Saiba por que você deve visitar Gramado, RS

A secretária de Turismo de Gramado, Rúbia Frizzo, enviou um texto para o blog de Caíque Marquez, Gramado, em resposta ao jornalista de São Paulo, Eduardo Vessoni, que publicou diversos pontos negativos sobre Gramado, com o título “Cinco roubadas que você deve evitar em Gramado, na Serra Gaúcha”, no site do MSN. 

Eis a defesa da secretária:

Recebemos um texto que fala sobre “Cinco roubadas que você deve evitar em Gramado, na Serra Gaúcha”. Em virtude de inúmeras manifestações de apoio que recebemos por parte da comunidade e de turistas, acreditamos que algumas considerações se fazem necessárias, não como forma de uma simples resposta, mas como uma reflexão para nossa comunidade, já que, com certeza, Gramado passa longe do texto descrito naquele relato de mau gosto.

(...)

Um escritor disse que “em todo o ser humano predomina um ou outro esses dois instintos: o instinto ativo ou positivo de oferecer hospitalidade e o instinto passivo ou negativo de aceitá-la. E cada um desses instintos é tão significativo do caráter, que pode-se muito bem dizer que a humanidade se divide em duas categorias: anfitriões e hóspedes”. Quanto a nós, continuaremos a ser anfitriões.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do documento, ponto por ponto.

32 comentários:

Anônimo disse...

Manda esse babaca fazer turismo nas favelas do Rio de Janeiro ou sentir o cheiro de mijo no centro de Salvador.
Ele deve adorar ...

Anônimo disse...

Sempre há alguma verdade em uma crítica ou uma inverdade: fato é que realmente é caro, muito cheio, trânsito muito cheio. Os gaúchos se ofendem demais com sua terra. Sou portoalegrense, nascido e moro ainda aqui. Sou gaúcho mesmo . Sempre fui a Gramado. Sempre gostei de Gramado. Meus bisavós, meus avós, meus pais , eu, meus filhos, meus irmãos, meus amigos sempre fomos a Gramado. Igual a quase todos os gaúchos. Procurem a parte de verdade na crítica. Não a parte que quiseram incutir para não irem a Gramado e ir para algum outro lugar. Não vou mais a Gramado pelo que escrevi acima. Eu e muitos amigos. Não discuto a beleza de Gramado mas troquei este destino de poucos fins de semana que posso sair há muitos anos por São Xico, Cambará do Sul, São José dos Ausentes, Bom Jesus, Nova Petrópolis, Nova Pádua, Ivoti, Dois Irmãos e muitas outras da serra gaúcha e também em SC com Lages, Urubici, Rio do Rastro, Criciuma terra do Políbio e Torres no inverno. Tem destinos demais entre RS e SC. A crítica a Gramado é porque realmente é o destino numero 1 de inverno no Brasil e em todo ano. Cada um com seu montante que possa gastar. Abraço Políbio. PS: consegui assistir o Natal Luz uma vez na vida com família em 1996 e depois nunca mais. Tive que voltar a noite para PoA e chegar na madrugada porque não tinha hotel.

Anônimo disse...

Sempre há alguma verdade em uma crítica ou uma inverdade: fato é que realmente é caro, muito cheio, trânsito muito cheio. Os gaúchos se ofendem demais com sua terra. Sou portoalegrense, nascido e moro ainda aqui. Sou gaúcho mesmo . Sempre fui a Gramado. Sempre gostei de Gramado. Meus bisavós, meus avós, meus pais , eu, meus filhos, meus irmãos, meus amigos sempre fomos a Gramado. Igual a quase todos os gaúchos. Procurem a parte de verdade na crítica. Não a parte que quiseram incutir para não irem a Gramado e ir para algum outro lugar. Não vou mais a Gramado pelo que escrevi acima. Eu e muitos amigos. Não discuto a beleza de Gramado mas troquei este destino de poucos fins de semana que posso sair há muitos anos por São Xico, Cambará do Sul, São José dos Ausentes, Bom Jesus, Nova Petrópolis, Nova Pádua, Ivoti, Dois Irmãos e muitas outras da serra gaúcha e também em SC com Lages, Urubici, Rio do Rastro, Criciuma terra do Políbio e Torres no inverno. Tem destinos demais entre RS e SC. A crítica a Gramado é porque realmente é o destino numero 1 de inverno no Brasil e em todo ano. Cada um com seu montante que possa gastar. Abraço Políbio. PS: consegui assistir o Natal Luz uma vez na vida com família em 1996 e depois nunca mais. Tive que voltar a noite para PoA e chegar na madrugada porque não tinha hotel.

