Sartori repete Collares e também viaja para o Japão

O governador José Ivo Sartori embarcou, na noite de ontem para Tóquio. Na agenda, mais de 15 reuniões com bancos e empresários visando atrair investimentos para o Estado.

"Temos um pacote de 34 bilhões", avisou, animado, o governador.

A delegação gaúcha tem, ao todo, 16 integrantes, sendo quatro do primeiro escalão do governo: Márcio Biolchi (secretário de Desenvolvimento Econômico, Governança e Gestão), Cleber Benvegnu (Comunicação), Artur Lemos (Minas e Energia) e Ana Pellini (Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável). Também acompanham o grupo, o futuro presidente da Fiergs, Gilberto Petry e o presidente da Famurs, Luciano Pinto.

8 comentários:

Anônimo disse...

TOMARA QUE CONSIGA ATRAIR PRECISAMOS D INVESTIDORES E TAMBEM PRIVATIZAÇOES

Anônimo disse...

Com esta crise de credibilidade do Brasil, viajar para o Japão, neste momento, ONDE POLÍTICOS PEGOS POR CORRUPÇÃO PEDEM PERDÃO OU SE SUICIDAM e, perdem o mandato sem enrolação na justiça, parece uma enorme perda de tempo e dinheiro.

Anônimo disse...

Mais uma viagem de turismo, só isso.
Paga pelos contribuintes de impostos de um Estado falido.

Anônimo disse...

FOI PARA FAZER TURISMO

Anônimo disse...

E nós patos, pagando a viagem turística dos bonitos!

Anônimo disse...

Alguém é louco investir no Brasil onde as leis não são cumpridas, os contratos rasgados sem a menor responsabilidade como fez Dilma Rousseff. Ninguém rasga dinheiro, o Brasil se tornou perigoso para investidores.

Anônimo disse...

Deve ter alguma comemoração importante por lá para ir.

Negócios não creio.

Anônimo disse...

Para dar credibilidade tem que levar o número um do PMDB gaúcho Eliseu Padilha