Tarso para Moro: "Todos os partidos recebem doações não contabilizadas"

O ex-ministro e ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT) disse ao juiz Sérgio Moro, nesta segunda-feira, que todos os partidos já receberam algum tipo de doação não contabilizada para campanhas eleitorais. Genro prestou depoimento na condição de testemunha de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é acusado de ter recebido propina da Odebrecht.

"Todos os partidos na história do país, na história republicana e democrática do país receberam doações não contabilizadas. A forma com que essas doações são feitas, se tem origem criminosa ou não, é outra questão. Se ela tem origem criminosa, é um delito previsto no Código Penal, através de um sistema de corrupção que envolva órgãos públicos. Se não, é crime eleitoral. Essa é minha opinião", disse Genro ao responder uma pergunta da procuradora Isabel Cristina Groba Vieira.

Tarso foi ouvido por videoconferência pelo juiz, na sede da Justiça Federal em Porto Alegre. Além das perguntas da procuradora, ele respondeu apenas às perguntas feitas pela defesa de Lula. Nem Moro, nem os demais advogados fizeram outras perguntas ao ex-ministro.

CLIQUE AQUI para ler toda reportagem sobre o depoimento de Tarso no portal G1.

10 comentários:

Anônimo disse...

nossa, é impressão minha ou ingrato genro petista, o poeta dos péssimos versos, tentou dar uma aula de Direito ao juiz Moro?

não se enxerga mesmo...

Cap Caverna disse...

Esse tal de Tarso Genro, só por ser petista, já deveria estar preso, mas se tentar falara demais, fazer demagogia, como é de seu costume, pode acabar sendo processado, pois tem um passado, presente e futuro, negros!

Anônimo disse...

E não é verdade? Ou o editor e os coxinhas acham que só o PT usa Caixa 2? Em recente palestra em off um certo Secretário da Fazenda do RS foi flagrado em "audio" dizendo a mesma coisa. O Dep Moralista de Plantão, Onix, do DEMOs disse a mesma coisa. Tem empresário que aceita doar para campanha eleitoral, mas só por caixa 2 ou meia a meio por causo do fisco ou por medo de ser perseguido se o outro candidato ganhar. Como que um politico no Estado ou municipio que recebe dinheiro do diretório nacional do Partido que ele apoia é CX 2 ou CX 1? Se for Caixa 2 e mesmo assim ele registra no TRE como doação é crime ou não é?

Como isso vai ser resolvido ninguém sabe, só se sabe que é uma das chagas principais das campanhas eleitorais.

Mordaz disse...

É o mesmo que dizer que tem muitos ladrões no país. Isto não torna o roubo legal.

Anônimo disse...

Políbio,

O poeta de mão cheia deveria mostrar suas habilidades manuais ........

Anônimo disse...

o tarsso esqueceu de tocar no assunto clube da cidadania

Anônimo disse...

Esse doutor tarso deveria contar a sua história de auto-exilado em Rivera...Deveria contar também como e por que motivo foi aspirante R2 do EB, em vista de seu notório desprezo aos militares!!!

Anônimo disse...

jogatina, trafico, bigeato, prostituiçao, trafico de mulheres tudo ai e mais um poco, lavagem de $$$ no uruguai, o que???? o moro ja sabe tambem????

Anônimo disse...

CABRA SAFADO

Anônimo disse...

Todos os partidos praticamente envolvidos em negócios nefastos que prejudicam a nós povo brasileiro PT PMDB PP PSDB E TANTOS PES QUE PRECISAMOS UMA ELEIÇÃO GERAL ATE O FIM DO ANO PRA PRESIDENTE SENADOR DEPUTADO FEDERAL .
MAS COMO SAI CARO PARA O PAÍS É O NEGÓCIO É METEREM E SAQUEARAM O PAÍS ATÉ QUANDO NÓS ACEITAREMOS CALDOS ISSO ???