Anônimo disse...

1ª Câmara do TCE-RS encaminha ao Pleno decisão sobre extinção das fundações estaduais
Data de Publicação: 26/07/2017 17:44
Foto NoticiaEm sessão da última terça-feira (25), a 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) decidiu declinar ao Pleno a análise da representação do Ministério Público de Contas (MPC) que contesta a legalidade da extinção de seis fundações estaduais.
Acompanhando o voto do relator do processo, conselheiro Cezar Miola, a 1ª Câmara decidiu que, pela relevância e complexidade do tema, há a necessidade de avaliação pelo Tribunal Pleno, órgão máximo do TCE-RS.
A representação do MPC diz respeito às Fundações: Zoobotânica do Rio Grande do Sul, de Ciência e Tecnologia (CIENTEC), de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Heuser (FEE), à Fundação Piratini, à Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH) e à Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (METROPLAN).

Anônimo disse...

Mas que é caro é caro. Exploram o turista e não o turismo. O resto é mimimi.
Joel

Anônimo disse...

NINGUEM DÁ COICE EM CACHORRO MORTO

TÁ INCOMODANDO , NÉ?

O BOQUIRROTO MAL FALANTE POR CERTO É PAU MANDADO DE QUEM SE SENTE NO PREJUIZO COM A MARAVILHA DE GRAMADO QUE DISPENSA ELOGIOS...

O SAPO INVEJOSO, EM VÃO LANÇA A SUA BABA TENTANDO APAGAR O BRILHO DAS ESTRELAS...



Anônimo disse...

Concordo, Gramado ficou uma cidade cara, velha lei da oferta e procura.
Na verdade não é mais uma cidade de turismo para quem já conhece e é daqui.
Temos vários outros lugares bons para passear.
O que não pode é querer depreciar, sabe lá com qual intenção.

Anônimo disse...

o cara pode achar o que quiser, essa foi a impressao dele sobre a cidade e é preciso respeita-la...

agora é so o que faltava as cidades se sentirem "ofendidas" e começarem a agir como um ente particular...

mais um pouco e a babaquice do escatologicamente correto vai permitir que apenas concordemos com as coisas...

e nao estamos muito longe disso nao...


Unknown disse...

Gramado pratica a banalização do turismo de consumo sem qualidade!!!

Di Roxanne disse...

COMO A INVEJA DÒI! PARIS VIVE DE TURISMO. E, NEM TUDO É TÂO MARAVILHOSO! PRINCIPALMENTE COM A IMIGRAÇÃO E O TERRORISMO< MAS TODO FRANCÊS PROCURA ENALTECER A SUA PÁTRIA. AQUI NO BRASIL JÁ NÃO CHEGA O COMUNISMO AINDA TEMOS ESSES REPORTERES QUE TENTAM DESFAZER O TRABALHO DOS OUTROS. COMO A INVEJA DÓI!! COMO A INVEJA DÒI!!!

Anônimo disse...

Tinha que ser paulista, vamos falar a verdade: paulista tem inveja de sulista (principalmente gaúchos) porque nós, ao contrário deles, temos história, temos heróis, temos uma gastronomia própria, costumes próprios, um futebol forte que não precisa da Globo e suas artimanhas pra se dar bem, os gaúchos nunca baixaram a cabeça aos "costumes" do eixo (Rio-SP), aqui não prevalece a cultura do funk, das torcidas organizadas violentas, do lixo pelas ruas, do Carnaval, da prostituição... nossa cultura é oriunda dos povos europeus e platinos, temos cidades importantes fundadas por alemães e italianos, ainda hoje temos bucólicas cidades que lembram a Europa por sua arquitetura e seu clima, e além de tudo, ainda temos o clima mais desejável por eles - o do frio e das eventuais nevadas - isso tudo gera uma frustração ao paulista que, mesmo morando no estado mais rico do país, no estado mais industrializado, não tem qualidade de vida e nem belezas naturais extraordinárias, pelo contrário, eles vivem em eterno congestionamento, suas vidas se resumem a trabalhar, ganhar dinheiro e viver estressados e a frustração aumenta ainda mais quando eles descobrem que são uma "mistura" de nordestinos com portugueses, essa eles nunca engoliram.

