Artigo, Clovis Rossi, Folha - Venezuela: uma ditadura bem ali na esquina

A Venezuela deu neste domingo o passo final para a instalação de uma ditadura.

Foi "despacito", para citar um sucesso mundial. Hugo Chávez foi comendo a democracia pelas bordas, pouco a pouco, mas preservou ao menos o centro do prato, na forma de eleições razoavelmente livres.

Sabia que podia ganhá-las porque a bonança petrolífera lhe assegurava recursos para programas sociais que fizeram com que os pobres, pela primeira vez na história venezuelana, sentissem a presença do Estado. Na década passada, que foi a década chavista, entrou nos cofres públicos a impressionante soma de US$ 1 trilhão, o que equivale a quase 2/3 do PIB brasileiro atual.

É verdade que parte importante desse dinheiro foi desviada pela corrupção, mas a maior parte foi mesmo para programas sociais –o suficiente para que ainda hoje, em meio a uma devastadora crise, 53% dos venezuelanos tenham opinião favorável de Chávez, segundo o respeitado instituto Datanalisis.

Quando o maná do petróleo secou, foi ruindo toda a construção dita bolivariana, para o que contribuiu enormemente a escolha por Chávez de um total incompetente para substituí-lo.

CLIQUE AQUI para ler mais.

12 comentários:

Anônimo disse...

O artigo do petista mostra que o pt está rachado pq a própria presidentE do partido apoia Maduro.

Anônimo disse...

Aleluia, irmão!!

Até a esquerda cínica começou a admitir que a Venezuela (tal como a China) é uma ditadura. Clóvis Rossi, do conselho editorial da Fôia, não consegue mais enganar os fatos. Assim mesmo, em suas palavras ele é tolerante com a ditadura venezuelana e se refere a Hugo Chávez como uma figura aceitável e ainda aprovado pela população, "segundo o respeitado instituto Datanalisis" (quem é este instituto?).

O articulista da Fôia omite que a Venezuela é uma ditadura não de agora, mas há pelo menos uns dez anos. Que o país é um narco-estado, dominado por parte do exército venezuelano em conluio com as Farc. Que a última palavra em qualquer decisão política é dada por Raul Castro. Que o N. Maduro foi formado como revolucionário em Cuba e que é um fantoche das decisões tomadas pelo Foro de São Paulo. Que a Venezuela tem a maior reserva mundial de petróleo e de gás natural e que o maná do petróleo não secou, mas que o caos econômico implantado é que impede a produção normal.

Como leitor assíduo do seu blog, quero sugerir e pedir a V., respeitosamente, que a cada dez artigos que V. republica desta turma alinhada com a esquerda, seja republicado um só, unzinho só artigo de autores como o Olavo de Carvalho ou do Aluizio Amorim, para que seja mostrada a realidade dos fatos que são omitidos pela "sinistra".

Anônimo disse...

os jornalisas comunistas estao saindo de fininho do ex-sonho, e agora pesadelo, chavista...

varios estao produzindo textos se disfarçando de democratas...

vao pro lado de la, pro lado da ditadura de esquerda que voces adularam e endeusaram durante todos esses anos...

nao queremos voces do nosso lado, porque sempre fomos contra esses tiranos carniceiros...

Justiniano disse...

Será que o pederasta e amante de Chavez, vai destruir a Venezuela tal como fazem com as cidades da Síria, que não sobra pedra sobre pedra. Somente em Roraima estimam mais de 30 mil venezuelanos e cada vez vem mais. Salário mínimo brasileiro é considerado por eles uma fortuna, vejam a merda que estão.

Unknown disse...

Maduro, o Podre, tem que sentar na DitaDURA!!!

Anônimo disse...


Coisa de petralha; maná do petróleo, a papinha a ser servida pelo papai estado aos seus habitantes imbecilizados

Anônimo disse...

Ditadura? O cara não foi eleito. Se a população não gostou do governo maduro, na próxima eleição elejam outro candidato.

Anônimo disse...

MAIS UM TEXTO NOJENTO, DE QUEM COMPARA UMA DITADURA COMO A BRASILEIRA, COM AMPLA LIBERDADE ECONOMICA, POLITICA COM DITADURA COMUNISTA!

Anônimo disse...



