Renato Duque, o diretor do PT na estatal, joga Graça Foster na lambança da Petrobrás.

Graça Foster, conhecida como O Caveirão.

Do blog O Antagonista,replicando o jornal Valor:

Graça Foster sabia de propinas na Petrobras e prometeu US$ 1 milhão para si em vantagens indevidas num contrato da estatal.

Foi o que disse Renato Duque em depoimento a Sérgio Moro na sexta-feira (9), segundo o Valor.
"Ela me chamou no gabinete e disse o seguinte: 'Eu sei o que foi feito, eu sei que é feito e sei que tem que ser feito. Eu só não sei fazer. Eu preciso da sua ajuda para que isso aconteça'."

Duque não especificou a data da conversa, que teria ocorrido quando Graça estava na diretoria de Gás e Energia.

16 comentários:

Anônimo disse...

DEMOROU!!!

Alberto disse...

Parece que ainda nem chegamos perto do fundo do poço. Pobre país...

Anônimo disse...

HOLLYWOOD ESTA PERDENDO TEMPO DE CONTRATAR ESTA VEIA... PODIA FILMAR: A MÚMIA, ALIEN, PÂNICO NA FLORESTA, 60 TONS DE MONSTRO HAHAHA

Anônimo disse...

😂

Graça Foster foi nomeada por Dilmaléfica pra Presidência da Petrobras SÓ porque tem bigode e pinto duro, ou quase!

Anônimo disse...

OAB repudia arapongagem contra Fachin e pede punição aos responsáveis:
10/06/2017 - Brasil 247.
O presidente da OAB, Claudio Lamachia, disse neste sábado que repudia "com veemência" qualquer investigação ilegal contra ministro do Supremo Tribunal Federal, "especialmente" quando articulada por "agentes públicos que possuem o dever de salvaguardar o Estado de Direito"; Lamachia diz que se for confirmada a denúncia de uso da Abin para conduzir investigações políticas contra autoridades, como no caso do ministro Edson Fachin, o país estará diante de "um ataque direto ao Estado Democrático de Direito"; "Não podemos aceitar que o Supremo Tribunal Federal seja vítima de arapongagem política"; a OAB, que já pediu impeachment de Michel Temer, se associa ao Poder Judiciário e ao Ministério Público em repúdio ao peemedebista.

Anônimo disse...

EM NOTA DURÍSSIMA, STF REAGE À DITADURA TEMER:
10/06/2017 - Brasil 247

Em nota dura, a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, reagiu contra a denúncia de que Michel Temer teria usado a Abin para espionar a vida do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte; "Gravíssimo crime contra o STF", diz trecho do texto; ...

Anônimo disse...

Doria celebra votação que salvou Temer e desmoralizou o TSE:
10/06/2017 - Brasil 247

"Um julgamento você tem de respeitar. Uma decisão judicial, você obedece. Não contesta nem interpreta", disse o prefeito de São Paulo, sobre a polêmica decisão do TSE que absolveu Michel Temer nesta sexta-feira 9; "Toda decisão judicial, sobretudo em instâncias maiores, você tem de obedecer, goste ou não", acrescentou.

PS: Esse é o velho PSDB de guerra, tuti bona gente...

Anônimo disse...



William Waack chamou o POVO BRASILEIRO de TURBA!!!



Agora, às 23h10 na Globonews.

William Waack está mordido como todo petralha, porque é empregadinho da Globo, que está conspirando abertamente contra o Presidente Michel Temer, a mando do Luladrão, com participação da JBS, maior cliente de marketing da Globo SONEGADORA DE IMPOSTOS E PARASITA, SANGUE-SUGA COMPULSÓRIA DOS TRABALHADORES HONESTOS, QUE TEM SEU TEMPO E ENERGIA SUGADOS PELOS AMIGOS RICOS DO REI LADRÃO!

Roberto Claudio disse...

Meu Deus,que pesadelo,que horror,que coisa mais feia!!!!

Presidenta é presidenta, sacatrapa é sacatrapa disse...

Tava demorando pra colocar essa com neurônios dilmestecos pra dançar em cima da mesa dos corruptos.