Por isso que o paulista gosta tanto de criticar o RS, mas sabe como é: todo inverno eles lotam nossas cidades mais frias, porque sabem que aqui, além de fazer mais frio, também há mais qualidade nas coisas!

Anônimo disse...

Ficou brava a toa.

Não diria que Gramado seja uma roubada, diria que está mais para uma facada mesmo.

Pelo preço que cobram compensa muito mais ir a Europa.

Anônimo disse...

Concordo com a Secretária de Turismo de Gramado, Sra Frizzo. Gramado e Canela são lugares privilegiados pela beleza e exuberância da natureza. Quem não desejar , não precisa provar os cafés coloniais, as galeterias, os chocolates, fondues, museus, passeios , etc.. , basta saber apreciar a paisagem da serra dos Quilombos , a beleza do Lago Negro , a cascata do Véu da Noiva... Gramado e Canela são cidades caras e turísticas , mas valem a pena . Há várias atrações gratuitas, que enchem os olhos e renovam a alma . !!! Tia Glória .

Anônimo disse...

O jornalista paulista , Sr Vessoni, conheceu, com certeza, a cidade turística de CAMPOS DO JORDÃO , em São Paulo. Igualmente linda , na Serra da Mantiqueira, com atrações semelhantes , com destaque à gastronomia , Campos do Jordão é MUITO MAIS CARA que Gramado e Canela, sendo praticamente inviável à classe média de São Paulo .!!!

Anônimo disse...

Na verdade gramado é a cidade que te faz rir...Não tem neve, estrangeiros e é a cara da breguice gaúcha ekekeke...qm tem casa em canela se diverte mto com a coxinharada de lá

Anônimo disse...

tu acha mesmo racista fdp?

Anônimo disse...

racista é tu o fdp

Anônimo disse...

pelo teu ejekeeke deves trabalhar o na volunta ou na farrapos..
Não pode ficar brabo

Anônimo disse...

Olhem pessoal..o ZE Trabalhador tem casa em Canela...vamos avisar os mano..os Cumpanheiro!

Anônimo disse...

Os preços de qualquer produto ou serviço são abusivos.

Anônimo disse...

Bela resposta,quizera várias cidades do Brasil,ter uma secretaria que defende sua terra,parabéns.
Gramado,é uma cidade linda,nunca vi um banheiro público ,como o de Gramado,é impressionante,coisa de cinema, não vou nem comentar as atrações,pois tem de todo o gosto,a Serra Gaucha como um todo é muito bonita e receptiva,turismo profissional. Mas críticos sempre existirão e o legal não é conhecer só Gramado,que tem tudo de bom,mas pode ir a Gramado,canela,garibaldi,bento,nova petropolis,etc.
O Brasil é belo,quem mora no sudeste,deveria ir a gramado,mas se for difícil,tem campos do jordão,monte verde,joanopolis,cristina,maria da fé,todas na serra da Mantiqueira e com clima gostoso,restaurantes,etc.
Também, o circuito mineral,tanto o de são Paulo,como o de Minas,no de s.paulo, tem águas de são Pedro,águas de lindoia com belo balneário,águas da prata,de águas e fontes gostossisimas,s.joão,mogi mirim,mogi guaçu,amparo,socorro,entre outras e no lado mineiro, a charmosa poços de caldas, a pequena caldas,a atraente andradas e as imperdíveis caxambu e são lourenço,além de lambari,contendas e uma queparece pintada no tempo e gostosamente parou mesmo no tempo,pois conserva casarões centenários que agora começam a serem reformados, falo de CAMBUQUIRA, cuja água mineral natural gasosa,foi considerada a segunda melhor do Mundo,so perde para a Perrier Francesa. Kambuca ou cambuquira,tem as deliciosas ruas de paralelepípedo,um parque com água mineral,onde moradores e visitantes podem tomar na fonte,realiza festival de cinema ,cafés espeiais,produção de leite,milho,artesanato e seu grande atrativo,a hospitalidade do povo mineiro, que recebe pronunciando UAI.

