Fachin tira de Moro outra ação movida contra Lula e Lulinha

Nas redes sociais,êxitos empresariais de Lulinha são ironizados.

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu retirar do juiz federal Sérgio Moro mais uma apuração relacionada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A investigação é baseada nas delações de ex-executivos da Odebrecht. O caso também envolve um dos filhos de Lula, Luís Cláudio, que teria sido auxiliado pela construtora para desenvolver um campeonato no Brasil de futebol americano. Em troca, segundo os delatores, o ex-presidente trabalharia para aproximar a cúpula da Odebrecht da ex-presidente Dilma Rousseff.

Fachin aceitou argumento da defesa de que o caso não tem relação com as investigações sobre os desvios na Petrobras e, por isso, enviou a apuração para a Justiça Federal de São Paulo, estado onde teriam ocorrido as conversas.

Fachin já havia tirado de Moro e enviado para outras varas federais, em Brasília e em São Paulo, outras três apurações sobre Lula baseadas na delação da Odebrecht.

12 comentários:

Unknown disse...

É isso aí Fachin!!! Dissemina as bandalheiras de Lulla pelos juízes do Brasil!!!
A nação dos magistrados de bem tem que confirmar que Moro está certo, porém, sobrecarregado com tantos crimes praticados pelo molusco!!!

Emmanuel Carlos disse...

Facchin está fazendo aquilo para o qual foi nomeado: proteger Lula e o PT. É abominável o comportamento de quem, durão e arrogante que era, num repente se comporta feito mordomo e serviçal de declarados vigaristas.
Ah ... o preço que se paga por um cargo!

Anônimo disse...

Fachin e Janot, trabalhando em conjunto. Tem gente que ainda acha que Janot é imparcial.

Anônimo disse...

Nada não. Apenas outros juízes brasileiros terão a oportunidade de condenar o mais honesto e sua turma. Verão que não existe apenas um Moro no judiciário.

Anônimo disse...

Poder judiciário nessa república terceiro mundista se presta apenas a proteger os ricos, poderosos e famosos.

Anônimo disse...

Fachin nunca foi durão e arrogante. Ele sempre foi dissimulado, fingindo imparcialidade mas pronto para mostrar as garras quando necessário. Assumiu, com a conivência da prima Carminha, a ação contra Temer que nada tinha a ver com a operação sobre a Petrobrás. Sua verdadeira cara é a de militante do MST e cabo eleitoral da Dilma.

Anônimo disse...

Está retribuindo o favor da sua nomeação - "quanta honra" né Fachin? Decepção!

Anônimo disse...

Jachin perdeu totalmente a vergonha, todo faz parte do acordo da conspiração, derrubar Temer e salvar Lula, Globo, JBS, RBS e outros.

Anônimo disse...

POIS É. Livraram o homem mais honesto do Brasil do mensalão, com a ajuda do FHC e Roberto Jefferson, e agora ele manda e desmanda nos seus subordinados.

Anônimo disse...

Fachin pelo visto é muito amigo dessa gente. Apoiou Dilma na última campanha e até pediu voto em auditório declarando apoio a mandatária. Triste, muito triste.

Anônimo disse...

Sinto cheiro de feijão queimado.Algo está podre no Reino da Dinamarca.

Anônimo disse...

Dizem que a diabetes é uma doença silenciosa, podem acreditar que a Lava Jato está no fim, todos estão se organizando para terminarem com o pessoal do Paraná, tipo como a diabetes faz com o organismo do ser humano. Não será nenhuma novidade se no futuro assistirmos o Moro e MP no banco dos réus.
Olhem o movimento desses cidadãos e empresas: Gilmar Mendes,Fachin,Janot,Marco Aurélio de Mello, FHC,Lula, Globo, Folha,Reinaldo Azevedo, todos agindo em interesse própro, ou para alguém.