Sete em cada dez homicídios no Brasil foram com armas de fogo em 2015

As armas de fogo são "um personagem central" nos números sobre homicídios no Brasil, avaliou hoje o pesquisador Daniel Cerqueira, durante o lançamento do Atlas da Violência 2017.

No estudo, o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública analisam dados de 2015 e informam que 71,9% dos 59 mil homicídios registrados no país naquele ano foram cometidos com armas de fogo.

Se nacionalmente 71,9% dos homicídios se dão com armas de fogo, os estados em que a violência mais têm crescido nos últimos dez anos têm taxas bem maiores. Em Alagoas, 84,4% dos homicídios foram feitos com armas de fogo; no Ceará, foram 81,5%; na Paraíba, 83,1%; e em Sergipe, 85,1%.

Em números absolutos, as armas de fogo foram usadas em 41.817 casos de homicídio no país em 2015. O número de casos é 25,1% maior que em 2005.

28 comentários:

Anônimo disse...

Viva o estatuto do desarmamento, sucesso total !!!!

Anônimo disse...

Não me parece confiável a pesquisa. Partindo da premissa que o estatuto do desarmamento desarmou o cidadão de bem, não há mais armas na sociedade brasileira. Nossas fronteiras recebem a atenção que merecem e não há quaisquer indícios de que o crime organizado tenha domínio sobre o cidadão ou esteja enfrentando o Estado. Portanto, questionável a seriedade da pesquisa.

Anônimo disse...

Não entendi, não está proibido o uso de arma de fogo no Brasil? Brasil país que mais reina a hipocrisia.

Nelson disse...

Desculpe, Políbio, mas eu não entendi. Os defensores do desarmamento dizem que diminui o número de homicídios com a proibição, e que muitas vidas foram salvas. Como é possível essa pesquisa dizer justamente o oposto? Deve ter sido feita por um coxinha reacionário.

Anônimo disse...

POLÍBIO! A CULPA NÃO É DA ARMA DE FOGO! A CULPA É DO CRIMINOSO, DO BANDIDO. QUANDO NÃO HAVIA ARMA DE FOGO, OS ANTIGOS SALTEADORES MATAVAM COM FACAS, PEDRAS, PAUS, ESTRANGULAMENTO, ETC, ETC, ETC.

COMO PARA CADA 100 HABITANTES TEM UM DELINQUENTE, É SÓ FICHAR O ELEMENTO, TIRAR O MESMO DE CIRCULAÇÃO APÓS COMETER UM CRIME, FAZER CUMPRIR PENA INTEGRAL E NÃO UM SEXTO E LIBERAR A COMPRA E PORTE DE ARMADAS PARA 0S OUTROS 99% DOS CIDADÃOS DE BEM. ACABOU O BANDITISMO!

TEMOS 200 MILHÕES DE HABITANTES: 2 MILHÕES SÃO OS DELINQUENTES (1%) E ESTES DEVEM SER CONTROLADOS, NÃO DEVER JAMAIS PORTAR ARMA, E DE PREFERÊNCIA, PELO MENOS METADE DEVEM ESTAR PRESOS, OU A TOTALIDADE, QUE É O MESMO PERCENTUAL DOS EUA!

Emerson disse...

Alagoas, referencia nacional na campanha do desarmamento como o estado que mais recolheu armas de fogo.
Deu certo né, agora só os bandidos tem armas...

Mordaz disse...

Mesmo vendo os erros da constituição de 88 nada é mudado pelos políticos e juristas. Esperam que Deus intervenha para que suas leis permissivas funcionem.

Anônimo disse...

A pesquisa prova, então, que o "apertador do gatilho" foi personagem "periférico", secundário, talvez indigno de ser pesquisado, ou seja lá o que for...
Aliás, pesquisa cujo objeto são "personagens" revela mais sobre atividades cenográficas da mente pesquisadora do que sobre o universo real, onde de fato está o problema que se desejaria estudar...

Anônimo disse...

POR ISSO QUE EU TENHO UMA PARA DEFENDER MINHA FAMILIA E PATRIMONIO! TENHO PENA DE QUEM NAO TEM.

Anônimo disse...

Políbio, nao me diga que vc faz parte da turma mimimimi pelo desarmamento! Vc e os bandidos e a esquerda globalista.

Anônimo disse...