Anônimo disse...

evito essa regiao da serra gaucha, nao da' polibio, nao da'

Anônimo disse...

Kkkkkkkkk coitado

Sofia disse...

Que decepção hein sr Polibio!

nao basta paulista ser atacado pelos nordestinos agora vcs tb!

Onegocio msm é SP se separar e dar um pé na bunda nesse pais de merda!

Sofia disse...

PRO ANONIMO Tinha que ser paulista, vamos falar a verdade: paulista tem inveja de sulista (principalmente gaúchos) porque n...

seguinte, SP NAO SE RESUME NA CIDADE...SAO 646 MUNICIPIOS!
temos praias, serras tb

Vc nao passa de um papagaio de pirata, repete o msm mimimi do povo no norte.

#SPExit JA PRA VC!

Anônimo disse...

Prezado Anônimo "27 de julho de 2017 14:53", sou paulista e vivi no Rio Grande do Sul. Cada lugar tem suas qualidades e seus problemas. Mas creio que alguns pontos devem ser observados e comentados. Temos nossa própria história, temos nossa própria cultura, temos nossa própria gastronomia. Aliás, a história do Rio Grande do Sul começa quando os Bandeirantes Paulistas atacaram os sete povos das missões. Números são números, e os números demonstram que o futebol paulista é mais forte. Não apenas o futebol, mas também quase todos os demais esportes. Possuímos o maior número de campeões olímpicos, cinco títulos de Formula 1, 19 títulos Grand Slam de Tênis, etc. Por ai há sim a cultura do funk (lembro dos desgraçados que passavam de carro rebaixado ouvindo essa porcaria a todo momento). Sim, vocês assistem a Rede Globo. Sim, há torcidas organizadas violentas, inclusive de times menores. Sim, há lixo pelas ruas (especialmente Porto Alegre e região). Sim, há carnaval no RS. E sim, há prostituição por ai também. Aliás, grande parte das prostitutas que trabalham em São Paulo são do sul. Se ascendência européia realmente for alguma vantagem, neste quesito também estamos em vantagem. São Paulo recebeu mais imigrantes que todas as demais unidades federativas juntas. Sobre a imigração italiana, dos cerca de 1,5 de italianos que emigraram para o Brasil, 1,3 milhões fixaram-se em São Paulo. O número total de imigrantes italianos que o RS recebeu é tão grande quanto o número de imigrantes italianos que viviam em alguns bairros da capital paulista. Recebemos também imigrantes japoneses, espanhóis, alemães, portugueses, árabes, lituanos, armênios, húngaros, holandeses, americanos, russos, etc. Somos uma mistura de muitos povos, inclusive os portugueses e nordestinos citados por você. Se a sua terra não atrai gente de outros lugares, é porque ela não é tão especial quanto você pensa. Em casa onde se passa fome, não há moscas no banheiro. Somos o estado mais rico e desenvolvido. Temos a maior economia, o parque industrial mais moderno e diversificado, a maior renda per capita, o IDH mais elevado, as melhores universidades da América Latina, as melhores rodovias, o maior porto, os maiores aeroportos, os melhores hospitais, etc. Temos cidades fantásticas em nosso interior, a maior parte com um IDH mais elevado que qualquer cidade no Rio Grande do Sul. 88% das residências paulistas têm coleta de esgoto (motivo de vergonha para nós. Deveria ser 100%). No RS, esse colosso da qualidade de vida, apenas 29% dos domicílios possuem coleta de esgoto. Praias, cachoeiras, cavernas, ecoturismo, montanha... Possuímos tudo isso em São Paulo. Podemos sem sair de São Paulo curtir praia, frio de montanha, praticar esportes radicais em meio à natureza, explorar as cavernas mais lindas, e relaxar em fontes de águas termais. E para quem não quiser curtir a natureza, há muitas outras opções de atividades. Possuímos um dos maiores e melhores zoológicos do mundo, o museu de artes mais importante de todo o hemisfério sul, milhares de restaurantes (somos a capital gastronômica da América Latina), centenas de casas de espetáculos, uma sala de concertos fenomenal, casa de uma das melhores e mais respeitadas orquestras sinfônicas do mundo, dentre várias outras coisas bacanas. No Brasil, a cidade de São Paulo só perde para o Rio de Janeiro em número de turistas recebidos por ano. Nada mal para uma cidade tão sem atrativos como você desesperadamente tenta vender. Paulistas trabalham e ganham dinheiro. E é por esta razão que gostamos e podemos viajar para vários lugares, inclusive para o Sul. E você deveria agradecer de joelhos o fato de gostarmos de viajar, pois o dinheiro que os milhares de turistas paulistas deixam por ai certamente é responsável pelo sustento de milhares de famílias. Resumindo, meu caro Anônimo "27 de julho de 2017 14:53", nós, paulistas, até gostamos da terra de vocês, e é por isso que deixamos milhões de reais por ai todos os anos durante nossas férias. Mas, definitivamente, não temos motivo algum para invejá-los.

