É inaceitável a redução de floresta do Jamanxim. Ela seria a maior da história

Área da reserva, desmatada criminosamente por grileiros bandidos. A foto é do Green Peace.

Pesquisador da Universidade Federal de Pernambuco que analisou todas as mudanças em áreas protegidas desde 1981 diz que corte proposto de floresta nacional do Pará para atender grilagem é inédito na dimensão e no objetivo.

A proposta que acaba de protocolar no Congresso o presidente Michel Temer de cortar 486 mil hectares da Floresta Nacional do Jamanxim (PA) para atender a ocupantes que, em sua imensa maioria, entraram na área protegida depois de sua criação é inédita na dimensão e no objetivo. Nunca uma área tão grande de uma unidade de conservação foi desprotegida pelo governo federal. E nunca antes isso aconteceu para benefício de grileiros.

Quem diz é o ecólogo Enrico Bernard, professor da Universidade Federal de Pernambuco.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

9 comentários:

Anônimo disse...

q bobagem, la tem terra q nao acba +

Alberto disse...

Triste o que fazem com a natureza no Brasil. Depois não sabem porque o tempo está 'louco', chuvas irregulares, calorão, aumento de doenças. Aqui no 'glorioso' RS não é diferente: cidades crescendo demais, árvores sendo cortadas e não replantadas, rios/arroios sujos, pouca indignação da população. Até Gramado/Canela, onde o verde é cartão postal, se renderam às construções sem limites. Precisamos reverter esse quadro onde poucos enchem os bolsos para sofrimento de muitos.

Anônimo disse...

Lula, Dilma e Temer são um governo só.

Temer, vice-presidente escolhido por Lula e pelo PT, não poderia prestar!

É só podridão
Vindo do Luladrão!

Imaginem o budum no banheiro usado por Luladrão??

QUE NOJO DESTA VELHARIA CANALHA!

Velhos e rancorosos

São as criaturas mais malvadas do mundo, a soma do mal acumulado!

Não é à toa que esses políticos ditadores morrem de câncer.

O maldade envenena o portador, donde se origina o câncer!

Vide Hugo Chaves, Lula, Dilma, Pezão, ex-ministras de Dilma, e vários outros cânceres que ainda não se manifestaram.

AINDA!!!

Anônimo disse...

Por favor Polibio. Corrija o título, inserindo a letra R em "edição"! Concordo com o conteúdo do texto....se tem muita terra, logo podemos preservar a reserva!

Luiz Antônio disse...

Seria interessante também ouvir a opinião dos habitantes da área em questão, não apenas a versão dos ambientalistas.
O crime aí não é contra o meio ambiente, mas sim, contra a população residente.

Anônimo disse...

O Temer derrubou toda a floresta Amazônica, poluiu a bahia da Guanabara os rios Tiete e Doce. Que sujeito maligno, em um ano já comtribuiu para o derretimo da calota polar.

Anônimo disse...

Neste país não faltam Leis. O problema é que elas não são cumpridas e os responsáveis pela fiscalização são chegados num jabá. Por se tratar de Região Amazônica, é obrigatório preservar 80% da área concedida. Logo, faria pouca diferença. Acontece que se está premiando grileiros de terra, que são verdadeiros predadores. O agronegócio se faz com respeito às Leis e é de interesse dos empresários do ramo, salvo raras exceções, a preservação de seus meios economicos.É preciso separar o joio do trigo e criminalizar estes grileiros lesa-pátrias.

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Ou derrubamos esse velho idiota e vaidoso ou ele termina com nosso país.

Anônimo disse...

Vai te queixar para o traira/PMDB ou o governador de Pernambuco/PSB outro traíra.

Perguntar não ofende: Onde está p MP/MPF tão rigorosos na fiscalização ininterrupta contra os governos do PT lula e dilma?