STF começa a votar pela restrição de foro. Resultado parcial já é de 4x0.

Retomado na tarde desta quinta-feira, o julgamento do STF que pode restringir o foro privilegiado para autoridades, como deputados e senadores foi suspenso com o pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes.

O placar está 4 x 0 pela restrição do foro.Votaram:

Marco Aurélio Mello e as ministras Rosa Weber e Cármen Lúcia, mais o relator, ministro Luís Roberto Barroso. 

Ou seja, os detentores de foro privilegiado, como deputados, senadores e ministros, somente devem responder a processos criminais no STF se os fatos imputados a eles ocorrerem durante o mandato.

Um comentário:

dinea disse...

Pedido de vista é um ato sem vergonha, agora vai demorar 1 ano e o Brasil vai esperar.