Fraude no caso Onyx poderá anular delação de Alexandrino Alencar

A fraude constatada pelo deputado Onyx Lorenzoni nas planilhas entregues por Alexandrino Alencar à PGR (leia a seguir), poderá contaminar toda a delação do ex-diretor da Odebrecht.

E resultar na anulação da sua colaboração premiada.

Se isto ocorrer, Alexandrino voltará para a cadeia.

22 comentários:

Anônimo disse...

O onixizinho tá partindo pra essa baixaria eh? Então porque o cox inha confessou o delito? hein? hein?

Anônimo disse...

Vamos aguardar uma perícia da PGR!

Anônimo disse...

O deputado também é uma fraude, ele mesmo confessou ter recebido caixa dois e pediu desculpas.

Dono de mim disse...

Confessou da JBS, não dá Odebrecht...

Anônimo disse...

Mas o deputado mesmo confirmou que recebeu.. e agora diz que a planilha é falsa...ou é ou não é...estranho...

Anônimo disse...

É claro que Onix quando pediu desculpas,deveu-se a dois fatores,a saber:
Iº-Ética.
Qualquer cara com vergonha na cara,naquele torvelhinho,primeira coisa que se deu a fazer,foi pedir desculpas,tudo num primeiro momento.
IIº-O cara atordoado,com a mídia em cima,toda petezada em cima,com cabeça quente,pediu desculpas,coisa inadmissível até o momento por nenhum petista
por mais que tenha roubado.
Agora,que o temporal passou,Onix,com cabeça fria,em busca da verdade.
Com Brizola no Rio,aconteceu também,coisa semelhante quando estavam lhe roubando uma eleição.
Deu a volta por cima.Bem por cima.Assim fará Onix.

Anônimo disse...

PEDIU DESCULPAS POR NADA ?

Anônimo disse...

O fato de Lorenzoni ter admitido o recebimento ilícito não transforma a fraude em algo válido. E se não estou enganado, a confissão não se deu perante um juiz, mas ao público. Assim, para efeitos penais, a confissão não tem valor. Mas terá certamente no tribunal das eleições, em que os juízes são os eleitores. São os eleitores que o condenarão. Ou não.

Anônimo disse...

Se há fraude nos lançamentos de Onix Lorenzoni, será que haverá em outros?

Anônimo disse...

É o tal que rouba, assume o roubo e depois diz que é fraude... Fraude é esse filhote da ditadura, lacaio...

Anônimo disse...

O Onix tá se referindo ao Crime de "caixa dois" que ele é réu confesso?

Anônimo disse...

Ocorre que politicagem é tanta no Brasil petista que nunca se sabe o que vem em mentiras, traições, usurpadora. Da nojo o regime civil.

Anônimo disse...

Conclusão: fecha a lavajato, solta todo mundo e elege o pt de volta.

Anônimo disse...

Continuará com meu voto.

Anônimo disse...

Afinal. Ele recebeu ou não recebeu dinheiro. Não foi ele mesmo que confirmou ter recebido? Promotorzinho hoje malandro.

Anônimo disse...

Quanta confusão. As pessoas precisam aprender a ler. Onyx desde o inicio disse que não recebeu nada da odebrecht. Depois assumiu que recebeu de uma associação de um amigo um recurso que teria vindo da jbs. Então nao misturem as coisas. E mais: como o brasileiro é hipocrita. O cara fala a verdade, o unico!, e vcs chamam de bandido? Vcs gostam mesmo é daqueles que mentem. Parabens Onyx. Baita atitude.

Gilmar Bolsonaro 2018. disse...

Uma unha do Onix vale mais do que a cara suja de todos que o condenam. Terá o meu voto porque disse não receber da Odebrech e disse receber da JBS. Onde está a mentira? Bando de canalhas filhotes do porco fedorento "quevara".

Anônimo disse...

Exatamente.

Anônimo disse...

Ônix o cínico

Anônimo disse...

Como tem comentaristas que viajam na maionese. Gente assim é que vota nos caras errados e conduzem o Brasil descendo a ladeira.

Leonardo Futuro disse...

# renúncia Onyx

André disse...

Vão a merda bando de safado!!!!!

Perdi a paciência com corrupção...independentemente do parti, posição, ideologia, ou cor da bandeira.

Aqui dá para perfeitamente entender pq o meu país está essa porcaria.

Sempre se acha uma maneira para justificar safadeza.

Caixa 2 é crime eleitoral meus caros..... ou estamos todos loucos?????

todos assistimos ele confessar UM CRIME@!!!!!!!!

Agora vão relativizar pq não é um crime da ESQUERDA?????


A maioria aqui não tem coragem de assinar a defesa por vergonha.