentos mínimos de 3% da receita corrente líquida e com repasse integral da inflação para a folha de pagamento. 

20 comentários:

Anônimo disse...

É O SONHO DA ESQUERDA MARXISTA/COMUNISTA (PT, PSOL, PCdoB)...

VAMOS EXPULSAR MAIS EMPRESAS DO ESTADO...EMPOBRECER CADA VEZ MAIS...QUEM VAI QUERER INVESTIR NUM ESTADO DOMINADO PELO ATRASO E PELO COMUNISMO...SÓ UM LOUCO..

ELES ADORAM POBRES...QUANTO MAIS GENTE POBRE MELHOR...ELES SÓ NAVEGAM E SOBREVIVEM DA MISÉRIA DOS OUTROS...AI EXISTE O COITADISMO..OS BOLSAS DA VIDA,
AS COTAS E O MIMI DE SEMPRE...MAS ELES QUANDO TEM ACESSO A CANETA, ADORAM NOMEAR E DAR PRIVILÉGIOS PARA ALGUNS, PARA EM TROCA CONTINUAR APOIANDO A CAUSA...MESMO ENVERGONHADOS...

Realista disse...

Esquerdista/comunista quer o caos agora para depois impor o seu tridente de ferro e fogo. A História está cheia de tais exemplos.
Essas criaturas mais desejam impor seus "ideais" que geralmente são equivocados, nunca partem de princípios, mas tem apenas objetivos diabólicos, como o que "se for para implantar o comunismo podem todas as pessoas morrerem, menos o último casal, para dar crias comunistas"
Essas criaturas são muito objetivadas e persistente, principalmente na enganação dos incautos, desinformados e de ideias abobadas, como os eleitores do lula, a do casado com a filha da sogra, do exterminador do futuro e de todos os seguidores do mal.
É a triste realidade.

Anônimo disse...

Como paulista, se tiver que pagar a conta dos gauchos vou levar uma gaucha pra minha casa. Ja tenho uma em vista.

Anônimo disse...

Governo do Estado deve atacar a sonegação e as isenções!

Anônimo disse...

Tudo isso é drama

os servidores propuseram diversos projetos para aumentar e muito a arrecadação do Estado. Perguntem aonde o (des)governo engavetou

se o Estado está falido, porque o (des)governo nega ajuda de aumento da arrecadação ??


tudo é drama para aprovar esses PLs. Se o governo estadual suspender o pagto da divida com o governo federal, não se esqueçam...a dívida continuará a crescer, será um falso alívio e uma conta maior pro próximo governo pagar!

Anônimo disse...

E quando o tiririca da serra vai "privatizar" certas empresas, que só levam o titulo de "privado" na fachada, mas vivem mamando nas tetas do governo?

Unknown disse...

O socialismo acaba quando o dinheiro dos outros chega ao fim... que assim seja e que tenhamos que cair na real na marra!!!

Anônimo disse...

Enquanto tiver está parasitagem ,nao tem jeito

Anônimo disse...

Que maravilha! É só aumentar a arrecadação. Então por que essas empresas que sonegam ou tem isenções fiscais estão quebrando e desempregando? Decerto os donos estão levando todo o dinheiro para paraísos fiscais. Aliás, segundo o sindicato dos fiscais a sonegação é maior do que o PIB. Mas eles não explicam aonde estão os produtos e serviços que deixam de pagar imposto.

Anônimo disse...

Ajustes fiscais ou botar nas costas largas do funcionalismo os problemas do caixa do governo. É sempre assim nos governos "liberais", deu problemas no caixa desconta no salário dos funcionários públicos, mas não mexe nos incentivos fiscais as grandes empresas.

Anônimo disse...

É isso deputados da ORCRIM, se a gauchada que se pensa mto politizada, eleger um governador da QUADRILHA DE ASSALTANTES DO DINHEIRO PÚBLICO, em 2019, o Rio Grande, não terá dinheiro nem para pagar a conta de luz das estatais. Até no palácio Piratini, estará a luz de vela - isso se conseguir dinheiro para pagar os fornecedores de velas.

Anônimo disse...

Vc não sabe do que fala.
Se forem revogadas as isenções muitas empresas vão embora do Estado (o que gera desemprego ); e combater a sonegação é muito fácil de falar mas de fazer são outros quinhentos.
No minimo vc é funcionário público para escrever isto.

Anônimo disse...

Ali da Farrapos ?!

Anônimo disse...

Sou funcionário publico e sei bem do que falo. Sartori só reclama e nega ajuda dos servidores. Engavetou vários projetos que foram propostos.

Anônimo disse...

Se tu não sabe, a maioria dos órgãos públicos não paga a luz, gerando prejuízo pra CEEE. A começar pela SEFAZ e Tribunais

Anônimo disse...

O estado paga sim a conta de luz a CEEE. Basta ir no portal transparência e pesquisar por credor.

Anônimo disse...

Ao idiota do paulista aí em cima. Não precisamos de São Paulo, mais saiba você(ou tu) que São Paulo só ficou grande por causa da política do café com leite. Ou seja, não é mérito. Foi época do coronelismo populista entre SP e MG.

Ultra 8 disse...

Não quebrará se esse governador medonho,chamar na justiça o governador ladrão anterior,e fazer ele devolver o que roubou do estado...

Anônimo disse...

Vamos lá deputados, ajudem os funcionários públicos a não receber. Quem sabe eles pedem pra sair e ir para a iniciativa privada...kkkkkkk

Renato Penna disse...

O problema são os juros o Estado devia em 1998,9 bilhões,até 2016 pagou 26 bilhões e deve 45,qual a causa do déficit,as estatais de energia elétrica e saneamentos devem ser do estado pois todos precisam comprar água e energia e produz bem administradas lucro e caixa ao estado.