Istoé revela detalhes sórdidos sobre o jogo político de Rodrigo Janot

Nesta reportagem de capa assinada por Débora Bergamasco, a revista Istoé de hoje conta que as mais recentes ações do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, muitas das quais controversas, revelaram que ele vinha trafegando numa linha tênue e perigosa que separava a boa e necessária liturgia jurídica de seus interesses pessoais e políticos. O que ISTOÉ traz agora em suas páginas indica que Janot pode ter ultrapassado e muito essa fronteira. 

Conheça a reportagem na íntegra:

Trata-se de duas ligações telefônicas, ainda sob sigilo judicial, interceptadas pela Polícia Federal, no âmbito da operação Lava Jato, obtidas com exclusividade pela reportagem de ISTOÉ. Na gravação, com pouco mais de 13 minutos de duração, a procuradora da República Caroline Maciel, chefe da PGR no Rio Grande do Norte, mantém uma conversa estarrecedora com o colega Ângelo Goulart. No diálogo, Caroline o alerta sobre os perigos de um eventual apoio dele a Raquel Dodge, candidata à sucessão do procurador-geral da República e tida como “inimiga” de Janot. De acordo com Caroline, “a tática de Janot é apavorar quem está do lado de Raquel”. Sete dias depois da conversa, ocorrida em 11 de maio deste ano, Ângelo teve sua prisão decretada pelo próprio Rodrigo Janot. “A conversa que rola é que você estaria ajudando Raquel. Estou te avisando porque parece que a guerra está num nível que eu não consigo nem imaginar porque eu não sou desse tipo de coisa. Inclusive, pelo que eu senti, a tática de Janot é apavorar quem estiver do lado de Raquel”, afirmou.

Outro trecho é ainda mais revelador sobre um possível – e impróprio – modus operandi na PGR. Guarda relação com as investidas da procuradoria-geral da República contra parlamentares. Deixa claro que as ações envolvendo políticos nem sempre estão assentadas, como deveriam, no estrito exame da lei.

CLIQUE AQUI para ler, ouvir e ver muito mais, inclusive gravações sigilosas.

16 comentários:

Anônimo disse...

quando foi feito a mesma coisa contra a DILMA, o polibio e coxinhas aplaudiram, e agora, com os corruptos de estimação do PMDBosta, ficam falando abobrinha, roubou tem que meter no xilindró....e deixar a hipocrisia de lado...

Anônimo disse...

Oque mais interessa ao Temer é queimar Janot e Fachim. Os dois grandes vilões da mídia agora.
Me poupe

Anônimo disse...

este janot enganador deve ser afastado e investigado é gravissimo isto

Anônimo disse...

contra-informações para atacar a lava jato claramente, pois estão pegando todos. Tática já usada pela orcrim.

Mordaz disse...

Ué? Não precisa de perícia? Só a do Temer?

Mordaz disse...

Isto tudo não faz parte da turma que quer melar a lava-jato?

Anônimo disse...

A bala de festim da IstoÉ contra Janot:

16/06/2017 - Luis Nassif

A capa da IstoÉ desta semana – “As pressões indevidas de um procurador chamado Janot”- é relevante apenas por demonstrar didaticamente a deformação jornalística do princípio de Arquimedes: dê-me uma notícia e um ponto de apoio na mídia que eu reconstruirei a história.

A reportagem se baseia em um grampo sobre o procurador Ângelo Goulart, preso por receber dinheiro da JBS para vazar informações. Na outra ponta, a procurador potiguar Caroline Maciel, diretora da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), oposição a Janot.

Na conversa, ela alerta Ângelo que Janot estaria perseguindo os procuradores simpáticos à candidatura de Raquel Dodge, que ela seria a preferida de Michel Temer e que Janot teria denunciado o senador Agripino Maia apenas por ter manifestado simpatia por Raquel.

Como todo sub-produto jornalístico, juntam-se alguns pontos verdadeiros – trechos do diálogo –e embrulham-se nas interpretações que são do interesse da repórter e da publicação. Na reportagem, Janot estaria perseguindo Temer devido ao fato de ele supostamente preferir Raquel Dodge para PGR. E teria solicitado a prisão de Ângelo apenas por supor que ele seria a favor de Raquel.

O resultado final é o seguinte:

1. Se isso é tudo o que Michel Temer e Aécio Neves tem contra Janot, ele passa incólume. E até sai engrandecido, como vítima de uma jogada baixa sem credibilidade.

2. O diálogo compromete a candidatura da respeitada Raquel Dodge, ao insinuar que ela seria apoiada por Temer e Agripino. Tudo indica que Raquel foi o alvo dessa armação .

O melhor a fazer em relação à reportagem de Débora Bergamasco é ignora-la. É o que provavelmente fará o restante da mídia.

PS: Pobre povo brasileiro, nestes tempos tem contra si, o poder executivo, o poder legislativo, o poder judiciário e o pior de tudo, o "quarto poder", a imprensa brasileira, que é uma das piores do mundo: nojenta, vendida e totalmente sem escrúpulos.

Anônimo disse...


FORA PETRALHA RODRIGO JANOT, FILHO DA PU-TA.

