Governo já tem maioria na CCJ para derrubar o relatório e rejeitar a denúncia contra Temer

Brasília, WhatsApp

O governo garantiu quorum para a sessão das 14h30min na qual o relator Sérgio Zveiter falará sobre a admissibilidade da ação intentada contra Temer no STF.

São necessários 34 dos 66 deputados e já há garantia sobre o quorum. A oposição e seus aliados eventuais, inclusive da base, tentarão evitar o quorum, mas não conseguirão.

Ontem a noite, Temer reuniu-se com quatro ministros, oito deputados das lideranças e seu advogado Mariz de Oliveira, tudo para traçar a estratégia para esta jornada na CCJ.

Foram horas de intensos contatos.

O governo está convencido de que já tem 39 votos do total de 66, mas acha que poderá chegar as 41.

Temer e seus líderes estão convencidos de que o relator decidirá pela dmissibilidade, mas estão preparados para derrubar tudo e aprovar relatório novo, já em confecção.

Se tudo acontecer como está programado, a votação na CCJ ocorrerá na quarta-feira.

2 comentários:

Anônimo disse...

Ótimo! O Brasil não pode parar por causa de politicagem desses golpistas.

Anônimo disse...

Pau nelles Temer...