STF decide o futuro da Lava Jato ao examinar hoje o acordo de delação premiada da JBS

Hoje, no STF, não é só a negociação da JBS que está em jogo. Uma revisão neste caso colocaria em xeque novas tratativas, minando a segurança jurídica em torno de instrumento vital para a Lava Jato.

As decisões de ontem do STF sobre o caso do senador Aécio Neves (leia nota abaixo) são um mau indicio do que fará a Corte, hoje, ao examinar o pedido do relator da Lava Jato para que o pleno decida sobre o acordo de delação premiada que fechou com a JBS.

Ontem a maioria dos ministros aliviou as condições de prisão da irmã do senador tucano,Andreia, e adiou a decisão de prender o senador.Foram dois benefícios concedidos a Aécio.

Hoje, o STF poderá dar um golpe mortal na Lava Jato.

Pelas contas da Folha de S. Paulo, “Edson Fachin será mantido relator da delação da JBS no Supremo, mas corre sério risco de ver a corte abrir caminho para modificar os termos do acordo que ele homologou com a empresa (…).

8 comentários:

Anônimo disse...

Sempre que colocam como perigo para a Lavajato, protejendo a democracia/justiça/povo/trabalhador, que foi golpe, que o culpado é o FHC/Aécio/Temer pode desconfiar que tem 9 dedos mexendo este angu. No final quem se ferra é o povo.

Anônimo disse...

A revisão do acordo criminoso perpetuado contra o povo brasileiro significa o fim das inscrições, bobagem repetida pelos fanáticos lavajatistas. O acordo lesivo aos brasileiros deve ser anulado e os irmãos Batistas presos imediatamente, sendo que o que foi delatado continua valendo para as investigações. Janot e Fachin devem ser investigados e punidos caso confirmado seus crimes na conspiração.

Anônimo disse...

Todos os acordos criminosos patrocinados pelos petralhas Fachin e Janot não podem ser anulados? Bobagem dos fantásticos lavafatistas.

Anônimo disse...

Janot esta fazendo o jogo de Lula ao dizer que a lava jato não pode ser devisado. Tudo pode ser revisto, inclusive as lei, é claro somente por congresso e não pelo petralha do Barroso. Cuidado com o fanatismo do lavajatismo, serve apenas para mentes autoritárias.

Anônimo disse...

Para a LAVA JATO funcionar, o único jeito é com a EXTINÇÃO E PRISÃO dos
ministros do STF, pois lá do Supremo, qualquer que seja o resultado, a merda
vai continuar sendo a mesma, com os ministros do PT e os ministros do PSDB
puxando as brasas para os seus assados, com o Lula e catrefa de petralhas e mais Temer e os seus santinhos livrezinhos da silva.

Anônimo disse...

Se de alguma forma melarem a operação,pelo menos serviu para mostrar o quanto esse povinho é estupido.Meia duzia de pilantras acabaram com o pais e vão escapar ilesos.Taí o motivo para uma intervenção.

Anônimo disse...

Se terminarem com a Lava-Jato a politicagem virá a mil cobrar propinas por obras públicas já efetuadas e que com a Lava-Jato não cobraram com medo.

Não duvido que próximo as eleições e políticos precisando de dindinho não deem um jeito de terminar com a Operação.

Anônimo disse...

Será que o DEPARTAMENTO DE JUSTIÇA dos EUA irá permitir que uma empresa estrangeira , com antecedentes comprovados, públicos e confessos de CORRUPÇÃO , como a JBS , continue a atuar no mercado interno norte-americano ??? Acredito que NÃO . !!! Tia Glória .