Materiais de construção venderam 1,4% mais em junho

As vendas da indústria de materiais de construção avançaram 1,4% entre maio e junho, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) e dessazonalizados pelos economistas doDepec-Bradesco, conforme soube estas manhã o editor.

Esse desempenho positivo foi influenciado pelo segmento de materiais de acabamento, cujas vendas subiram 2,2% na mesma base de comparação. Já os materiais de base recuaram 1,3% em junho. A despeito da alta em junho, as vendas recuaram 5,4% na comparação inter-anual, acumulando queda de 7,1% no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2016. 

Esses resultados ainda fracos do setor têm refletido a moderação do consumo das famílias e, em especial, da atividade da construção – considerando infraestrutura e segmento imobiliário.

Um comentário:

Anônimo disse...

O correto é MATERIAL DE CONSTRUÇÃO. A palavra MATERIAL já indica coletivo e plural. Não existe MATERIAIS, portanto, embora toda a imprensa use erroneamente. Consulte o dicionário e comprove.