Artigo, Mary Zaidan, O Globo - De rabo preso com Maduro

Gente que dorme e acorda na porta dos mercados para comprar comida que acaba antes de a fila andar. Falta de remédios, ataduras e até de soro fisiológico. Famílias que vasculham lixos e assam animais de estimação para servir no jantar. Mais de uma centena de mortos pela repressão em manifestações contra o governo. Essa é a Venezuela, cujo regime e seu ditador, Nicolás Maduro, receberam apoio incondicional do PT e PCdoB, e parcial do PDT, signatários da resolução final da 23ª reunião do Foro São Paulo, realizada na Nicarágua.

A solidariedade ao regime totalitário de Maduro, expressa em viva voz pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffman, há uma semana, na abertura do Foro, causa repulsa diante da tragédia humanitária do país vizinho. Tão grave que não comporta qualquer tipo de defesa ideológica.

E, ao que tudo indica, ideologia está longe de ser de fato a inspiração para as falas.

CLIQUE AQUI para ler mais.

9 comentários:

Anônimo disse...

JOESLEY DIZ TER RENASCIDO APÓS DELATAR TEMER E AÉCIO

Em artigo, o empresário faz um relato 67 dias e noites após ter feito acordo de delação premiada, em que entregou, no âmbito da Lava Jato, Michel Temer, Aécio Neves e diversos outros políticos no esquema de corrupção do qual participava a JBS e pelo qual terá de pagar uma multa de R$ 10,3 bilhões; "Senti-me um novo ser humano, com valores, entendimento e coragem para romper com elos inimagináveis da corrupção praticada pelas maiores autoridades do nosso país", escreve; ele rebate "mentiras e folclores em série" divulgados contra ele e chama de "completo absurdo" a divulgação na TV de imagens de sua família deixando o País, "como se estivéssemos fugindo".

23 DE JULHO DE 2017

247 - O empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo JBS, define como 'o dia do seu renascimento" a data de 17 de maio de 2017, dia em que "vazou para a imprensa o conteúdo do acordo de colaboração premiada que havíamos assinado com a Procuradoria-Geral da República". "Confesso que minha reação foi de medo, preocupação e angústia", diz ele.

Em artigo publicado na Folha de S.Paulo neste domingo 23, Joesley faz um relato dos 67 dias e noites após ter feito acordo de delação premiada, em que entregou, no âmbito da Lava Jato, Michel Temer, Aécio Neves e diversos outros políticos no esquema de corrupção do qual participava a JBS e pelo qual terá de pagar uma multa de R$ 10,3 bilhões.

"Senti-me um novo ser humano, com valores, entendimento e coragem para romper com elos inimagináveis da corrupção praticada pelas maiores autoridades do nosso país", escreve. Ele rebate o que chama de "mentiras e folclores em série" divulgados contra ele na imprensa e chama de "completo absurdo" a exibição na TV de imagens de sua família deixando o País, "como se estivéssemos fugindo".

Anônimo disse...

Dois proto-ditadores, demagogos, e ignorantes assumidos.

Anônimo disse...

Na reunião do Foro de São Paulo ,na NICARAGUA, a esquerdalha , inclusive o PT , prestou todo apoio ao ditador MADURO, da VENEZUELA, conclamando a esquerda latina a dar suporte para o que chamou de " Batalha da Venezuela" , ignorando os 100 mortos pela repressão e o calvário por que passa o povo venezuelano , contrário a MADURO .!!!

Anônimo disse...

Quem planta vento, colhe tempestades! Qualquer coisa ruim que ocorra com esta
nociva figura não será de estranhar!

Anônimo disse...

O que esperar dessa quadrilha de esquerda...??? eles agem assim em todo o mundo. Qdo assumem o poder, levam um país à falência, qdo não levam tb a uma guerra civil. O Brasil depois de 13(treze) anos de governo ladrão do PT, está nessa situação caótica, econômica, política e social.

- Desarmaram a população para diminuir a criminalidade, qdo pelo contrário ela aumentou enormemente.

- Agora mesmo um deputado do PT(partido das trevas e do trambique), está propondo DESARMAR AS PMs para diminuir o número de mortes nos confrontos com a polícia.

Anônimo disse...

QUE HORROR! FHC FINANCIOU CUBA E VENEZUELA!!!

