Raquel Dodge, substituta de Janot, será sabatinada as 10h no Senado

Raquel Dodge, indicada pelo presidente Michel Temer como nova procuradora-geral da República no lugar de Rodrigo Janot, será sabatinada nesta quarta-feira  na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado a partir das 10h. Pelo menos oito dos 27 titulares do colegiado que vão questioná-la ao longo do dia são investigados na Operação Lava-Jato.


Entre os suplentes, 13 dos 25 senadores respondem a inquérito no Supremo Tribunal Federal.

4 comentários:

Anônimo disse...

Não vejo hora desse Janot que foi condescendente com Lula e Dilma sair e a competente Raquel Dodge assumir a PGR.

Anônimo disse...

Sabatinada para quê? tudo cartas marcadas no senado para ser a próxima Engavetadora Geral da República dos processos dos graves crimes do Temer e sua quadrilha, assim como foi o Geraldo Brindeiro na privataria tucana do FHC!!!!

Anônimo disse...

Um completo non sense. A futura PGR será sabatinada por um grande número de criminosos .!!!

Anônimo disse...

Se os senadores cumprissem sua função tratariam de passar a candidata por um moedor de carne, como acontece nos EUA. Pessoalmente eu aprovo sua indicação ao cargo, mas temos que conhecer toda a sua história e pensamento. Caso agissem corretamente estaríamos livres do Fachin, Fux, Lewandowski, Rosa Weber, Toffoli et caterva. A reputação do STF seria bem melhor.