Opinião do editor - O romance sobre a Marcopolo

No início da década de 70, o editor visitou várias vezes a Marcopolo, Caxias do Sul, sempre para conversar com o principal fundador, Paulo Bellini, que morreu ontem aos 90 anos. Ele ainda não tinha concluído a compra da Eliziário, Porto Alegre.

Tornou-se a maior do mundo.

A reportagem que teve Bellini como protagonista, virou capa da revista Exame, para quem o editor trabalhava na época, sempre em regime de free lancer. O chefe da sucursal da Abril em Porto Alegre, Paulo Totti, costumava pagar em função da quantidade de páginas datilografadas, o que fazia com que o editor entregasse verdadeiros romances na redação.

Paulo Bellini foi o principal personagem do romance que o editor publicou sobre a Marcopolo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns,Políbio.
Isso revela que não é de hoje o fato de seres um grande JORNALISTA.

Anônimo disse...

Polibio, quem comprou a Redoviária foi a Randon.
a Marcopolo comprou a Eliziário de Porto Alegre.

Anônimo disse...

Parabéns Pibo, isto chama-se categoria.