Reforma Trabalhista será aprovada por 16 x 10 na CCJ do Senado

O relator da reforma trabalhista no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-CE), afirmou nesta segunda-feira que a proposta deve ser aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa por 16 votos a 10.

A Comissão deve apreciar na próxima quarta-feira o relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR), que confirma o parecer feito por Ferraço ao projeto e que deve ser encaminhado para o plenário.

No plenário, o governo tem votos para aprovar tudo.

7 comentários:

Anônimo disse...

ainda bem pois o mundo s e modernizpou e nossas leis sao ultrapassadas que só atrasam atrasam e nao deixam o pais prosperar que venha a modernidade

Anônimo disse...

MUITO BOM !
TACALE PAU, Temer !

Anônimo disse...

Não bastasse o governo Temer (PMDB, PSDB, PP...) estar cercado de ministros ladrões, agora aparece o ministro da agricultura dando suporte para os traficantes de cocaína em seu aeroporto particular

Anônimo disse...

Eu gostaria mesmo era de ir embora para os Estados Unidos, pois cheguei ao meu limite de violência sem controle, instituições que não funcionam, funcionários públicos que ganham fortunas, direitos trabalhistas que impedem o país de crescer, judiciário recebendo fortunas e não julga e políticos corruptos ao extremo.

Anônimo disse...

bancadas de bandidos e traficantes

Anônimo disse...

anotem os nomes dos trairas quem = é anotem quem votar contra a reforma trabalhista tao necessaria e urgente p modernizar nosso pais é vamos anotar os trairas que qyerem ver o pais afundando quem for contra vai se ver nasurnas avante reforma trabalhista

Anônimo disse...

DEMOROOOO