Padilha avisa que governo não tem pressa no Caso Temer

O ministro Eliseu Padilha voltou a dizer ontem a noite que votar a denúncia contra Temer não é problema da base aliada.

Para votar, o plenário precisa da presença de 342 deputados, mas a oposição não conta com este número de parlamentares.

A estratégia do governo é matar na CCJ todas as anunciadas próximas denúncias da PGR.

3 comentários:

Mordaz disse...

O amigo do Políbio já estaria com o juiz Sérgio Moro não fosse a obstrução de justiça pela sua nomeação por Temer. Aí pode. É da Turma dos corruptos históricos do PMDB.

Anônimo disse...

temer ficA ATE 2018

Anônimo disse...

esse eliseu quadrilha é phoda, roubando a decadas....e com maior apoioooooo do blogueiro.