29 de janeiro de 2014 - Fernando Brito - O Tijolaço

O PSDB não dá para ser levado a sério. Perdeu completamente qualquer compostura e racionalidade na hora de criticar o governo Dilma.

Só não é exposto ao ridículo porque a mídia brasileira também é ridícula e simplesmente repete o que as “notas oficiais”aecistas publicam no site do partido.

Depois do “mico aéreo” e do “mico da conta do restaurante”, agora o PSDB parte para o “mico cubano”, publicando – com farta reprodução nos jornais - um comunicado em que critica os empréstimos do BNDES às obras do porto de Mariel, em cuba e diz que os “recursos que vão para a ilha da ditadura castrista – e também para a Venezuela chavista e para outros países, notadamente os ideologicamente alinhados – são os mesmos que faltam para obras estruturantes no Brasil, em especial as de mobilidade urbana nas nossas metrópoles.”

Ontem eu tratei a sério disso, aqui, mostrando que o dinheiro é emprestado – tem sido pago em dia – para aquisições de mercadorias e serviços no Brasil.

Mas tem limite a cara de pau. Qualquer dia eu vou começar a imprimir e guardar as notícias das coisas que o governo tucano fazia e a posição “indignada” do PSDB sobre as mesmas coisas no governo petista.

E esta é uma delas.
Fernando Henrique diretamente e o BNDES, sob seu comando fizeram empréstimos a Cuba, aliás muito corretamente.

Aqui está o memorando de entendimento entre Brasil e Cuba para financiar a compra de alimentos com recursos orçamentários – reparem, orçamentários, diretamente da União – através do Proex (leia-se Banco do Brasil) em US$ 15 milhões, firmado em 1998.

Mas foi comida, aí era humantário? E o que dizem do financiamento a ônibus de turismo para a ilha de Fidel, como está consignado norelatório de atividades do BNDES do ano de 2000?
“(…)o apoio do BNDES a exportações de ônibus de turismo e urbanos para Cuba somou cerca de US$ 28 milhões. Cabe destacar o financiamento concedido para a aquisição de 125 ônibus Busscar com mecânica Volvo, utilizados na dinamização da atividade turística desse país, no valor total de US$ 15 milhões”
Mas teve também para a “Venezuela chavista” de que fala a nota do PSDB:

“Projeto da Linha IV do Metrô de Caracas (Construtora Norberto Odebrecht S.A.) – Construção do primeiro trecho, com extensão de 5,5 km. O investimento total do projeto soma US$ 183 milhões, sendo o financiamento do BNDES de US$ 107,5 milhões, correspondentes a 100% das exportações brasileiras de bens e serviços e ao seguro de crédito às exportações.”
Uai, igualzinho ao Porto de Mariel? E com a mesma empreiteira, a Odebrecht? (...)

PS: Lula e Dilma apenas continuaram a politica de boa vizinhança iniciada pelo PSDB, do FHC, aécio, Alkmin, Dória, Serra...

Anônimo disse...

Sinceramente esses esquerdistas chegaram no ponto de ser apenas "drones guiados". Defender Joesley Batista é o fim da picada.

Anônimo disse...

OLHA UM ESQUERDISTA IGNORANTE DESCOBRINDO QUE FHC PASDB ETC SÃO DE ESQUERDA... MAS COMUNISTA É BURRO MESMO HAHAHA

Anônimo disse...

Tribunal solta filho de desembargadora preso com 130 quilos de maconha, arma e munições:

23 de julho de 2017 - DCM

Do blog do Ancelmo Goes, no O Globo:

O plantão judiciário do TJ-MS, sexta passada, soltou Breno Fernando Solon Borges, 37 anos, preso com 130 quilos de maconha, 199 munições de fuzil calibre 762 e uma pistola nove milímetros. Contra ele, havia dois mandados de prisão, que foram suspensos pela Justiça.

Breno vem a ser filho da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, presidente do Tribunal Regional Eleitoral e integrante do Pleno do TJ do Mato Grosso do Sul. Que coisa, não?

PS1: A lei é para todos. (pausa para risos (ou vômito), ou seja, a Lei é para os 4Ps (preto, pobre, put..e petista);

PS2: Como diz o meme: " A Justiça não é cega: é burguesa e racista".