Ministro da Cultura, PPS, pede demissão a Temer

Ao lado, a carta do ministro.

O ministro interino da Cultura, João Batista de Andrade, enviou carta ao presidente Michel Temer, nesta sexta-feira (16), pedindo demissão do cargo. Filiado ao PPS, Andrade respondia pela pasta desde maio, quando Roberto Freire decidiu deixar o governo em razão das suspeitas levantadas pela delação da JBS.

O PPS continua no governo atraavés do ministro da Defesa, Raul Jungman.

O ex-ministro João Batista de Andrade era um desconhecido e tripulava um ministério irrelevante.

Ele não gostou de ser mantido na interinidade, reclamou, não foi ouvido e como é um homem íntegro resolveu ir embora.

O presidente Michel Temer faria um favor aos contribuintes e à cultura brasileira, caso voltasse atrás, tratando de acabar com o ministério da Cultura, como fez no início do seu governo.