PF terá mais 90 dias para investigar Padilha e Marco Maia no caso do Trensurb

A Polícia Federal terá pelo menos mais 90 dias de prazo para concluir o inquérito que investiga corrupção no Trensurb, Porto Alegre.

Os dois maiores alvos das investigações são o deputado Marco Maia, PT, e o ministro Eliseu Padilha.

6 comentários:

PEDRO disse...

VÃO PERDER TEMPO NENHUM É LADRÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

OS DOIS BOTARAM A MÃO EM DINHEIRO NA OBRA DO TRENSURB TRECHO DE SÃO LEOPOLDO E NOVO HAMBURGO.
IMAGINO QUE SERÃO "CONDENADOS" A PENA DE MORTE.

Anônimo disse...

TINHA Q SER PETRALHA NO PEDAÇO PARTIDECO LIXO - ATÉ NO TREM COLOCARAM AS PATAS

Anônimo disse...

Todo o povo tem o governo que merece. Para mudar o que estamos assistindo todo dia temos que fazer alguma coisa, não adianta só ficar reclamando. Assim não chegaremos a lugar nenhum. Mãos à obra " povo unido jamais será vencido "

Anônimo disse...

E os ex-presidentes Marco Arildo e Kasper?

Anônimo disse...

E a CONSEPA. Comecem aí.