Ué !!!!
Mas não é proibido usar armas de fogo ????????????????????????
Que o Estatuto do Desarmamento (dos de bem)é um sucesso ???????????
Estranho né !!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Exato, o estatuto do desarmamento esqueceu de desarmar os bandidos. Lógico que eles continuam matando os perigosos cidadãos de bem, que foram desarmados.

Anônimo disse...

Os governantes vão flexibilizar o Estatuto do Desarmamento, possibilitar à população se armar e se eximir de sua responsabilidade de reestruturar o setor de Segurança. Responsabilidade pela segurança será do próprio cidadão. Ou seja, o governo vai privatizar o setor de segurança!

Anônimo disse...

NOTICIA DE JORNALISTA AMADOR. OS HOMICIDIOS CRESCERAM E CRESCEM PORQUE A GUERRA DO TRÁFICO SE AGIGANTOU. AS FRONTEIRAS ESTÃO ABERTAS PARA TRAFICO DE ARMAS E DROGAS, A PF SE OCUPA DE POLITICA...DROGA, ARMA E MUNIÇÃO EXISTEM AOS MONTES PELO TERRITORIO NACIONAL. A SEGURANÇA PUBLICA FALIU, NÃO E MESMO?

Anônimo disse...

A informação não diz que os mortos são pessoas de bem, a maioria. Então, se tivéssemos armas, muitas das mortes seriam de bandidos, ou não?

Emmanuel Carlos disse...

E daí ? O que isso quer dizer?
Na verdade, uma coisa é certa: o cidadão e bem, normalmente, está do lado errado do cano da arma de fogo.

Anônimo disse...

Grande bosta este estudo. Só espero que não tenha usado dinheiro público.

Anônimo disse...

Caramba, na década de Lulla e Dilma a bala comeu solta como nunca. Mas como? O Brasil não era um paraíso terrestre, conforme a propaganda do governo petralha?
Faltou o estudo dizer que boa parte das vítimas de arma de fogo eram cidadãos comuns e desarmados, mortos em assaltos. Agora, se a maioria dos mortos era de gente envolvida com o tráfico, o resultado até foi positivo. É menos vagabundo no mundo.

Anônimo disse...

Armas de fogo que os bandidos obtem livremente, sem nenhum problema. A população indefesa é assassinada covardemente sem poder se defender.

Ricardo Bastos disse...

Impossivel. O estatuto do desarmamento tornou nossa sociedade mais segura. HAHAHAH

Anônimo disse...

Os homicídios foram conetidos por quem? Isso é que precisa ser pesquisado. Que ocorre um número imenso de homicídios no país isso é sabido. O que precisa ser divulgado é quem são os homicidas, já que o Estatuto do Desarmamento impede a população de usar armas (exceto certas categorias de oessoas e em determinadas situações). Pesquisas como essa que vc está divulgando, Polibio, só servem para aumentar a violência, porque induzem as pessoas a acreditarem que a solução é diminuir ainda mais o uso de armas. Isso só beneficia os criminosos, que são os únicos que não estão nem aí para o Estatuto do Desarmamento e quanto mais pessoas desarmadas, indefesas, melhor para o "trabalho" deles.

Anônimo disse...

E quase todas nas mãos de bandidos protegidos por Marias, Henriques, por magistrados simpáticos, MST's, CNBB's, PT's, Paulos, Gleisis, Luís Inácios e Dilmas. O povo para se defender dependeu de Deus o qual mostrou não ser brasileiro nos últimos 14 anos, mas o vermelho capeta fez a festa!

Anônimo disse...

Falta escola, capoeira,origami e políticas públicas para os jovens. E liberar drogas.

Edson Alexandre disse...

Por acaso os estados mencionados como os mais violentos são justamente onde a população possui menos armas, então aos idiotas que criticam o desmonte do famigerado estatuto do desarmamento, vão aprender a ler pesquisas...

Anônimo disse...

Desarmem todos os magistrados, políticos, seus guarda-costas e militares para haver igualdade no Brasil ou então parem com esta cínica hipocrisia.

Anônimo disse...

.

acp

Absurdo!

Ridículo!

Mera repetição de press release contra-armas e contra-povo, sem nenhuma análise e sem a verdade!

FIM do desarmamento!

acp

.

Unknown disse...

TRADUÇÃO:
Insegurança Pública por incompetência do Estado. As armas estão na mão de bandidos mantidos soltos pelo sistema atual!!!
Vivermos em um NarcoEstado só pode dar nisso!!!

Anônimo disse...

Assino embaixo do comentário do anonimo da 16:45 hs.