JÁ VIRAM ALGUM PETRALHA ÉTICO??

JANOTA, A PORQUINHA COR-DE-ROSA

PREFERIDA DE LULLADRÃO.

ANTES ERA O TEORI ZAVASCKI QUE,

DE REPENTE, QUIS SE AFASTAR DO

LULLATRINA, E FOI ASSASSINADO A

MANDO DO CHEFE DA ORCRIM, COMO

EXEMPLO PARA OS DESOBEDIENTES.

LINCHAMENTO, A SOLUÇÃO PRO LULADRÃO.

DEGOLAS DISCRETAS DOS PETRALHAS
SÃO SOLUÇÃO DO BRASILEIRO ROUBADO.

Anônimo disse...

E o Senado continua de joelhos frente a figura nefasta de Janot.

Anônimo disse...

Ja a midia ta abafando nao saiu nada desta gravissima bomba que desmascara o janot enganador a globo news faz 3 semanas que mostra os audios d temer e aecio e o atacam com risadinhas, deboches e os julgam mesmo sem ter pericia dos audios clandestinos q foram gravados pelos bandidos friboi sem autorizaçao mas de janot petralha agora nada nao mostram nada- o que confirma que a midia é esquerdalha sim e protetora sim do pt pois abafam os casos graves nao mostram nem 10% DA PODRIDAO DO PT
janot blinda os seus amiguinhos do pt assim como renan calheiros o reu que está soltinho e nada lhe acontece pois é aliado do pt , janot correu a prender a irma de aecio apenas e quer prender as pressas o aecio e o temer- enquanto os seus estao na gaveta anos foi o que mostrou os audios ele protege os seus e persegue os inimigos

Anônimo disse...

Esse "Passador Geral de Régua "( no início da Lava Jato, Janot disse que havia passado a régua e, "graças a Deus, não encontrou nada contra lula e dilma"), janot, em conluio com os Freeboys, globofakenews e Empiricus/ANTAgonistas, tentaram um golpe contra Temer e contra o Brasil !
O que mais precisamos nesse momento de fragilidade econômica, política e social é de estabilidade na economia e na política, segurança jurídica e condução das necessárias reformas há muito adiadas justamente por serem impopulares e, principalmente, acabar com privilégios : é imprescindível fazê-las!
Quais os grandes beneficiários do golpe? Quais os grandes e obscuros interessados em desestabilizar o país? Não votei em Temer e não o considero "santo ", mas ocupa a presidência de modo constitucional e legítimo para a travessia até 2018. Derruba-lo a pouco mais de um ano do final do mandato é flagrante golpe.
FORA JANOT !!

Anônimo disse...

MANCHETE DO CORREIO DO POVO
"Michel Temer é o chefe da maior quadrilha do Brasil", segundo depoimento de Joesley Batista.
Eu não duvido, mas a afirmação vinda de Joesley, tem mais o objetivo desviar o foco de QUEM REALMENTE É O GRANDE CHEFE DA QUADRILHA. Toda a gravação clandestina foi pura armação pré organizada pela outra quadrilha.

ivan vilis disse...

Quem tem medo de um tal da vida que é respaldado pelo juiz nomeado pelo stedile?
Triste situação do Brasil.
Triste situação dos brasileiros.
Um sacerdote de uma seita que trabalha com os poderosos da magia negra, em um templo cavado a 11 metros de profundidade, tendo relativa intimidade com um grande vingador que atua ainda na república, deu entrevista na internet sobre os frequentadores de sua cave, aqueles que vão lá pedir aos portentosos das sombras, não citou nomes mas deu a entender, sobre posições de mando.
Bem, pode-se dizer que quando os deuser querem destruir alguém, começam ppelo incentivo à sua loucura.
Até onde irá a loucura?

Anônimo disse...

Ao anônimo das 16:15hs, foram 13 anos de destruição do Brasil, veja os Fundos de Pensão como estão e como estavam antes de 2003.O Temer era apenas um coadjuvante, ninguém ouvia falar em Temer, como ele pode ser o elemento principal de tudo que está ocorrendo no Brasil?Quem bancou a JBS, Eike Batistas entre outros mamadores do BNDES?Quem comprou Pasadena, que multiplicou por 10 o preço da Refinaria Abreu e Lima? Espero que os brasileiros não tenham memoria curta e com o tempo vai esquecendo a Passagem do Tsuname no Brasil.

Anônimo disse...

Nossa atacando o santo do Temer e do pessoal honesto do PMDB realmente imagina esse procurador fez o presidente da republica se encontrar com um empresario investigado e combinar que seu deputado de estimação buscasse uma mala de 500 mil reais, ele também obrigou o Padilha, o Moreira Franco e todos aqueles do PMDB a fazerem tudo realmente é um plano perfeito onde ja se viu hipnotizar todos os políticos honestos do PMDB para que cometessem crimes

Anônimo disse...

Caro Políbio, você, como advogado, sabe que é piada a afirmação de que 'Ângelo teve sua prisão decretada pelo próprio Rodrigo Janot'. Ministério Público, em qualquer esfera, não prende ninguém. Quem pode fazer é somente um magistrado.