FMI projeta maior crescimento do PIB do Brasil em 2017

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revisou, de 0,2% para 0,3% a projeção de crescimento da economia brasileira para este ano. A estimativa faz parte do mais recente relatório “Perspectivas Econômicas Globais” (WEO, na sigla em inglês), divulgado nesta segunda-feira. Já para 2018, o organismo reviu o cálculo para baixo: a previsão passou de alta de 1,7% para elevação de 1,3%. A última versão do WEO havia sido divulgada em abril.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou, também, levemente, o crescimento econômico da América Latina e Caribe para 2017 e 2018 e vincula a recuperação da atividade econômica à saída de Brasil e Argentina da recessão


A instituição financeira calcula que América Latina e Caribe crescerão em conjunto 1% em 2017 e 1,9% em 2018, cálculo que é 0,1% inferior, em ambos os casos, ao previsto há três meses.

Um comentário:

Anônimo disse...

E só não vai crescer porque temos o Temer & CIA para nós governar. E antes que algum mortadela fale alguma coisa, lembrando que o país está crescendo justamente porque tiraram a Dilma (assim o investidor recuperou um pouco a fé no mesmo) e se o Lula ganhar em 2018 daí vocês irão ver o Brasil encolher a um nível "nunca visto antes na história desse país".