Tribunal de Justiça do RS, mau homorado, decide que Danilo Gentili não pode limpar o traseiro com citações de Maria do Rosário

Tão mau humorado quanto a petista, o desembargador resolveu censurar o humorista. ARI, ABI e Sindicato dos Jornalistas ainda não se manifestaram.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul decidiu que o humorista Danilo Gentili não pode mais limpar o traseiro com reclamações da deputada Maria do Rosário, PT.

Rosário tem sido alvo frequente de piadas, mas elas não são da lavra apenasa de Danilo Gentili.

O desembargador Túlio Martins, em decisão monocrática, não gostou da brincadeira de Gentili e determinou a retirada imediata do vídeo veiculado no Twitter, YouTube e Facebook com as provocações proferidas pelo comediante e apresentador de TV Danilo Gentili à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).


De acordo com o desembargador Túlio de Oliveira Martins, "o vídeo veiculado é de natureza misógina, representando agressão despropositada a uma parlamentar e às instituições, materializando-se virtualmente em crime que, se for o caso, deverá ser apurado em instância própria".