Anônimo disse...

Essa Graca Foster consegue ser quase tao feia quanto Maria Bethania... Vade retro Satanas.

Anônimo disse...

Desgraça Foster parece o Alien do filme Predador estrelado por Schwarzenegger.

Anônimo disse...

O Anonimo das 22:32 hs nem parece vermelho escarlate das esquerdas,pelo seu comentário de "que absolveu Michel Temer", só "esquece" de dizer que também absolveu Dilma Ruimsseff que perderia seus direitos politicos.Doria apenas falou o óbvio e ululante, decisão é para ser cumprida como foi cumprida o Impeachement de Dilma, ou não?Será que o anônimo queria que o Doria convocasse uma turba para protestar, destruir e queimar patrimônio publico?

Anônimo disse...

Partidos se irritam com mudanças feitas por Graça na Petrobras
Companhia confirma saída de três dos sete diretores. Mudanças foram definidas após presidente da estatal consultar Dilma:

26/04/2012 - O Globo

BRASÍLIA — A Petrobras confirmou na quinta-feira a saída de três dos sete diretores do quadro: Paulo Roberto Costa, de Abastecimento; Renato Duque, de Engenharia; e José Zelada, da área Internacional. Eles se despediram do comando da empresa na reunião da diretoria pela manhã.

A saída de Duque e Zelada ocorreu a pedido de ambos. Mas Costa, indicado pelo PP, saiu por decisão da presidente Graça Foster. Seu afastamento pegou o partido de surpresa e provocou a ira da legenda, que está “em revolução”, segundo políticos ligados ao PP.

Mudanças foram definidas após consulta a Dilma

Com as mudanças, da gestão de José Sergio Gabrielli resta apenas o diretor financeiro, Almir Barbassa. Segundo parlamentares com trânsito na empresa, a nova presidente da Petrobras — à frente da estatal desde fevereiro — já pretendia fazer as substituições logo que assumiu. As mudanças de agora foram definidas por Graça depois de pelo menos dois encontros em Brasília, inclusive com a presidente Dilma Rousseff.

O problema, na visão do PP, não estaria na demissão de Paulo Roberto Costa propriamente dita, mas no fato de o partido ter tomado conhecimento da decisão pelos jornais. Se o seu desligamento não era esperado pela legenda, dentro do governo Costa já era considerado a “bola da vez” há algum tempo, porque estaria “muito soltinho”.

— O setor político indica e a administração demite. (O governo) não precisa dar satisfação ou explicar os seus motivos. Mas tem que fazer com educação. Saber pelos jornais é muito ruim — disse uma fonte ligada ao partido.

A dança das cadeiras da maior empresa do país e terceira maior companhia de energia do mundo também causou alvoroço na cúpula do PMDB, que pretende ampliar seu espaço na estatal, aproveitando esse momento em que o partido considera ter o governo nas mãos, sobretudo depois de instalada a CPI do Cachoeira. O PMDB, responsável pela indicação de Jorge Zelada, considera não apenas a possibilidade de indicar o sucessor como também outro nome na cúpula da Petrobras.

O partido está insatisfeito com o fato de a presidente pretender vetar o texto do novo Código Florestal aprovado na Câmara e cogita uma compensação por meio de mais espaço na estatal. Para não causar mais atritos com o PMDB, o governo aceita conversar sobre o substituto de José Zelada da área internacional. Mas a indicação terá que ser técnica, disse uma fonte com trânsito no Palácio do Planalto...

PS: As noticias da época, do insuspeito "jornal o globo" provam que Graças Fostes com o aval de Dilma demitiu três "importantes diretores da Petrobras, "paulo roberto costa"/PP; Jorge Zelada/PMDB e Renato Duque/PT e quem não gostou das demissões? Exatamente o PP e o PMDB. O PT concordou, parece que o único que não gostou foi o próprio Renato Duque.

visionst3 disse...

vai dar nada, tem o gadinho pra levar a canga

Anônimo disse...

Tem uns petralhas ladrões do dinheiro público, que copiam o que o blog da ORCRIM, o Brasil 247 escreve. Quadrilha...!!!!!