De fato, parece que a fsp sentiu que o caldo entornou!!!
É preciso avisar também o tal Andrei do El País e o tal kiko, com matérias também transcritas pelo editor!!

Anônimo disse...

MORTE AOS PORCOS COMUNO/PETISTAS!!! VAMOS ELEGER BOLSONARO E EXTERMINAR TODA A COMUNA BRASILEIRA! VIVA O BRASIL

Anônimo disse...

Faz muito, mas muito tempo que não lia esse comunista da Foia. Tive o desprazer de ler hoje, porque o Editor teima em dar espaço para trastes como esse.
"É verdade que parte importante desse dinheiro foi desviada pela corrupção, mas a maior parte foi mesmo para programas sociais –o suficiente para que ainda hoje, em meio a uma devastadora crise, 53% dos venezuelanos tenham opinião favorável de Chávez, segundo o respeitado instituto Datanalisis." Vaselina, sempre opõe à crítica um elogio, atitude típica dos pusilânimes, tentando dourar a pílula, para agradar seus leitores petralhas. Instituo Datanalisis? Deve ser do tipo do Datafolha, instituto mantido pela Folha de S. Paulo, jornal de esquerda do qual faz parte como membro do Conselho Editorial.
Anônilo das 10:41 fez excelente sugestão ao Editor, para que publique textos de Olavo de Carvalho, Aluízio Amorim e tantos outros jornalistas de direita, liberais, em contraponto aos socialistas e comunistas aos quais dá generoso espaço.

Anônimo disse...

EXCLUSIVO: Os documentos do Exército pedindo a expulsão de Bolsonaro da Escola de Oficiais após plano terrorista:

31 de julho de 2017 - DCM

Dos 11 inquéritos, ações penais, mandados de injunção e petições sobre o deputado federal Jair Bolsonaro que estão ou já passaram pelo Supremo Tribunal Federal (STF), nenhum foi mais explosivo e preocupante para suas pretensões políticas do que o julgamento no dia 16 de junho de 1988 no Superior Tribunal Militar (STM).

Bolsonaro era acusado de transgressão grave ao Regulamento Disciplinar do Exército (RDE). Ele dera entrevista e publicou artigo na revista Veja, em 1986, com comentários nada amigáveis ao governo federal.

Também planejou ações terroristas. Iria explodir bombas em quartéis do Exército e outros locais do Rio de Janeiro, como na principal adutora de água da capital fluminense, para demonstrar insatisfação sobre índice de reajuste salarial do Exército.

Diz o relatório secreto do Centro de Inteligência do Exército (CIE), nº 394, de 1990, com 96 páginas, ao qual o DCM teve acesso, e que são publicados pela primeira vez (veja abaixo):

“Punido por ter elaborado e feito publicar, em uma revista semanal, de tiragem nacional, sem conhecimento e autorização de seus superiores, artigo em que tece comentários sobre a política de remuneração do pessoal civil e militar da União: ter abordado aspectos da política econômica e financeira fora de sua esfera de atribuição e sem possuir um nível de conhecimento global que lhe facultasse a correta análise; por ter sido indiscreto na abordagem de assuntos de caráter oficial, comprometendo a disciplina; por ter censurado a política governamental; por ter ferido a ética, gerando clima de inquietação no âmbito da OM (Organização Militar) e da Força e por ter contribuído para prejudicar o excelente conceito da tropa paraquedista no âmbito do Exército e da Nação (NR 63, 65, 66, 68 e 106 do anexo I, com agravantes do NR 2 e letra “C” NR 6 do artigo 18, tudo do RDE, fica preso por 15 (quinze) dias”.

O ato grave de indisciplina provocado por verborragia sua e de sua esposa, que falou à repórter da Veja sobre o plano de explodir bombas, culminou em 15 dias de cadeia para o então capitão. Mas só. (...)

PS1: Ou seja, Boçalnato passou a vida toda mamando nas tetas do estado. Antes no exército e a partir de 88 como político, quando se elegeu vereador. É um sanguessuga e quem gosta dele tem problemas mentais.

PS2: Falando em mamador é incrível como tem 'liberal' sugando o estado brasileiro quando poderiam usar de seus dotes capitalistas abrir uma empresa e ficar rico do dia pra noite.