Saiba quem são os oito candidatos à vaga de Rodrigo Janot

Os jornais deste domingo dizem que Temer ignorará as indicações e não nomeará ninguém.

O jornal Estadão de hoje,  divide os oito candidatos a assumir em setembro a vaga de Rodrigo Janot como procurador-geral da República em três grupos:

1) A metade considerada de oposição a Janot:
– Carlos Frederico Santos
– Raquel Dodge
– Eitel Santiago
– Sandra Cureau
2) Candidatos que apresentam críticas moderadas à atual gestão:
– Mario Bonsaglia,
– Ela Wiecko
– Franklin Rodrigues da Costa
3) Um aliado de Janot:
– Nicolao Dino (irmão do governador comunista do Maranhão, espinafrado na quinta-feira por Gilmar Mendes).

Neste mês, mais de 1.200 membros do Ministério Publico Federal votarão em três dos oito concorrentes."

O blog Antagonista lembra que a então vice-procuradora-geral da República, Ela Wiecko, foi exonerada da PGR após ser flagrada em ato petista em Portugal, segurando um cartaz com os dizeres "Fora Temer" e "Contra o golpe", em referência ao impeachment de Dilma Rousseff.

Ela é, também, a autora da denúncia contra Jair Bolsonaro por injúria e incitação ao estupro, no caso do embate com a petista Maria do Rosário.

12 comentários:

Anônimo disse...

Nenhum dos acima vale uma pataca furada. Todos esquerdistas extremos, representantes do que há de pior no Brasil. Com estes vamos continuar a ver a defesa de Lula e companhia e perseguição aos Brasil que trabalha.

Anônimo disse...

Não é a primeira vez que o trio Janot, Carmem Lucia e Fachin tem conduta duvidosa. No caso do falso caso de estupro do deputado Feliciano, houva clara ação do trio para prejudiar o parlamentar.

Anônimo disse...

Quem sabe os irmãos Batistas não indicam mais um candidato isento?

Anônimo disse...

Não é possível que centenas de membros só apareçam comunistas para o cargo. Se for assim que venha esta me... E aos que puderem vão embora do Brasil.

Anônimo disse...

Ela é uma militante petista bem paga pelos cofres públicos , com direito a mordomias que o povo nem sonha que possam existir .!!!

Anônimo disse...

E o caso da suruba? tem fita? tem ministro do STF chantageado?

ganhatudo disse...

E contra a Benedita ela vai entrar com ação penal? Incitação ao derramamento de sangue não é crime?

Anônimo disse...

O procurador Nilo depois de 56 horas de julgamento da ação no TSE apresenta o pedido de impugnação do ministro. Teve três meses para fazer isto e depois que tudo estava perdido quis atirar a bala de prata no juri mas, acabou acertando o próprio pé, pode tirar da lista.

Anônimo disse...

BANDO D ESQUERDALHAS CINICOS É O QUE SAO

ASSIM COMO HERMAN BENJAMIM DO TSE É VERMELHINHO

Anônimo disse...

POR ISTO QUE =É MELHOR TEMER EMBORA SEJA SUJO PELO MENOS NAO É VERMELHO É RUIM COM ELE PIOR SEM ELE.QUEREM TIRAR TEMER AS PRESSAS POIS DAQUI 70 DIAS O JANOT SAI E TEMER NAO QUER INDICAR UM VERMELHO ENTAO A REDE BOBO , FACHIN E JANO QUEREM AS PRESSAS DERRUBAR TEMER PRA QUE ASSIM COLOQUEM UM VERMELHO NA PRESIDENCIA E NA PROCURADORIA GERAL DA UNIAO. EU SOU TUCANA E APOIO O PSDB O PSDB TA EVITANDO COLOCAREM VERMELHOS LÁ POR ISTO NAO SAIRAM DO GOVERNO TEMER. A REDE BOBO E A MIDIA- ANTAGONISTA MENTEM Q TEMER QUER COLOCAR ALGUMEM PRA CALAR A LAVA JATO- MENTIRA POIS QUEM ESTA CONTRA A LAVA JATO SAO OS VERMELHOS. O FACHIN É PETRALHA E DEIXOU SOLTO OS BANDIDOS FRIBOI ASSIM COMO NAO PEDEM PRISAO DO REU RENAN CALHEIROS ALIADO DO PT, NEM DE DILMA,NEM D LULA, NEM DA RÉ GLEISE HOFMAN DO PT NEM DO MARIDO DELA QUE É REU O LADRAO DE IDOSOS PAULO BERNARDO POIS É O STF É PUXADINHO DO PT. FACHIN DEFENDIA O MST E FEZ CAMPANHA PARA DILMA.ROSA WEBER E FUX TAMBEM SAO VERMELHOS ATE OS DENTES ASSIM COMO O BARROSO

Anônimo disse...

Temer, enfim, faz algo de bom: afoga João Doria:
FERNANDO BRITO · 11/06/2017 -O Tijolaço

A conclusão não é minha, mas da turma do Diego Mainardi: João Dória está recebendo o “abraço de afogado” do PSDB dividido entre os que não querem sair do Governo Temer, os que fingem querer sair (mas querem seguir apoiando tudo o que ele faz) e uma parcela se diz indecisa, o que permite a tradução de “fico, mas não espalhe isso”.

O líder do “fico”, reporta a Folha, é Aécio Neves, segundo o jornal explica pelo patriotíssimo motivo de que, rompidos os tucanos com o PMDB, este não o ajudaria a livrar-se da cassação.

Se não me engano, a última vez que vimos este expediente ser usado foi quando Eduardo Cunha exigiu os três votos do PT no Conselho de Ética para não dar curso ao impeachment de Dilma.

Mesmo na improvável hipótese de declarar um rompimento formal com o Governo Temer, o PSDB terá de enfrentar as provas práticas.

Terá, por exemplo, de mostrar a cara quando a Câmara votar o pedido para processar o chefe do Governo.

Idem quando, recebida a denúncia pelo STF, decidir pela sustação do processo de seu agora auto-enclausurado presidente de partido.

A todas estas fica sujeito João Doria, que vai perdendo espaço para o espertíssimo Jair Bolsonaro, que, diante do processo de Temer, “marinou”, virou mudo.

Mal se ouve ou lê qualquer palavra dele sobre isso. Segue país afora reunindo seus fanáticos, em reuniões que se assemelham a cultos de exorcismo, pregando o uso de armas, a cadeia generalizada e um regime de força.

A direita brasileira, como dito ontem aqui, colocou em marcha um processo do qual perdeu o controle e está sendo empurrada para o chiqueirinho de um proto-fascista.

Ou melhor, de outro, sem a elegância de um Ralph Lauren, versão 2.0 de um herói dos descamisados.

Anônimo disse...

MAIS UM MOTIVO LEGAL PARA AS FFAAS ACABAREM COM O COMUNISMO JÁ DESDE 1994 EM OPERAÇÃO NO BRASIL