Janot quer prender Rocha Loures para depor Michel Temer

O governo Temer dá demonstrações públicas de que não teme possíveldelação premiada do assessor presidencial e ex-deputado Rocha Loures.

Nada mais falso.

O procurador Rodrigo Janot espera que o STF decrete a prisão de Rocha Loures nesta sexta-feira, tudo com o objetivo de alcançar Temer e tirá-lo da presidência.

Noutro campo do caso JBS, na Câmara, 32 deputados protocolaram pedido de explicações para que o ministro Edson Fachin explique suas relações com Ricardo Saud, o diretor da JBS que foi ao Senado cabalar votos durante a votação da indicação do nome do ministro para o STF.

9 comentários:

Mordaz disse...

Temer é uma vergonha nacional.

Anônimo disse...

JANOT e GLOBO, um ainda não se sabe o motivo, a grande midia é de conhecimento geral, querem GOLPE mediante gravação fraudulenta com depoimento de CRIMINOSO empresário!

Digo isto por tudo que li e ouvi, não sou partidário, meu partido é o Brasil.




Anônimo disse...

E o presidente receber clandestinamente um CRIMINOSO empresário é o que?

Anônimo disse...

Vai prender porque tem provas (audio e video) que o elemento pegou a mala com meio milhão, depois devolveu 465 mil reais e depois os 35 mil restantes. Se isso não cabe prisão então eu to loco. Agora, se ele delatar o traíra é problema dele, afinal ele foi assessor especial do traíra, ou não foi?

Anônimo disse...

Temer já era...não entendo a paixão do blogueiro por esse corrupto.

Anônimo disse...

"não sou partidário", agora os comentaristas tucanos do blogue fazem de conta que não votaram no Aécio e iam ao orgasmo com o Eduardo Cunha, kkkkkkkkkkk.

Anônimo disse...

Quando escolheram o PMDB para vice do PT.Temer não era uma vergonha Nacional? Anônimo das 11:37? Continua sendo, porém não os interessa mais? Foi isso que quiseste dizer?

Anônimo disse...

Lembrei do caso de Bernard MADOFF. Foi um investidor americano, autor de um dos maiores golpes financeiros da história. Foi condenado a 150 ANOS de prisão nos EUA, por fraude contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro e perjúrio. Enganou milhares de clientes, fundos de investimentos, instituições de caridade e investidores privados, que investiram US$ 110 BILHÕES em empresas fictícias de MADOFF, que sumiu com o dinheiro. MADOFF e a família perderam todos os seus bens , inclusive suas roupas, que foram a leilão para o ressarcimento possível das vítimas. Tratava-se de dinheiro privado dos investidores. Quando veremos , no BRASIL, a JUSTIÇA atuar com essa RIGIDEZ , nos casos de CORRUPÇÃO com o dinheiro público ? Por exemplo , com relação a EIKE BATISTA e a JOESLEY e WESLEY BATISTA , CORRUPTOS CONFESSOS ???

Anônimo disse...

Mordaz as 11:37 que que PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA possa colocar um Presidente da República na prisão no curso do mandato.

São coisas de Petistas com dor de cotovelos do seu EX-VICE!