Maia diz que acha difícil votar em conjunto todas as denúncias contra Temer.

Após dois dias em silêncio, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira, 29, que, apesar de ser aliado do presidente Michel Temer, vai adotar uma postura "republicana" em relação à denúncia protocolada contra o peemedebista. O processo foi enviado à Casa nesta quinta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Em sua primeira entrevista sobre o tema, enquanto a leitura da denúncia era feita no plenário, Maia disse acreditar ser difícil votar em conjunto todas as denúncias que serão movidas contra o presidente, como queria a base aliada. Segundo ele, se o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu "fatiar" as acusações, não caberia à Câmara apensá-las.

2 comentários:

Anônimo disse...

Esse Gordo deve estar num grande dilema..Protege o colega..ou deixa o processo correr e assume a presidência...O pai em casa deve estar orientando..

Anônimo disse...

HUUUUMMMMMMMMM! "trinta dinheiros" OU MAIS?

QUER SANGRAR TEMER,O AMIGO,ALIADO?

QUE FEIO MAIA, VAIS ESTRAGAR TEU FUTURO,QUEM CONFIARA EM TI?

TUA HORA É MAIS TARDE,VIRA AO NATURAL,MAS TERAS QUE PROVAR SER CONFIAVEL, E ESFAQUEANDO O AMIGO NA HORA QUE ELE PRECISA DE TI, TU VAIS ENFIAR A FACA?

JUDAS NUNCA MAIS SE ARRUMOU NA VIDA...