Anônimo disse...

O jornalista é catarinense e radicado noRio Grande do Sul desde jovem. Não tem nada de pauliste, nem mora lá. Lamentável festival de ignorância

Anônimo disse...

Recalque é vir p São Paulo em 32, nos trair, e 80 anos depois sermos + ricos, + desenvolvidos, com título de melhor cidade para o turismo, c uma gastronomia própria sim, pois o nordeste só descobriu SP em 32 e tinha gente aqui antes, como a minha família e apesar de td merda a fizeram contra nós, estamos por cima. A maior colônia italiana está em SP, paulista tem sangue italiano, as melhores cidades em qualidade de vida são daqui. Tenho dó d VC.

Klaus Vargas disse...

São Paulo descendente de portugueses com nordestinos? São Paulo recebeu o terceiro ou quarto maior fluxo de europeus da Américas, atrás dos EUA, Argentina e talvez o Canadá. Os nordestinos começaram a chegar em massa na década de 50, e se estabeleceram nas periferias! São Paulo capital é a única cidade no Brasil famosa por ter sotaque italianado, amigo! Os estereótipos de São Paulo seus se resumem à capital. Nosso estado tem os maiores indicadores do Brasil, enquanto o RS tem indicadores sociais (IDH) abaixo do Rio de Janeiro!

maria brasileira disse...

Sou paulista casada com gaúcho, morei por 10 anos em Porto Alegre e hoje moramos em São Paulo. Meu marido não admite a possibilidade de voltar a morar em Porto Alegre, pois sempre compara o arrojo, a pujança, dinamismo, oportunidades de trabalho dentre outras coisas e sinceramente dizer que nós paulistas invejamos é ser muito ignorante e com certeza todo esse ranço contra o povo paulista me parece que a inveja vem exatamente de quem não suporta receber qualquer tipo de crítica!Se sentem acima do bem e do mal! Se acham perfeitos demais para receberem qualquer tipo de crítica e refletirem sobre! Em muitos aspectos ainda vivem na Idade Média!

Klaus Vargas disse...

Outra coisa, a imigração de europeus para o Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo foram obra de Dom Pedro II. Em São Paulo, o grosso da imigração foi obra dos próprios paulistas e não do governo central (como sempre aconteceu por aqui), chamando gente para o café.

Anônimo disse...

A imigração europeia em SP foi para preencher a mão de obra cafeeira, no RS foi para colonizar e fundar cidades, tanto que as cidades mais italianas da América Latina estão no RS: Antônio Prado, a mais italiana; Bento Gonçalves, a capital do vinho; Garibaldi; a capital do espumante; Carlos Barbosa, a capital do queijo... os supostos italianos em SP são apenas um pingo d'agua no meio de milhões de imigrantes nordestinos e sul-americanos. No RS existem mais de vinte cidades cujo idioma oficial é, junto do português, o italiano. A maior Festa Italiana da América do Sul está aqui: Festa da Uva, de Caxias do Sul. Há até um clube de futebol fundado por italianos: Juventude, que, mesmo sem receber a mesma ajuda financeira (e a amizade dos árbitros) que os clubes paulistas recebem, conseguiu conquistar títulos nacionais.

Quem quer se setor na Itália ou na Alemanha, vai para o interior gaúcho: lá não há apenas o sotaque, há também as montanas, os vales, os vinhedos, a arquitetura, o vinho premiado internacionalmente e a neve esporadicamente.

SP é uma mistura dos problemas do Nordeste com a pujança econômica dos EUA, de europeu não há nada lá, as cidades do interior gaúcho, até as mais pequenas, têm mais charme e história que muitas de SP, que só vivem de aparência.